origem

sexta-feira, setembro 30, 2005

Os Campeões no Theatre of Dreams

Old Trafford é semelhante ao Estádio da Luz, ou seja é mais bonito por dentro do que por fora. Não sei se é por causa da sua forma rectangular (e não oval como o nosso), mas não se tem a sensação que se está num estádio ligeiramente maior que o do Benfica. E que vai ser ainda maior, já que os topos laterais estão em obras para aumentar a lotação de 69.000 para 76.000 lugares.

(clicando nas imagens, poder-se-á vê-las em tamanho maior)


Bancada Este - entrada principal do estádio

A Bancada Norte é bastante maior que a Sul, já que tem três pisos por contraponto a apenas um. A cobertura da Bancada Norte é parecida com a do Alvalade XXI, já que estando na Bancada Sul não se consegue ver o 3º piso do outro lado.

Bancada Norte - exterior e interior


Os 3.500 adeptos do Benfica foram distribuídos pela Bancada Sul e pela Este. Tanto esta como a Bancada Oeste têm dois pisos. O relvado está subido em relação ao “chão” do estádio. Suponho que deverá ter um sistema de aquecimento por baixo que o impede de congelar no Inverno.


Bancada Este


Bancada Oeste
Os 3.500 que calaram Old Trafford


A simpatia dos ingleses e gente famosa que foi apoiar o Glorioso a Old Trafford

O apoio dos adeptos do Benfica à equipa foi constante durante o jogo todo. Já revi o jogo na TV e durante vários períodos do jogo chegámos a calar os ingleses. Depois do nosso golo foi quando me pareceu que o nosso apoio foi maior e mais alto, mas estando no meio dos gritos “SLB, SLB, SLB, Glorioso SLB, Glorioso” não deu para ouvir que os adeptos ingleses não se calaram mais desde essa altura até ao final do jogo. Desde o “Man-ches-ter’s go-nna win” ao “ohhh United, we love you” o barulho deles acabou por abafar o nosso nesse período. É a diferença de mentalidades e a razão pela qual o futebol em Inglaterra é um espectáculo fantástico: o Manchester está na mó de baixo, a 10 pontos do 1º lugar, tinha perdido um jogo em casa três dias antes e o que fazem os adeptos? Enchem o estádio e apoiam a equipa principalmente a seguir a esta ter consentido a igualdade. Tal e qual como se faz cá pelo burgo...





Foi pena termos perdido, mas valeu a pena acompanhar os Campeões a Old Trafford!

5 comentários:

guitar disse...

SLB
Já tinha feito ontem uns comentários ao jogo de Manchester mas não ficaram porque apanhei o blog em manutenção na altura do registo.Vou repetir.
Vejo que gostaste de estar no santuário como aliás esperava. Como te tinha dito, o ambiente não se descreve, é preciso lá estar para perceber o essencial. Paixão e apoio incondicional, nada a ver com a nossa realidade. Tal como também disse ontem a nossa claque ouviu-se bem na TV, mas reparei que um dos momentos em que a claque do Man mais apoiou a equipa foi logo a seguir ao nosso golo, com United, United.
Quanto ao jogo, eu que estou sempre a dizer mal, QUERO FRISAR que gostei da exibição da equipa. Fizemos uma excelente 1ª parte, e uma 2ª razoável. Até 20 minutos do fim. Porquê recuar assim? E, a verdade, é que isso já se verificava antes da substituição idiota do Miccoli pelo Pereira. Não consigo deixar de pensar que, para além do encolhimento do treinador, os próprios jogadores acharam que um empate em Old Trafford já era uma vitória, e eles mesmo encolheram-se. O treinador podia ter dado o sinal contrário com a substituição, mas isso era pedir demais. E perdemos, ingloriamente, quando podíamos ter ganho. Pena, mas ficou a imagem.
Comparando com lagartos e tripeiros,com jornadas inenarráveis, então nem digo mais nada.
Jogadores: Nelson (Miguel não fazes cá falta), Rocha, Fernandes e Petit fizeram grandes jogos, com Simão e Gomes quase logo a seguir. Luisão podia ter feito mais no 2º golo, de resto impecável. Léo e Moreira (uma grande defesa, uma saída em falso) muito razoáveis. Miccoli abaixo do que se esperaria, Beto um desastre. A culpa não é dele, é de quem o põe naquelas funções. Mas o que mais me impressionou foi a falta de pernas, que deu para que acertasse mais vezes nas mocas dos ingleses do que na bola e ficasse sempre nas covas nos arranques. Parece que o "chá" de Aveiro já desapareceu...
Mas, atenção, temos um problema grave de falta de qualidade naquele lugar, que é urgente resolver já em Janeiro. O Carlitos é o que se sabe e o Geovanni não serve porque só joga um bocadinho de vez em quando, e muito de vez em quando.
Vamos ver o próximo jogo com um Guimarães a subir e preparem-se para uma batalha campal à Pacheco. Se o árbitro deixar.
Prefiro não comentar as noites de 4ª e 5ª feira. Impensáveis, mesmo para quem acredita que a bola é redonda (ou quadrada para alguns). Pena é que ambos não façam estas figuras no nosso campeonato e andem a estragar o nosso ranking na Europa.
Obrigado pelas fotos. Estão óptimas

