origem

segunda-feira, outubro 23, 2006

De encomenda

Ganhámos 3-1 ao E. Amadora, mas esse não foi o facto mais saliente do jogo. O que sobressaiu foi a arbitragem MISERÁVEL desse sujeito que dá pelo nome de Carlos Xistra. Para quem não se recorde foi o mesmo que não viu um penalty do tamanho do mundo sobre o Léo a 10 minutos do fim do jogo frente à Naval em casa no ano passado, que empatámos 0-0. Hoje tivemos uma verdadeira arbitragem de encomenda, porque para a semana há um jogo importante num certo sítio que eu, por razões de higiene, me abstenho de referir e não convinha que o Benfica fosse jogar lá perto da máxima força. Portanto, vá de arranjar vários amarelos durante a partida até que o Miccoli (por acaso o nosso melhor marcador) foi o feliz contemplado com um segundo, o que o tira desse jogo. Infelizmente, parece que é preciso que qualquer dia aconteça uma tragédia e um árbitro destes não consiga sair inteiro de um estádio de futebol para que algo mude. Até lá está toda a gente a assobiar para o lado e andamos todos felizes a gastar dinheiro para ver algo que já está decidido à partida.

Se eu mandasse no Benfica, palavra de honra que para a semana aparecia com os juniores em campo ou então até nem ia. Perdíamos por falta de comparência e ficávamos a três pontos desse clube inominável. Nada que não desse para recuperar até final. Seria uma medida que daria imensa visibilidade à infame manutenção deste estado de coisas. É impossível disputar um campeonato desta maneira! A arbitragem de hoje mostrou que está tudo na mesma e raramente saí tão irritado de um jogo em que tivéssemos ganho. O festival de cartões amarelos aos nossos jogadores foi inacreditável. As amostragens ao Simão, Karyaka e Beto (todos com faltas perfeitamente inócuas) entraram para o anedotário nacional. O Miccoli leva um amarelo, porque o fiscal-de-linha só levanta a bandeirola (para assinalar um fora-de-jogo inexistente, registe-se) depois de ele ter tocado na bola, quando o italiano tinha olhado para o fiscal-de-linha antes de começar a correr atrás do esférico (o lance foi mesmo à minha frente). O apito do árbitro mal se ouviu, mas como o Miccoli continuou a jogada levou um amarelo. O segundo amarelo é ainda mais incrível. Ele é agarrado e derrubado, e no meio dos agarrões vira-se para trás para se libertar. NÃO toca no adversário e acaba na rua. Que conveniente não jogar para a semana…

Quanto ao jogo, considero que fizemos uma exibição bastante razoável. Entrámos bem na partida (para não variar), mas no primeiro ataque que o Estrela fez marcou um golo na sequência do canto aos 13’. Ao contrário do que tem sido habitual, não reagimos assim tão mal ao golo sofrido e, depois de o Simão ter falhado uma oportunidade de baliza aberta, por volta da meia-hora empatámos numa boa insistência do Katsouranis que assistiu o Miccoli, para este bem colocado na área empurrar para a baliza. Até ao intervalo continuámos a tentar, mas mais uma vez não tivemos engenho para acertar na baliza. Na segunda parte não entrámos tão bem, mas numa boa jogada do Nélson aos 54’ há uma jogador do Estrela que faz falta sobre ele dentro da área e o árbitro assinala o respectivo penalty. Esse jogador viu o segundo amarelo e foi expulso. O Simão atirou como habitualmente para o lado direito do guarda-redes, mas a colocação do remate tornou a bola indefensável. A 20’ do fim, o Fernando Santos coloca o Karyaka em campo e tira o Katsouranis, uma substituição arrojada apesar de estarmos a jogar frente a 10. Pouco depois há o tal lance do segundo amarelo ao Miccoli e a (justa) contestação ao árbitro não parou mais até final do jogo. Há um outro jogador do Estrela que vê também dois amarelos e a “batalha campal” saldou-se por 14 amarelos e três vermelhos! O Karyaka ainda teve tempo para falhar duas oportunidades de baliza aberta, antes de marcar o terceiro golo de cabeça depois de um excelente cruzamento do Léo. Será que este ano vai marcar golos também a outras equipas? Voltámos definitivamente ao famigerado losango, mas a constante rotação entre os jogadores da frente permite ocupar os espaços de uma maneira que não conseguíamos no início da época. A nossa vitória foi mais que justa e, com o empate no jogo entre o Anti-Benfica do Sul e o do Norte, ficámos a três pontos do primeiro lugar e com um jogo em atraso.

