origem

sexta-feira, setembro 23, 2005

Porque é que eu não os menciono?

Autocarro do Benfica vandalizado no Porto

Terão sido os adeptos do Penafiel a fazer isto? Não me parece...

Serão eles outra coisa para além daquilo que eu não menciono? O autocarro do clube deles, sempre que joga na região de Lisboa, fica no Hotel Altis bem no centro da capital. Passo muitas vezes por ele sempre que vou à Cinemateca, e é com dificuldade que contenho o vómito, mas alguma vez aconteceu alguma coisa à viatura? Já se ouviu alguma declaração de um responsável do clube deles a condenar estes actos? Será que não dizem nada só porque “não se conseguiu identificar os autores dos actos de vandalismo”? Pois, suponho que em Maio também não se conseguiu “identificar os responsáveis” pela vergonha na Avenida dos Aliados...

É suposto achar que esta corja representa o país nos jogos internacionais? Devemos ser patriotas e torcer por eles nesses jogos? É que é já a seguir...

P.S. - Não percebo a inteligência de quem organiza as nossas deslocações. Desde o passado dia 22 de Maio que se sabia que na cidade do Porto alguns que eu não menciono podiam fazer tudo o que lhes apetecesse (inclusive bater em mulheres e crianças que festejavam pacificamente um campeonato conquistado). Por que razão é que alterámos o local de estágio de Santo Tirso para lá?! Hello?!

12 comentários:

tma disse...

Antes de mais, lamento a situação como cidadão que sou, pq destruir propriedade alheia não é propriamente um tipo de comportamento que eu aprecie.
Se é verdade que não são só os adeptos do FCP que realizam actos de vandalismo (infelizmente, também há gentinha que suja o nome do Benfica com a sua grunhice - sendo que o mais grave são, naturalmente, os actos de vandalismo em si), no caso do FCP, o grave é que é a própria direcção do clube que instiga a que isto aconteça. Acho que é aqui que está o ponto. E é por isso, que tal como tu, não me sinto representado, enquanto português, por essa colectividade sempre que joga na UEFA.
Infelizmente, também me parece que escolher hotel no Porto tem um certo toque provocatório, o que me parece dispensável. Mas também mal estamos nós, se, dentro do nosso país, a escolha de um hotel estiver condicionada pela má vontade de certa gentinha que de maneira nenhuma representa a cidade onde vive (nem sequer é digna dela).

Pedro F. Ferreira disse...

Se já lhes haviam dado liberdade para roubar liberdade a quem queria festejar o Campeonato nos Aliados, por que motivo não haveriam de poder vandalizar um autocarro? Aos cães de fila de Pinto da Costa e putanheiros afins tudo é permitido lá pelo feudo deles. Um abraço e saudações benfiquistas.

S.L.B. disse...

TMA: é verdade que arruaceiros e vândalos existem em todo o lado, mas em Portugal não conheço ninguém pior que os adeptos (principalmente os das claques) do clube regional. Basta perguntares às estações de serviço das auto-estradas. O problema não são os energúmenos por si, a maior questão é, como bem referes, o facto da direcção do clube regional ser conivente com todos estes actos. Quando há alguma inauguração de um bar destes "seres" quem é que está sempre presente? Alguma vez houve uma manifestação pública de repúdio por actos deste género que estes animais pratiquem? Pudera, se eles são a própria guarda-de-honra do presidente, quando este é ouvido em tribunal! Nem todos os adeptos do clube regional serão assim (eu não conheço mais do que cinco e nenhum é muito fã de futebol), mas mesmo os mais racionais, se apoiam um presidente que instiga este tipo de actuações, são eles próprios coniventes com isto.

Não estou de acordo contigo sobre a possível "provocação". Era só o que mais faltava não irmos para um hotel no Porto porque causa disso! Mas em que país vivemos? O Porto é uma região à parte? Por acaso, iríamos sequer jogar contra eles? Eles também não ficam no centro de Lisboa? Alguma vez alguém vandalizou o autocarro deles? Continuo a achar que deveríamos ter mantido Santo Tirso como destino, mas nunca por causa de uma possível provocação.

tma disse...

