origem

domingo, julho 19, 2009

Revelador

Vencemos o CRAC B, perdão, Olhanense (2-1) e conquistámos pela 3ª vez o Torneio do Guadiana. Foi provavelmente o jogo mais difícil que tivemos até agora na pré-época e uma partida bastante esclarecedora para os jogadores do Benfica (recentes e antigos) verem o que nos espera durante as 30 jornadas da Liga.

À semelhança do jogo contra o Athletic Bilbao, a nossa 1ª parte foi fraquinha. O CRAC B, perdão, Olhanense mostrou-se muito aguerrido e criou-nos muitas dificuldades. Mesmo assim tivemos uma ocasião soberana para marcar, mas o Cardozo resolveu fazer história: atirou muito denunciado (diria que com laivos de displicência...) e falhou pela 1ª vez um penalty desde que está no Benfica. Espero que seja o 1º e último! Convém também dizer que o salto que o guarda-redes deu fez com que quase saísse aos pés do paraguaio, mas o Sr. Nuno Almeida deve ter momentaneamente confundido o CRAC B com o CRAC e, a bem dos seus joelhos, não mandou repetir. Este lance do penalty motivou grandes protestos do CRAC B, perdão, Olhanense, mas o que é certo é foi o Aimar a tocar na bola e não o adversário num carrinho. O argentino ao sentir o contacto deixou-se cair, mas já vi penalties marcados por muito menos e ninguém protestar. Pouco depois, o Di María quis armar-se em Maradona, mas marcar golos com a ajuda da mão não é para todos.

Na 2ª parte, melhorámos bastante, mas aos 62’ foi o Olhanense a abrir o marcador num penalty, este sim, inacreditável. Na sequência de um canto, o Roderick salta à bola, rodopia 180º, a bola bate-lhe na mão e o Sr. Nuno Almeida, muito diligentemente, assinala grande penalidade, não fosse o Jorge Costa ter um AVC. Bola na mão na área de um jogador do Benfica é sempre falta (não é preciso lembrar isto, pois não...?). Um dos cinco(!) jogadores cedido pelo CRAC ao CRAC B, perdão, Olhanense fez o 0-1. Não poderíamos ter reagido melhor e logo no minuto a seguir o Cardozo provou porque é que o Quique estava profundamente errado. O Aimar meteu a bola na área, um adversário toca nela e o paraguaio à meia-volta e de primeira marca um golão! Ele, que estava longe de fazer um jogo brilhante, mostrou mais uma vez porque é que a sua presença em campo é imprescindível. A partir daqui, só nós é que quisemos ganhar a partida antes dos penalties, o que conseguimos já nos descontos, quando o Fábio Coentrão encarnou o Chalana na marcação de um canto e o Miguel Vítor o Humberto Coelho. Grande golo de cabeça no meio de dois(!) adversários a dar-nos a vitória no torneio.

Individualmente, não houve ninguém que se tivesse salientado muito, mas gostei novamente do Coentrão (que substituiu um apagado Di María) e do Saviola (apesar de ter ficado em branco, foi essencial no transporte da bola para o ataque). O Moreira continua a ser o único guarda-redes do plantel a não ter sofrido golos e tem duas vantagens em relação aos outros: não tem uma relação tão próxima com um aviário sendo portanto bastante mais consistente que o Moretto e sai muito melhor da baliza do que o Quim. Nos cruzamentos são os três muito iguais, embora o Moreira agarre muito mais vezes a bola que o Quim e a largue muito menos que o Moretto. Para mim, seria ele o titular. O Shaffer confirmou que é melhor a atacar do que a defender, o Yebda revela algumas dificuldades naquela posição, especialmente no timing de libertar-se da bola e o Aimar parece um pouco cansado. Os dois centrais da formação mostram que provavelmente no futuro não temos mais que ir buscar Edcarlos, André Luizes e afins. Notícia foi igualmente o Carlos Martins ter acertado mais que um passe e até nem ter entrado mal na partida.

E pronto, bastaram quatro jogos para o Jesus igualar o Quique nas reviravoltas do marcador a nosso favor. Mas não nos iludamos, esta época vai ser MUITO difícil. Bastou ver o critério disciplinar do Sr. Nuno Almeida: 4-1 em cartões amarelos para nós, apesar de o Cardozo e Aimar terem chocado com as cabeças nos cotovelos e antebraços dos adversários. Teremos, de facto, de ser muito superiores aos outros para conseguir ganhar jogos contra 14.