Individualmente é difícil destacar alguém, mas o Simão parece voltar à boa forma. Também gostei do Katsouranis, principalmente na primeira parte. Os dois avançados estiveram igualmente bem, embora o Nuno Gomes tenha perdido duas boas ocasiões para marcar. O Léo é outro que volta a estar ao nível que nos habituou. Mas mais uma vez sofremos um golo que tínhamos a obrigação de evitar. Desta feita foi o Petit que falhou a intercepção de cabeça. O Nélson, apesar de não estar ainda como no ano passado, TEM que ser titular. A diferença em relação ao Alcides é abismal!

Não obstante as nossas melhorias exibicionais, para a semana vamos jogar num certo sítio fétido de onde sairemos certamente derrotados e não acabaremos o jogo com 11. Alguém que apostar? Enquanto alguns seres continuarem a pulular impunemente no futebol nacional, isto não vai mudar. É triste viver num país que permite isto…

P.S. – Gostei das declarações do Fernando Santos sobre a premeditação do árbitro em expulsar um jogador nosso. É bom que haja algum responsável nosso a dizer as verdades.
P.S. 2 – Quando é que voltaremos a marcar um golo num livre “à Camacho”? O primeiro e único foi há quatro anos em Braga pelo Zahovic. Hoje foi o Miccoli a acertar mal na bola…
P.S. 3 – Tão amiguinhos que estavam os dois presidentes do Anti-Benfica do Sul e do Norte no camarote presidencial. Depois, os lagartos que venham dizer que são um clube “diferente”. Lamentável…

18 comentários:

Pedro Malaquias disse...

Não concordo mesmo nada quando referes que fizemos uma exibição razoável. Não fosse o Estrela o pior clube da Liga Portuguesa e teríamos tido uma missão extremamente complicada. A quantidade de passes que falhamos na primeira parte foi inacreditável, destacando-se neste período de tempo o péssimo jogo do Petit (não sei o que lhe passou hoje pela cabeça). Tirando o jogo contra o Boavista, este foi, para mim, o pior jogo do SLB para o campeonato.

Gostei do jogo do Leo, do Simão e do Miccoli, os três melhores quanto a mim. Relativamente ao sr. do apito, parece-me que está tudo dito.

D'Arcy disse...

Concordo com o comentador anterior, S.L.B.. A nossa exibição foi fraquita, pelo menos muito abaixo do exigível ao Benfica. E acho que a equipa voltou a acusar o golo sofrido: compara o antes e o depois do golo. Logo a seguir parecia que faltavam 5 minutos para acabar, e desataram a fazer tudo à pressa e algo atabalhoadamente. Felizmente que marcámos ainda na primeira parte.

Quanto ao Xistra, foi apenas um gostinho do que ainda estará para vir. Isto vai ser um campeonato como nos 'bons velhos tempos', e se queremos ganhá-lo teremos que ser duas vezes melhores que os outros. Nem quero imaginar o que se vai passar para semana. Vai uma apostinha que o árbitro ainda vai ser o Lucílio? O Pedro Henriques é que quase de certeza não é.

Alma Benfiquista disse...

Caro S.L.B.,

Em relação ao comentário que fazes de:

"Não obstante as nossas melhorias exibicionais, para a semana vamos jogar num certo sítio fétido de onde sairemos certamente derrotados e não acabaremos o jogo com 11. Alguém que apostar?"

