origem

segunda-feira, agosto 03, 2009

Mais um troféu

Vencemos o Sr. Jorge Sousa e o V. Guimarães por 2-0 e conquistámos o torneio da cidade. Três em três é o nosso saldo em troféus de pré-época. Esperemos que a senda vitoriosa se mantenha nos jogos a sério, mas a arbitragem de hoje deixa-me muito céptico em relação a isso. Ganhámos este jogo APESAR do árbitro, mas durante a época vai ser difícil mantermos este nível exibicional o tempo todo e, quando não o fizermos, pela amostra desta partida (e da frente ao Atlético Madrid), vai ser muito difícil ganharmos. Estes ladrões já demonstram estar em grande forma e ainda nem chegámos aos jogos a doer.

Entrámos em campo com uma equipa secundária frente à principal do V. Guimarães, mas que não se deu nada mal. Durante a 1ª parte mostrámos um futebol adulto, mas naturalmente sem o brilhantismo dos titulares (por algum motivos eles o são). Mesmo assim criámos oportunidades (o Coentrão e, já agora, o Weldon na recarga não podem falhar golos daqueles de baliza aberta) e colocámo-nos em vantagem já perto do intervalo (39’). O Nuno Gomes fez uma abertura genial para o Urreta centrar e o Weldon facturou mais uma vez. Na 2ª parte entraram grande parte dos titulares, especialmente do meio-campo para a frente. Não concordei muito com esta opção do Jesus, porque o Flávio Meireles ainda estava em campo, mas felizmente não se lesionou ninguém. Aimar, Saviola e Di María fizeram com que o Benfica controlasse ainda melhor a partida e foi sem surpresa que chegámos ao 2-0 aos 64’ num óptimo passe do Aimar para o Saviola que assistiu muito bem o Ruben Amorim ao segundo poste. Até final da partida, o Cardozo ainda poderia ter marcado em dois remates, mas a notícia é que desta vez o goleador ficou em branco.

Da equipa da 1ª parte, gostei do Coentrão (apesar do falhanço), da movimentação do Nuno Gomes principalmente a abertura para o Urreta no lance do golo e do facto de o Weldon ter marcado mais uma vez. O Carlos Martins esteve menos desequilibrado do que é costume, o que também ajudou na boa exibição da equipa. O elo mais fraco foi claramente o Patric e, com a lesão do Maxi Pereira, temos um problema para resolver na direita. O brasileiro ainda está muito imaturo e precisa de crescer bastante para se tornar uma opção válida. Acho que, por enquanto, colocaria o David Luiz ali e o Luisão e Sidnei no meio. Quanto aos titulares, o Aimar esteve excelente, o Di María menos vistoso que frente ao Portsmouth, mas ainda assim muito bem, e o Saviola não pára quieto. O Cardozo não teve tanta pontaria quanto é habitual, mas é sempre um perigo. Gostei igualmente da segurança do Moreira, inclusive nos cruzamentos (para mim, é o titular indiscutível neste momento). O Shaffer esteve um pouco melhor a defender e nota-se algum crescimento nesse aspecto, o que é muito positivo.

O Sr. Jorge Sousa, como é seu hábito, tudo fez para que o Benfica não saísse vitorioso. Dois penalties por assinalar (guarda-redes sobre o Weldon – que eu tenha visto, o Nilson não toca na bola e provoca a queda do nosso jogador – e braço descarado do Milhazes num remate do Carlos Martins), pelo menos dois foras-de-jogo mal assinalados ao nosso ataque quando os jogadores ficavam isolados, benefício do infractor numa falta sobre o Nuno Gomes quando o Weldon seguia isolado, uma falta inacreditável sobre o Di María não marcada, amarelos incríveis ao Luisão e Carlos Martins (este no lance do penalty, em que magistralmente o Sr. Jorge Sousa transforma um castigo máximo num amarelo para o nosso jogador, tal como fez o Sr. João Lamares ao desgraçado do jogador do Mónaco frente a um certo clube – coincidências...), enfim foi um autêntico compêndio de como se tenta de tudo para condicionar o resultado de uma partida. E foi esta abécula o melhor árbitro do ano... Volto a repetir pela enésima vez: vai ser um campeonato MUITO difícil.