P.S. – E depois, há outra coisa: vejam o resumo para ver como é que se transforma um penalty inacreditável numa falta atacante(!), com cartão amarelo, no jogo do CRAC frente ao Mónaco, que serviu de apresentação aos sócios. Ainda estava 0-0, mas depois não se pode falar porque no final ficou 3-0, não é? É um lance que não deslustra as defesas com a mão fora da área do Vítor Baía, os golos com a mão do Stéphane Paille ou as agressões não sancionadas do... bem o post já vai longo e a lista de jogadores seria infindável. Fixemos este nome: João Lamares. Para o ano estará certamente na 1ª categoria.


Adenda: Consegui as imagens. Apreciem...

video

10 comentários:

dezazucr disse...

De realçar o facto de em 4 jogos os miúdos (MVitor e Roderick) terem jogado a totalidade dos 360m. E por 2 vezes terem tentado deitar a confiança do miúdo Roderick abaixo assinalando penálti inexistentes. A lesão dos outros tem servido pelo menos para mostrar ao JJesus e principalmente ao Rui Costa que existem portugueses com qualidade e mesmo dentro de casa.
Já havia comentado, muito bom o facto de nos ter calhado o olhanense na final, proporcionou-nos um bom teste para o campeonato, com uma equipa carregada de emprestados portistas e treinada por um treinador portista (a azia ao pontapear a bola diz tudo), bem rijinho por sinal. Assim deu para os jogadores verem as dificuldades que os esperam. Até o penálti acho benéfico. Pré-épocas macias com árbitros bons e sem erros não espelham a realidade do que vamos encontrar pela frente em ano de penta. Os jogadores têm que pôr na cabeça que vamos apanhar muitos olhanenses no campeonato.
Ah... o Quique apenas fez uma reviravolta, curiosamente contra este olhanense, a perder 1-0 ganhamos 1-4.
Eu que até estava a gostar do Di Maria desta pré-época agora fiquei confundido com o Coentrão.
Continuamos a precisar gritantemente de mais um avançado. Quando o Cardozo e o Saviola se lesionarem, como vai ser?
Yebda, por muito que tentem deitar o rapaz abaixo está a ser treinado pelo Jesus para aquele posto e julgo que conseguirá fazer o lugar bem quando estiver mais habituado. O Carlos Martins toma quase sempre a pior opção, passa muito tempo com a bola nos pés e quer estupidamente marcar os livres todos. Espero que o Jesus lhe mostre os vídeos com as más opções que toma.

Destaque para o Moreira. A minha crítica mais habitual a ele tem a ver com o facto de ficar sempre preso na linha de golo, à espera, passivo. 2 ou 3 grandes saídas decididas aos pés dos avançados, foi muito bom. Pode ser que eu mude de opinião.

Os laterais são a pior preocupação dos benfiquistas. É onde os adversários criam mais perigo :(

Miguel Domingues disse...

Tudo isto é muito giro, mas onde está a direcção e o treinador do Benfica para denunciarem e protestarem contra estas situações, desde já, para que os restantes percebe também como vai ser a época?

Já o ano passado foi a mesma coisa, a cada roubo que o Benfica sofria correspondia um silêncio sepulcral dos responsáveis. Têm medo do quê? De terem o mesmo tratamento que foi dado ao vereador Ricardo Bexiga?

Fizéssemos nós o mesmo barulho que o treinador dos paulinhos e ninguém nos tocava.

Enfim...

guitar disse...