Espero que alguém (treinador, presidente, ou até mesmo um roupeiro!) mentalize os jogadores sobre o que se vai passar naquele recinto ao pé da ponte do Freixo e que o Sport Lisboa e Benfica entre em campo com 11 guerreiros disponíveis para deixarem a vida em campo pela vitória!
Depois da vergonha de ontem e dos comentários atrozes dos encobridores do sistema (a começar pela personagem da SIC Notícias) só 11 Diabos Vermelhos podem ganhar ao "clube dos amigos da fruta".

Espero que se escreva verdade por linhas tortas e que o Nuno Gomes volte a calar muito boa gente.

Ontem, apesar de saber as cosequências que sofriria (250€ de multa e uma noite na cadeia) estive quase a entrar dentro do campo e a mostrar ao indivíduo Xistra que não goza mais connosco.
A ele e ao amigo Lacroix. Acho que está na altura de deixarmos de ser "bons rapazes" e fazermos ver a esses energúmenos que os seus roubos terão consequências!

Um abraço.

P.S.: Não falo do jogo, porque a revolta é enorme! Criticar a equipa ou o treinador depois do que se passou ontem é desviar as atenções do mais importante: o polvo está vivo e de plena saúde e, como diz o D'Arcy, vamos voltar aos "bons velhos tempos" de Frascos, Andrés, Bandeirinhas, Kostadinovs, Coutos e afins.

S.L.B. disse...

Malaquias e D'Arcy: não fizemos a melhor exibição do mundo, mas comparativamente ao que já fizemos este ano, também não achei que o jogo de ontem fosse assim tão mau. Ainda não estamos ao nível que nos é exigível, mas isso é outra história. A quebra a seguir ao golo deles durou menos tempo do que é habitual e reparem que antes do golo do Miccoli há um falhanço incrível do Simão, algo que não conseguimos até ao intervalo frente ao Aves, em que não criámos perigo nenhum. Daí eu achar que estivemos melhorzito do que em jogos anteriores.

Malaquias: quanto ao Petit, concordo contigo, ontem fez um jogo muito mau.

D'Arcy: Quem vai ser o árbitro é perfeitamente indiferente. São poucos os que não estão no "Apito Dourado", mas mesmo entre esses estão os manos Costa! Milagres como o do ano passado só sucedem de 14 em 14 anos. Este ano não vais ser masoquista e ver lá o jogo, pois não?

Alma Benfiquista: não vale a pena, mais importante do que o Ronaldinho e o Eto'o é árbitro e os fiscais-de-linhas. Não foste o único com vontade de saltar para dentro do campo, mas olha que a multa é de 2.000€... Tenho a certeza absoluta que perderemos para a semana e acabaremos o jogo sem 11 em campo. Por isso é que acho que nem vale a pena ir. Imagina a repercussão internacional: "Benfica recusa-se a ir jogar ao estádio do clube cujo presidente é arguido num caso de corrupção de arbitragem e continua impune!" Sinceramente, acho que por uma vez valeria a pena. Já estou farto disto, são 20 anos desta m****!

GR1904 disse...

Eu gostei de ver o Benfica. Gosto da audácia do FS na abordagem que faz nos jogos contra os pequenos e em casa. Dantes, mesmo com mais 1 em campo, não se tirava o Katsouranis para meter o Karyaka. Tirava-se o Nuno Gomes para meter o Beto. Tenho é receio que estas abordagens contra equipas mais fortes, não resultem. Mas em casa tem de ser assim. A ganhar por um golo de diferença, temos de marcar outro golo.

burns disse...

eu gostava k alguem me esclarecesse desde qd é k 1 agressao ou tentativa de agressao é punida com amarelo , é k segundo as regras o picoli devia ter visto o vermelho directo e ficaria pelo menos 2 jogos a endireitar o pescoço em casa

S.L.B. disse...

Pois, deve ser como o pontapé que o Quaresma tentou dar no Liedson, só que acertou no ar, e o árbitro mostrou-lhe o amarelo...

Além de que o Miccoli tenta libertar-se do jogador que o está a agarrar há pelo menos três segundos e tenta empurrá-lo. Pelos visto há quem considere agressão. Tal como há gente que gosta de fruta...

bogalho disse...