GR1904 disse...

É a primeira vez que leio/oiço que os adeptos do Man Utd foram bastantes apoiantes contra o Benfica. Em Old Trafford, de 10 em 10 minutos recebi sms de pessoal em Portugal a dizer o mesmo: "na tv só se ouve Benfica". E estando presente no estádio, era mesmo essa sensação que tinha. Só por uma vez consegui aperceber-me do poder vocal dos ingleses e foi qd marcaram o 2º golo. Porque de resto, e ate esse momento, desiludiram-me brutalmente e confirmei o que ja me tinham dito: é, acima de tudo, a equipa que puxa pelos adeptos e nao o contrario. A titulo de comparaçao, em San Siro o ano passado contra o Inter estavam seis mil benfiquistas e o apoio nao foi mau, mas foi bem menor que em Old Trafford. E muita gente ja me disse que o jogo de 3ªf foi, de longe, o melhor em termos de apoio dos adeptos num jogo fora no estrangeiro. So para terminar, ainda sobre o mesmo assunto: se ha país no mundo onde jamais imaginaria que pudessemos cantar mais que os adeptos da casa, esse país é o Reino Unido.

Benfica Sempre!

gil disse...

Eu não quero saber disso para nada!
Só quero saber se tu estiveres interessado,em ter relações homo,deixa mensagem no meu blog:

http://ogil.blogspot.com

E VIVA O FCP

S.L.B. disse...

Guitar: no lado direito do ataque julgo que a 1ª opção irá ser o Karagounis, quando estiver recuperado. O Manuel Fernandes, a manter a exibição que fez em Manchester, é indiscutível e o Petit faz um trabalho de recuperação de bola único. Eu preferia que fôssemos buscar um ponta-de-lança em Janeiro, porque para além de três não serem suficientes (basta alguém se lesionar para ser problemático), nessa altura iremos ter a Taça das Nações Africanas e o Mantorras irá estar um mês fora.

GR1904: ter-me-ei explicado mal. Confesso que também esperava que os ingleses cantassem mais durante o jogo todo e no estádio, ao vivo, pareceu-me que eles estavam muito silenciosos. Só que revi o jogo na íntegra na TV e aí dá deu para ouvir que, a seguir ao nosso golo do empate, eles não se calaram até ao 2º golo. Estando no estádio não me apercebi desse facto, já que o nosso apoio constante também nessa altura não nos permitia ouvi-los. Mas de facto é verdade que, depois de ver e ouvir o jogo na TV, não me lembro de nenhuma saída europeia do Benfica onde se tenha ouvido tanto os nossos adeptos.

Gil: podia pedir-te para teres um pouco de nível se isso não fosse impossível na maioria dos adeptos do teu clube...

tma disse...

Excelentes fotos, sim senhor!

Mesmo apesar da derrota, tenho a certeza que foi uma experiência única e que valeu a pena.
Talvez por ser precisamente em Inglaterra, onde os adeptos apoiam sempre a equipa, faça esta bons ou maus resultados, que estivesse criado o clima ideal para que tu mais os 3499 benfiquistas que estiveram em Old Trafford puxassem incansavelmente pela equipa.
Seria bom que fosse sempre assim na Luz...