Ao fim de 4 jogos, o nosso jogo mais difícil e talvez o pior, embora semelhante ao do Bilbao. As principais diferenças nestes jogos (que valem apenas o que valem) são, na minha opinião, o posicionamento e a atitude da equipa.
Mais agressivos, com maior espírito de conquista e de luta contra as dificuldades. Especialmente muito mais subida no terreno. Agora vemos muitas vezes 4 e 5 jogadores nas imediações da área adversária. Nos últimos anos era o deserto. O desgraçado do Cardoso, ou outro que fosse, no meio de 5 ou 6. Podiam lá pôr o Ibrahimovic que não marcava golo nenhum... Isto tem que ser filosofia do treinador.
O problema vai ser como iremos reagir á pressão, aos maus resultados, à arbitragem e ao vedetismo que havia no plantel.
Dizer também que o Olhanense jogou muito bem, tem 5 ou 6 jogadores dos FCP e os 3 da frente correm e chateiam que se fartam. Felizmente marcam pouco, por enquanto. Vas vão ser chatos para burro...
As primeiras indicações mostram um Di Maria melhor, um Aimar no sítio certo, um miúdo prometedor a central, um sistema de jogo mais adequado ao que é a cultura do clube. Continuamos com algum problema no guarda-redes, na posição 6 e nalgumas opções (quem é alternativa ao Aimar nas muitas vezes que estiver em baixo fisicamente ou quem é alternativa ao Cardoso).
Deste jogo, concretamente, achei a equipa manietada por uma equipa rasgadinha. Revelou também pouca criatividade. Não compreendo como o Cardoso marcou o penalty. Em força nunca dá hipóteses, assim foi ridículo. Mas depois redimiu-se com um golo fantástico, à ponta de lança de eleição.
Saviola é importante na manobra de ataque, mas tanto ele como o Aimar e o Di Maria estiveram sobre o fraco. O Maria Amélia não está em condições de ser alternativa. Pode ser que melhore um pouco, mas para já...
O Ruben Amorim não rendeu o suficiente. Embora falhando imenso, o Carlos Martins (de que eu não gosto particularmente) tornou o jogo muito mais fluido e rápido. O Yebda foi simplesmente horrível. Falta de posicionamento, passes falhados uns atras dos outros e sempre a agarrar o adversário.
Tenho gostado imenso do Fábio Coentrão. Ontem voltou a entrar muito bem e cheio de dinâmica e vontade de mostrar trabalho. Assim aquela cabeça tola possa funcionar.
Surpreendente o Roderick. Um central estilo Mozer, com 18 anos e uma personalidade fantástica. Os erros (pequenos) são normais. Do Miguel Vítor já estava tudo dito do ano passado. Provavelmente deve ser titular, mas é pelo menos alternativa de confiança.
Reforços da lateral. Shaffer deficiente a defender e razoável a apoiar o ataque. De qualquer modo, melhor que no ano passado onde tinhamos um atrasado mental (o 25) ou um adaptado. Patric pareceu-me limitado. Defende mal (levou um banho do Zequinha), ataca pouco, está a léguas do Maxi, que não é propriamente um lateral clássico, de raíz. Pode ser que evolua.
Termino com os redes. O Moreira parece-me o melhor, neste momento. Mais confiante, passando a bola à mão, mais elástico. O Moretto com a mesma irregularidade de sempre (um excelente jogo com o Shaktar, um sofrível com o Bilbao) não inspira confiança. O Quim está como dantes. O frango com o Sion é ridículo, igual ao do Setúbal da época passada, que lhe custou a titularidade. Mas mostra insegurança e o mesmo trauma a saír da baliza.
Também faltam alternativas para a frente, já que o Mantorras e a Amélia pouco irão contar.
Portanto estou animado com o que vi, mas falta um 6 (talvez o Amorim possa fazer o lugar), uma alternativa para o 10 e alternativas para o ataque.
Vamos ver na 3ª feira com o Atlético, como vai responder a equipa. São muitos jogos em cima uns dos outros.

Benfiquista disse...

peço desculpa pela correcção, mas é normal o engano, eles ja sao tantos. acho que não sao 5 do CRAC no algarve, ja são 7. Vamos ver se apanham todos a gripe A na vespera do jogo, o zequinha apanha e espirra para cima dos outros para ninguem jogar

Gloriosasfera.com disse...

A Gloriosasfera saúda todos os Benfiquistas no princípio de uma época que desejamos seja Gloriosa.

Glorioso, Dedicado, Apaixonado, Orgulhoso
EU SOU BENFICA
www.gloriosasfera.com

S.L.B. disse...

Dezazucr: fizemos duas reviravoltas no marcador com o Quique. Para além dessa frente ao Olhanense para a Taça da Liga, também houve a frente ao Belenenses na última jornada.

Anónimo disse...

Antonio Lamares eh filho do arbitro MARTINS DOS SANTOS.

JA PERCEBEM AGORA????

IVO

Rui Ferreira disse...

Olá caro amigo! Já fazia tempo que não lhe dedicava uma visita (outros afazeres ;) ) e digo-lhe já a razão desta, além da saudade é claro!

Ficando boquiaberto com o resumo do jogo de apresentação do CRAC e com um lance em que ouvi um apito e pensei que seria para assinalar a claríssima grande penalidade mas não!!!!

Fiquei a pensar (já que comentários ou repetições não houve nessa, nem nas restantes imagens que fui vendo incrédulo!) que o sr. arbrito teria apitado para intervalo para disfarçar!!

Vim então aqui para ver se era só eu a ter visto aquilo. Como é óbvio, e sempre atento!, também não lhe escapou. Mas deu amarelo ao jogador do Mónaco?!?! A sério?!?! Eh eh isto só dá mesmo para divertir!!

Enfim... Espero que esteja tudo em ordem consigo e com os seus!

Até uma próxima.

S.L.B. disse...

Caro Rui,

Podes confirmar o amarelo aqui. E, já agora, repara na descrição do lance. Grande "jornalismo"...

Calabotices disse...

O Benfica treina na pre-epoca o futebol; os Andrades treinam logo os árbitros ...