SLB:

O que ontem aconteceu exedeu todos os limites do razoavel.
Eu já pensei que isto ia lá com boicotes....aos jornais, tv´s etc, mas tambem já percebi que assim não vamos lá, por um lado porque a malta que compra jornais etc é na sua maioria gente que não vai ao estadio, que só vê resumos e que acaba por "comer" aquilo que lhes dão nos comentarios dos jogos...
Ontem voltou a falar-se da indisciplina no plantel do Benfica, POR AMOR DE DEUS!
E são estas opiniões que acabam por ficar, ao bom estilo de O´brien em 1984...
Assim, o que nos resta lamentar que o que vai acontecer no dia as pessoas se fartarem.
"Aqueles que fecham o caminho a uma revolução pacifica, abrem ao mesmo tempo o caminho para a revolução violenta" Fidel

Pedro disse...

Eu defendo a falta de comparência.
Acho q isso traria uma visibilidade à corrupção no nosso desporto extraordinária.
Perdiamos os 3 pts mas ganhavamos muito mais q isso.

S.L.B. disse...

Bogalho: podemos lamentar, mas "quem semeia ventos...". Por outro lado, há gentalha por aí que não faz mesmo falta nenhuma...

Pedro: perfeitamente de acordo!

bogalho disse...

O problema SLB, é que as tempestades que se iram colher não vão beneficiar em nada o futebol português...porque cada vez mais acho que isto vai descambar em violencia, e nesse dia vais ver os que hoje são culpados serem transformados em vitimas.

Para mim o necessário era haver um discurso (vindo de dentro do futebol) não clubista sobre a corrupção no futebol, mas não há ninguem que o faça. Porque a tendencia que se vê ao "clubizar", é que hoje acusamos o Porto, amanhã é o Sporting que nos acusa a nós por ai fora... acabando muitas vezes as acusações por resvalar para o insulto pessoal...o que acaba por tirar força ás acusações, porque as torna em "conversas da malta da bola".

Falta de comparência não.....com a comunicação social que temos eramos dizimados......se calhar a solução passava por ir ao estadio, entrar em campo e os jogadores sentarem-se na relva no apito inicial....Ai sim....vinha tudo a baixo
Falta de comparência pode ser confundido com medo, e acho que não devemos ter medo de ir a um estadio onde nunca perdemos!

S.L.B. disse...

Bogalho: se forem transformados em vítimas, mas desaparecerem da circulação, então vale a pena. O que é preciso é que essa gentalha deixe de conspuscar o nosso futebol. Mas tens razão, essa tua forma de protesto (sentarmo-nos no relvado) não é nada má. Mostramos que não temos medo de lá ir, mas recusamo-nos a jogar com uma equipa corrupta.

Ainda assim não é nada disso que vai acontecer. O meu palpite é que o jogo vai ser apitado pelo Olegário Benquerença, vamos perder por 3-0 e acabaremos o jogo sem 11 em campo.

tma disse...

Para mim o jogo de ontem de Domingo ficou marcado por um aspecto que suplanta qualquer questão de arbitragem, já que pela primeira vez levei a minha filha a assistir a um jogo na Luz!
Tendo ela 5 anos, claro que passou mais de metade do jogo alheia ao mesmo, mas mesmo assim, ela gostou de ter ido (estava com medo que ela se assustasse com os festejos dos golos, o que normalmente acontece quando eu festejo os golos de forma mais exuberante qdo assito a jogos na televisão..., mas pelo contrário, também os festejou!). Disse até que gostava de voltar ("sempre, todos os dias" :-D)
Claro que às tantas teve de tapar os ouvidos: após a expulsão do Miccoli, o ruido era ensurdecedor. Para ela, ainda bem (pelo menos para já) que o actuação do árbitro é algo que lhe passa completamente ao lado.
Na verdade, eu próprio não me estava a aperceber totalmente da dimensão do problema (já que a irrequietude da minha filha não me permitia estar com toda a atenção no jogo), nomeadamente com os amarelos imbecis ao Simão, Luisão e Miccoli (imbecis pq completamente desprovidos de sentido). O lance do fora-de-jogo assinalado ao Miccoli é uma verdadeira anedota (a lembrar uma personagem do Jô Soares...). Só quando o Miccoli foi expulso é que me apercebi completamente o que se estava a passar e fiz a associação com o jogo no Porto.
Qto à exibição, obviamente não foi nada de especial, pq o adversário este ano está (é?) muito fraco. Ainda assim, é de assinalar a facilidade com que o Benfica criava oportunidades e falhava as mesmas...
O que me fez mais confusão (tirando a arbitragem, claro) foi que o Benfica, em vantagem numérica, não tenha sido suficientemente resoluto para "matar" o jogo. Ainda cheguei a prever o pior após a expulsão do Miccoli...

