origem

quinta-feira, setembro 01, 2005

Onde está o ponta-de-lança?

Encerrou-se o mercado de transferências e não contratámos o jogador que provavelmente mais falta nos faz: alguém que saiba jogar na área e marque golos. Vamos atacar a época (ou pelo menos até Janeiro) só com dois pontas-de-lança de raiz, nenhum deles sabe jogar de cabeça e nem são grandes goleadores. Como se não bastasse, mandámos embora o único avançado que nos dava poder de choque na área e sabia cabecear. Palpita-me que ainda vamos chorar muito pelo Karadas. Considero isto tudo um grande erro desta direcção. Faz-me lembrar a época de 2001/02 em que vendemos (e bem, já que encaixámos perto de um milhão de contos) o João Tomás ao Bétis, mas não contratámos ninguém para o substituir. O resultado foi que começámos a época só com dois pontas-de-lança, o Mantorras e o Sokota, este lesionou-se gravemente logo em Setembro, e teve que ser aquele a jogar sozinho durante grande parte da época. Aliás, se bem se recordam, a grave lesão que o angolano sofreu posteriormente resultou do pouco tempo de recuperação que teve, depois de ser submetido a uma intervenção cirúrgica, porque era necessário que voltasse o mais depressa possível já que era o único avançado disponível no plantel (em Dezembro tinha vindo o Jankauskas, mas também falhou alguns jogos por lesão). Se o Nuno Gomes ou o Mantorras se lesionarem, como aconteceu várias vezes no ano passado, quem é que joga a ponta-de-lança? O Miccoli e o seu 1,68m? Ou o Simão e o seu 1,70m? Somente dois pontas-de-lança para uma época tão longa e com Liga dos Campeões pelo meio é algo que eu não entendo. O Koeman também tem a sua quota-parte de culpa neste caso, porque sempre considerou o Karadas dispensável.

A boa notícia do dia foi a permanência do Simão. Penso que neste caso a direcção do Benfica se portou bem. 15 milhões de euros (a oferta inicial) por um jogador que custou 12, ou seja somente três milhões de euros de lucro por um jogador que foi o mais influente das últimas quatro temporadas e é o capitão do clube, era um péssimo negócio. Já 20 milhões (o que nós exigimos ao Liverpool) dava muito que pensar. O clube inglês ainda subiu para os 18 e pagava a pronto, mas a direcção manteve-se intransigente. Esta era uma questão muito complicada. Se o dinheiro em jogo é uma quantia considerável, a preponderância do Simão no Benfica é inquestionável. Para além das qualidades futebolísticas, hoje em dia ele é o símbolo do Glorioso, aquele jogador com o qual os adeptos mais se identificam, aquele que dá o exemplo e aquele que, mesmo que esteja em má forma ou fisicamente diminuído, luta sempre até ao fim dos jogos. Coincidentemente (ou talvez não), foi no ano em que o João Pinto foi dispensado por aquele que infelizmente esteve na presidência do clube que acabámos em 6º lugar. Para além de todos estes factores, como era ontem o último dia para contratações não tínhamos tempo para substituir convenientemente o Simão, pelo que estou de acordo com a decisão da direcção. Ainda bem que ele fica!

12 comentários:

guitar disse...

Os reforços parecem bons, embora queira ver como está o Karagounis depois de uma época sem jogar quase nada. Penso que tem visão e pode ser o organizador de jogo que nos faltava. Mas golos, nicles.
O Miccoli traz-nos outro elemento que é tão ou mais importante, que é o acréscimo de velocidade. E volto a dizer: hoje no futebol sem VELOCIDADE é difícil ganhar jogos, porque não há desequilíbrios.
Tenho grande esperança no Miccoli, mas para abrir jogo e não para marcar golos, ainda que possa marcar alguns.
Estou plenamente de acordo contigo quando dizes (eu já o tinha feito) que falta o homem-golo, o dito "matraquilho", chamasse-se ele Karadas, Delibasic ou mesmo João Tomás. A dupla do Braga se calhar faria muito jeito...
A dispensa do Karadas e a tentativa de resgate foi uma palhaçada do treinador, que mais uma vez mostrou que não tinha sequer procurado conhecer um pouco o plantel antes de vir.
Agora o Gomes e o Mantorras não têm estas características, portanto já sei o que nos espera. Tabelas, fintas, alguns golos bonitos, mas muita dificuldade em criar pressão dentro da área. E de cabeça esquece. Não é o Simão, o Miccoli, o Geovanni, o Assis ou o Fernandes.
Vamos ver, mas tudo isto foi muito mal conduzido e,tal como no ano passado, feito em cima da hora, sem possibilidade de opções e sem a integração dos reforços a tempo e horas na equipa. 5 pontos já foram e até haver encaixe dos novos jogadores, mais alguns hão-de ir.
Mas devo dizer que os reforços superaram o que eu estava à espera.

BP disse...