SLB, não tenho dúvidas de que, de facto as claques do FCP são as piores: de facto os famosos "festejos" de 2ºs lugares na Av. dos Aliados e a habitual vandalização de estações de serviço da A1 são paradigmáticas.

Quando utilizei o termo "provocação" não foi tanto no sentido de que, com isto, a direcção do Benfica tivesse escolhido o hotel no Porto como atitude de "desafio", mas porque, tal como referes, e sendo Santo Tirso o habitual "poiso" nestas deslocações, tenho a impressão que a opção pelo Porto, considerando que é lá que vivem estes vermes repugnantes que não se importam de bater em crianças e proprietários de Porsches sem que nada de jeito façam na vida para ganhar o dinheiro que custa um carro destes, não terá sido tão inocente como isso.
De resto, a tua opinião está de acordo com a minha. Os cidadãos do Porto não merecem isto. E se "toleram" a situação, é seguramente por medo. A máfia é mesmo assim que funciona.
Por outro lado, cada vez fico mais perplexo ao observar como é que num país supostamente democrático, histórias destas, que nem no far-west teriam lugar, sejam uma constante. Mas se este é o país onde as Fátimas Felgueiras, os Ferreiras Torres (o Autarca Destemido), os "Majores" Valentões (para não falar dos Isaltinos ou de outros), conhecidos criminosos, andam à solta praticamente impunes, riem-se de quem os acusa ou de quem os questiona e ainda ganham eleições autárquicas, não há razão para ficar perplexo, pois já nada me surpreende.

Blue disse...

Eu gostava de saber se o assassino do adepto do Sporting na final de uma taça de Portugal, é cão de fila do P. Costa. Eu gostava de saber se os adeptos do Benfica que o ano passado vandalizaram este mesmo autocarro, após a derrota com o Belenenses, são cães de fila do P. Costa. Que moral têm os senhores para falar dos adeptos dos outros.

tma disse...

Tal como disse, todos os clubes têm adeptos que deviam estar na prisão.
Mas apenas no FCP é que os comportamentos vândalos e criminosos são promovidos e instigados de forma escandalosa pelo seu presidente.
É essa A diferença.

Red disse...

Ò Blue... além de teres fracos gostos clubisticos também deves ser parvo! O assassino do Jamor foi preso e condenado em tribunal! Sabes o que é um tribunal??

S.L.B. disse...

Blue: viste algum presidente do Benfica a mostrar apoio ao adepto que assassinou outro no Jamor? Como diz, e muito bem, o TMA a GRANDE diferença é essa: é o próprio presidente do clube regional que instiga este tipo de comportamentos e depois apoia publicamente os energúmenos da sua claque. Ou por acaso ele terá condenado os incidentes nos Aliados em Maio passado e eu não dei por nada?! É isso que me repugna e a razão pela qual eu odeio tanto o clube regional.

pica mouros disse...

Quem vandalizava era eu
O autocarro e a tua fronha, excemento.
Dá pena ver tanta estupidez por cm2 de crânio vazio

tma disse...

pica mouros: realmente, é muito fácil falar quando se está atrás dum teclado.
De qq forma, és a prova de tudo o que se disse acerca dos vândalos do teu clube.
Já agora, vais explicar o que quer dizer "excemento"?
De resto: "Dá pena ver tanta estupidez por cm2 de crânio vazio" - ao menos reconheces as tuas limitações!

S.L.B. disse...

TM: não te dês ao trabalho de responder a acéfalos. Quando não se tem argumentos para contradizer, parte-se para o insulto. É normal em "seres" daquele clube...

Anónimo disse...

Obrigado, Picamouros por confirmares o que se estava a escrever. Assim deixa de ser uma questão de opinião e passa a ser um facto. É por isso que ninguém gosta de vocês e por muitas coisas que ganhem (com ou sem árbitros) serão sempre um clube regional.
MB