origem

sexta-feira, julho 21, 2006

Relembrar V – O domínio

Amanhã iremos defrontar uma equipa treinada por um dos melhores centrais que eu vi jogar pelo Glorioso e o primeiro estrangeiro a ter a honra de capitanear a nossa equipa: Ricardo Gomes. A carreira dele e a do Valdo seguiram em paralelo durante sete anos, desde a altura em que vieram para o Benfica na época 88/89. Três anos depois saíram os dois para o PSG e passados quatro anos regressaram ao Glorioso, tendo no entanto o defesa-central feito só mais uma época (95/96, na qual vencemos a Taça de Portugal) antes de arrumar as botas. Amanhã teremos finalmente a oportunidade de o voltar a aplaudir.

Este golo deu-nos a vitória frente ao Espinho na 21ª jornada da época 88/89, em que fomos pela primeira vez campeões com o Toni a treinador e que ficou célebre porque ganhámos seis (!) jogos nos últimos cinco minutos. No entanto, este tento foi marcado logo no início da 2ª parte e sempre me intrigou por um motivo: será que o Ricardo dominou mal a bola de peito, fazendo-a subir demasiado, que teve que rematar de cabeça? Tenha sido ou não de propósito, um golo destes só está ao alcance de jogadores de classe. Mas, sejamos honestos, o facto de o guarda-redes ser o Silvino (o que começou nas camadas jovens do clube regional), portador de pouco mais de 1,60m, também ajudou...


video

5 comentários:

Pedro Neto disse...

Um magnifico golo de um magnifico jogador.

Olha que parece que é de propósito, S.L.B.

ed disse...

ena pá, esse guarda-redes é mesmo minorca :S

silvino ?... o famoso silvino que agora é treinador de GR nao sei onde (sinceramente nao me lembro), ou é outro silvino ?

o famoso silvino nao me lembro de ser tao baixo

perdoem-me a ignorancia

S.L.B. disse...

Ed: este Silvino foi treinador de guarda-redes da equipa B do teu clube no ano passado. Não confundir com o Silvino Louro que jogou no Benfica, e posteriormente no teu clube, e que agora é treinador de guarda-redes do Chelsea.

Bem Litrado disse...

De propósito ou não, foi de facto um grande golo com alguma ajuda do guarda-redes é certo.

Pedro F. Ferreira disse...

olha, o "tal" golão. ;)