Quanto ao jogo no Porto, não estou de acordo com a falta de comparência... Eu intepreto isso como "atirar a toalha ao chão". Mas não duvido que iria dar que falar.
Para começar, vamos lá ganhar :-) Teria mais piada se os jogadores levassem sob o equipamento alguma mensagem com referÊncia ao "apito dourado", interrogando pq razão tudo está na mesma como dantes... Caso o jogo entrasse numa onda de gamanço, os jogadores poderiam exibir a referida mensagem. Ou, por que não, entrarem em campo com umas t-shirts sobre a camisola com as ditas mensagens...
Causava impacto e o Benfica não dava parte de fraco deixando de jogar. Até pq, como vamos ganhar, seria uma estupidez desperdiçar uma vitória tão importante!!

S.L.B. disse...

Parabéns, TMA! É de pequenina... :-). Também eu previ o pior com a expulsão do Miccoli, mas felizmente que o adversário era o Estrela em casa e que o Karyaka estava a jogar! :-)

Quanto ao jogo de sábado, és um idealista! Ganhar?! Nem penses nisso. Falhei na minha previsão sobre o árbitro e até posso falhar no resultado do jogo, mas não no vencedor do mesmo nem no facto de não o irmos acabar com 11 em campo. Queres apostar? :-) Infelizmente, o polvo está bem vivo. Eu continuo na minha: isto vai ter que levar uma grande volta ou qualquer dia as pessoas chateiam-se a sério...

tma disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
tma disse...

S.L.B., ainda bem que mencionaste o Karyaka, pois a sua entrada mais o golo que marcou (e apesar de ter falhado anteriormente dois golos 'óbvios') espero que sejam sintomas da sua 'recuperação'. Ele até me parece bom jogador, só precisa é que lhe dêem oportunidades. Tê-lo no plantel e não jogar é que não faz qq sentido, nem para ele nem para o Benfica...

Qto ao jogo de sábado, é certo que o 'polvo' está vivo (e é realmente impressionante como as semelhanças entre o que se passa no futebol e a série "O Polvo" são imensas), mas o BEnfica também!!
Pode não estar a jogar como gostaríamos, mas do mesmo modo, o FCP tb não está a jogar nada do outro mundo. Em comparação com anos anteriores (sobretudo a partir da 2ª metade dos anos 90 e até há poucos anos), o Benfica tem argumentos futebolísticos para discutir o resultado e isso faz toda a diferença, pois torna óbvio que "deslizes" de arbitragem têm agora muito mais influência no resultado.
O apito dourado pode ainda não ter produzido resultados judiciais, mas pelo menos já deixou a descoberto facto que antes não passavam de suspeições. E o jogo de Domingo passado voltou a fazer soar o alarme... Qq "deslize" do Lucílio será interpretado como premeditado... O "polvo" está vivo, mas a "família" Benfiquista também está atenta e a blogosfera tem sido um veículo muito importante para isso, pois ao contrário do que se passa nos "media" (onde o "polvo" tem vários tentáculos...), na blogosfera não é tão fácil abafar as verdades sobre o que se está a passar...

tma disse...

Sim, vamos ganhar no sábado!

tma disse...

já disse que vamos ganhar no sábado? ;-)