As nossas exibições estão cada vez melhor. Dois jogos, duas vitórias, 6-0 em golos e mais um troféu só fazem merecer uma lotação esgotada no próximo sábado frente ao Milan. A equipa está a fazer a sua parte e depende de nós darmos essa resposta. Seria imperdoável que isso não acontecesse. Da minha parte, interromperei as minhas férias no centro do país, para vir a Lisboa de propósito. O Benfica merece. Sempre.

P.S. - Já que parece que vamos buscar o César Peixoto ao Braga, não querem aproveitar para trazer o João Pereira também? Nesta altura é de certeza uma opção mais imediata que o Patric.

8 comentários:

Pedro disse...

Não há penalty no lance do remate do Carlos Martins. A bola bate no braço mas o jogador tem os braços junto ao peito...

MB disse...

Estamos a jogar muito. A atitude da equipa nos jogos todos é uma atitude à Benfica, a perder ou a ganhar e isso é o mais imporante.

Se reparares, já nem temos aquelas vitórias sacadas a ferros com toda a gente a defender o resultado (mesmo que se esteja jogar com o Trafaria em casa, que era o que acontecia no ano passado).

Apesar de o Maxi ser uma baixa importante, creio que o único jogador insubsituível é o Aimar. A jogar na sua posição é um espectáculo. 6M foi o custou? Uma pechincha.

Concordo com a contratação do João Pereira. Penso que a única razão para ainda não o termos ido buscar é porque caso isso aconteça seria estar a pagar por um jogador dispensado (situação que nunca percebi). Sempre admirei o João Pereira, inclusive penso que seja superior ao Maxi.

As grandes supresas no entanto para mim são o Di Maria e o Fábio Coentrão. Muito mais maduros. Estão a passar de artistas de circo para jogadores de futebol. Confesso que em relação ao Di Maria já estava a perder as esperanças.

A grande questão que se impõe é: será que o cativo dá desconto em vôos da TAP? É que um vôo quinzenal para Lisboa ao fim-de-semana saí um bocado caro!

S.L.B. disse...

Pedro: ele levanta os braços até à altura da cabeça. Para mim, é penalty. Aliás, faz o seguinte exercício: imagina que fosse ao contrário...

MB: agora não há vôos por 15€? :-)

djeiti disse...

Mais uma vez fomos superiores a uma equipa de adeptos mete-nojo que sem dúvida são do pior que há a nível nacional no que diz respeito a violência e complexo de inferioridade e anti-SLB. Se há jogo que me deixa muito nervoso mesmo (mais do que o normal) é a ida ao Afonso Henriques (onde até já perdemos a vida de um jogador) jogar contra os vitós e a recepção na Luz às osgas ranhosas rastejantes e arrogantes.
Vencemos os 2 jogos e erguemos mais um troféu de torneio de pré-temporada futebolística!
Demonstrámos evolução e consistência. Apresentámos boas alternativas e opções válidas. Marcámos 6 golos e não sofremos nenhum!
E cada vez mais se nota a proximidade da equipa com os adeptos!!!
Mais uma vez foi de saudar o agradecimento que os jogadores e equipa técnica foram prestar aos adeptos que marcaram presença no estádio, ao ir junto à linha de fundo exibir o troféu conquistado e fazer a vénia de cumprimento aos adeptos do Glorioso!
É disto que o meu povo gosta!!!

MB disse...

S.L.B.
Só há uma companhia que faz esse tipo de preços: é a Ryanair. E infelizmente esta não faz viagens para Lisboa.

Num fim-de-semana, mesmo comprando com antecedência sai a uns 100€ ida e volta (o minimo dos minimos é 70€).

Vou ter de me desenrascar com a internet e só pontualmente ir ao estádio, como por exemplo na última jornada, para celebrar o campeonato!

abraço
p.s. obrigado pelos e-mails. Boas férias!

Rui Branco disse...

Valeu a exibição para não chamar uns determinados nomes merecidas ao arbitro!

S.L.B por Seia?? :-)

Sérgio_alj disse...

Pré-época do Benfica!

http://visaodemercado.blogspot.com/2009/08/pre-epoca-do-sl-benfica.html

Pedro disse...

S.L.B.: se fosse ao contrário o gajo marcava, não tenho dúvidas. Mas isso é outra discussão.