origem

terça-feira, julho 18, 2006

Relembrar IV – O anterior 10

Antes de o Rui Costa aparecer, no início da década de 90, não tivemos que esperar 10 anos como agora para voltar a ter um “nº 10”. Esse número pertencia a um certo Valdo Cândido de Oliveira Filho, de nacionalidade brasileira, que veio para o Glorioso em 88/89 e esteve cá durante três anos (regressando mais tarde em 95/96 e ficando até ao final da época seguinte). Entre os vários momentos sublimes que ele nos proporcionou, resolvi escolher este, seguindo a sugestão de um dos leitores deste blog, que me tinha falado neste golo. Foi na 7ª jornada da época 90/91 (em que ganhámos o campeonato no célebre jogo do César Brito na casa do clube regional) num jogo frente ao E. Amadora em que vencemos por 4-0, sendo este o terceiro tento. O Valdo, que era dos melhores tecnicistas que vi jogar pelo Glorioso e que geralmente rematava em jeito, de vez em quando também desferia petardos destes.

video

16 comentários:

Bakero disse...

Que espectáculo!!
O Valdo era fantástico e embora tenha mais recordações da 2ª passagem dele pelo Benfica, em que já estava velhote, não dá para esquecer a técnica, a classe e a categoria dele. lembro-me também de um golaço que ele marcou ao Bayern de Munique de livre, se não me engano. É mais um daqueles jogadores que nos vão ficar sempre na memória!

ed disse...

por acaso esse era um grande jogador...outro que me lembro bem é o isaías, devem lembrar-se concerteza, ele geralmente era um "salvador" quando saía do banco e marcava golo.

Pedro disse...

Rui Costa é o Rui Costa mas Valdo foi o maior!!!

Pedro Neto disse...

Momentos fantásticos, ó S.L.B. Estes bocadinhos que nos proporcionas são, realmente, imperdíveis.

Valdo - internacional brasileiro - foi um enorme jogador e é um homem de grande carácter. Um dos ex-jogadores do Benfica que mais admiro.

http://encarnados.blogspot.com/2006/06/dream-team-parte-vii-valdo.html

GR1904 disse...

O Rui pegou de estaca na equipa do Benfica depois do Valdo ter ido embora e há uma entrevista dada pelo internacional brasileiro (era titular do Brasil, juntamente com o Mozer e Ricardo) em que lhe perguntam se o Benfica precisava de comprar um novo número dez. E a resposta do Valdo foi: "O Benfica não precisa de comprar ninguém porque o meu sucessor chama-se Rui Costa". Assim dito, assim foi.

bem litrado disse...

Grande Valdo. Que saudades deste grande jogador.

Anónimo disse...

O Valdo quando veio foi para substituir o Chalana que foi para o Bordeús.

S.L.B. disse...

Estás enganado, Anónimo, o Chalana foi para o Bordéus em 84/85 e o Valdo só chegou em 88/89. Para além disso, o Chalana jogava a extremo-esquerdo e o Valdo era na posição "10". Não sei se na altura em que o Diamantino se lesionou frente ao Guimarães na véspera da final de Estugarda em 88 o Valdo já estaria contratado, mas a posição "10" era ocupada por ele antes do brasileiro (apesar de o Diamantino jogar com o nº 11).

Pedro Neto disse...

O Valdo chegou ao Benfica em 1988/89, um ano depois da Final da Champions em Estugarda, frente ao PSV.

Valdo e Chalana foram companheiros de equipa em 1988/89 e no ano seguinte, depois o "pequeno genial" foi acabar a carreira no Estrela da Amadora.

antitripa disse...

Eia....Chalanix .....eia o Valdo.....eia o Rui....até dói!

antitripa disse...

Olha lá´já acabaste a colecção do Mundial? Preciso dos: 27-54-73-92-297-432-440-469-473-503. tenho prái 500 para troca.

MAD*MAX disse...

Ganda GOLOOOO

Saudações desportivas
SLB 4EVER

Anónimo disse...

Tem razão, quem veio susbstituir o Chalana foi o Vando (ou Wando, tmb se escrevia assim). Valdo-Vando é fácil confundir, já foram 20 anos.

S.L.B. disse...

A única parecença entre eles era mesmo o nome...!

bogalho disse...

Obrigado SLB por este momento!
Por acaso o passar do tempo mistificou este golo na minha memoria e tinha a sensação que o remate tinha sido de ainda mais longe....o que não invalida o facto de ser um grande golo de um grande jogador.....mais uma vez obrigado

S.L.B. disse...

Antitripa: já acabei a colecção...

Bogalho: Ah, estava a ver que não aparecias! :-) E como não tenho o teu email nem sequer te podia avisar que já tinha postado o teu golo.

É engraçado como o tempo altera a nossa memória, eu pensava que o golo tinha sido de mais perto, mas vendo a marca de penalty a 11 metros da baliza, é seguro dizer que o remate foi pelo menos a 30 metros.