S.L.B.: concordo contigo numa coisa... de facto falta-nos um homem de área... mas continuo a achar que o Gomes este ano vai ser importante! quero acreditar MESMO nisso! pocha... já temos aquele que pode fazer de João Pinto e o cortinas sempre se deu bem com ele em campo! acho as contratações importantissimas! o regresso de Karadas é uma tremenda MENTIRA do Record. Sei isso (n me perguntem as fontes!). Acredito que o Koeman foi engrupido! pensava que vinha o tomasson... eu tb dispensaria o Karadas! Calmita com as acusações ao nosso treinador bolas! temos é que o apoiar! e acredito mesmo que vamos fazer muitas coisas este ano e ganhar o campeonato!

S.L.B. disse...

Também desconfiei que a notícia do "Record" não era verdade, porque não estava a ver o Benfica fazer a figura ridícula de dispensar um jogador e o quer ir buscar um mês depois. No entanto, BP, e por se fazer uma crítica ao Koeman não se quer dizer que não o apoie, acho que o nosso treinador cometeu uma grande asneira ao dispensar o Karadas. Qual seria o problema de conservar o Karadas até vir o ponta-de-lança? É incrível dispensar-se um jogador sem se ter outro já contratado para o substituir. Até porque se soube que o Tomasson já não vinha antes do jogo do Chelsea e o Karadas ainda jogou nessa partida.
Vamos ver se o Nuno Gomes ressuscita a sua veia goleadora, mas estou de acordo com o Guitar, a dupla do Braga, nomeadamente o João Tomás, tinha mais que lugar no nosso plantel.

Apre disse...

A não saida do Simão foi um erro crasso:

Lembram-se da oferta de 10 milhões do Desportivo, recusada e depois feito um contrato vitalicio, que desmotivou o João Pinto, e até tiveram que lhe pagar para ele ir para o Sporting!

Será que vai acontecer o mesmo ao Simão e aos 18 milhões a voar?

BP disse...

detesto admitir isto mas... o apre tem razão!! n me lembrava disso... pelo que soube o Karadas ja tinha um acordo qd o tomasson falhou... se era reversivel (se bem k nakela altura era capaz de ser possivel ir buscar outro...) dou-te TODA a razão... mas n seri se passou pelo Koeman se foi ele proprio embarretado... ele prefere alguem com alguma tecnica (ja k o azar n tem nenhuma... so é um bulldozer mais ou menos util...). houve muito quem o criticasse no ano passado, assim como ao desgraçado do deli k nem 2 jogos fez... agora ja os querem... futebol é isto mesmo!!!:D

S.L.B. disse...

Apre: estás a confundir as coisas. O contrato vitalício com o João Pinto foi feito pelo Manuel Damásio, depois de uma suposta oferta de 4 milhões de contos um clube inglês recusada pelo Benfica. A proposta de 2 milhões de contos do Deportivo foi feita no tempo do maior cancro que passou pela presidência do Glorioso, que tentou logo aí empurrar o João Pinto para fora do clube e acabou por conseguir fazê-lo pouco tempo depois.

A desmotivação do João Pinto não foi por causa da proposta do Corunha, que ele próprio recusou, e muito menos por causa do contrato vitalício. Foi devida ao facto de o presidente do clube não gostar dele (inveja da sua popularidade junto dos adeptos?). E mesmo essa "desmotivação" tem muito que se lhe diga, porque nunca vi o João Pinto fazer fretes em campo. Podia jogar menos bem, mas dava o litro em todos os jogos. Essa dispensa do João Pinto foi um dos maiores erros da história do Benfica, não só pela "coincidência" que refiro no post, mas principalmente porque oferecemos um campeonato aos lagartos.

MB disse...

Caro S.L.B

É só para assinar por baixo tudo o que escreveste tanto em relação aos reforços como em relação ao João Pinto

Agora é ter muita fé no Koeman!!

Apre disse...

Ok os tempos não estavam correctos mas que acabou por terem que pagar 700 mil contos para ele sair para o Sporting é um facto!

Decidi resolver de vez o problema do TOTONEGÒCIO...

Apre disse...

NÃO PERCAM O NOVO TOTOBOLA

a solução para o Totonegócio acabar de vez com as dividas dos clubes:

APOSTA 1: Quando será o próximo frango do Ricardo?
1- É já a seguir no próximo jogo da Selecção.
X- É já a seguir no próximo jogo do Sporting.
2- Ele não dá frangos, só é mal batido às vezes. Respeitem-no!
...

S.L.B. disse...

Como te disse, Apre, esse facto de ter que pagar ao JVP para ele sair, ainda por cima indo ele parar aos lagartos, foi um dos grandes erros da história do Benfica.

acinom disse...

slb
fantastico discurso, nao sei onde raio arranjas tempo para pensar nisto tudo.
so espero que o simao nao se desencoraje por nao ter ido para um campeonato verdadeiramente competitivo, um em que valha a pena jogar, não neste que é nivelado tão por baixo que é praticamente indiferente que haja ou não avançado

S.L.B. disse...

Acinom: tu já me conheces há tempo suficiente para saber que o Benfica "is always on my mind"! Em relação ao Simão, julgo que está mais ou menos assente que ele acabará por sair em Dezembro ou no final desta época. Neste momento era bastante complicado, porque não havia tempo para arranjar um substituto à altura. Sempre o vi como um grande profissional, que nunca fez um frete em campo, portanto acho que vai continuar assim. Além do mais, tem a Liga dos Campeões para brilhar e um Mundial à espera, não convém nada estar desmotivado.