origem

domingo, agosto 09, 2009

Pleno

Vencemos o Milan nos penalties (5-4) depois de 1-1 nos 90’ e ganhámos todos os troféus de pré-temporada. Quatro já estão, agora só faltam os outros quatro :-) Esta Eusébio Cup era especialmente importante conquistar, não só pelo seu simbolismo, como por ser o último jogo antes do início oficial de temporada.

Vale sempre a pena interromper as férias para vir a Lisboa de propósito para ver o Glorioso e mais ainda agora que estamos a jogar bastante bem. Foi uma exibição na senda das que temos realizado ultimamente, com a diferença que estávamos a defrontar o Milan. Independentemente de parecer mais fraco que nos últimos anos, é sempre uma equipa temível e muito organizada. Entrámos muitíssimo bem na partida e fizemos uns primeiros dez minutos absolutamente avassaladores. Depois, os italianos trancaram a porta e tivemos mais dificuldade em criar perigo, mas mesmo assim continuámos a demonstrar uma boa dinâmica. O 0-0 ao intervalo era um resultado injusto para nós.

Na 2ª parte, marcámos aos 58’ numa cabeçada do Cardozo depois de um magnífico centro do Shaffer. Com as inevitáveis substituições, fomos perdendo gás e, num lance de infelicidade do Sidnei (com a bola a embater ainda na cabeça do Quim), o Milan empatou aos 87’. Típico de italiano estar a jogar muito pouco e conseguir marcar nos últimos minutos (e de lagarto também, já agora...). Felizmente, depois de três falhanços nossos e quatro defesas do Quim, conseguimos conquistar o troféu nos penalties.

Gostei muito do Luisão e Sidnei, dos pormenores do Aimar especialmente na 1ª parte, da raça do David Luiz (que tem, todavia, de acalmar certos ímpetos maradonísticos), do rigor táctico do Javi García, do Shaffer na 2ª parte (desde o Schwartz que não tínhamos um defesa-esquerdo que centrasse tão bem) e da entrada do Weldon (apesar do penalty falhado). O Cardozo esteve infeliz na 1ª parte, mas estava lá no sítio para marcar o golito do costume. Temos um problema na lateral-direita, já que o Ruben Amorim releva ainda acções de médio e não de defesa, fazendo algumas faltas desnecessárias (o que é completamente normal) que dão origem a bolas na área e, depois da 2ª parte que fez hoje, o Shaffer é para jogar (na maior parte dos jogos temos que atacar e nisso ele é muito bom). O Saviola, apesar de estar em branco há alguns jogos, é um jogador extraordinário e muito pouco egoísta para ponta-de-lança. Com a titularidade neste jogo e os quatro penalties defendidos, o Quim deve ser o guarda-redes que irá iniciar a época. Não estou de acordo com esta opção. Mesmo com os penalties defendidos, acho que o Moreira está de longe em melhor forma e tem a grande vantagem de sair melhor da baliza, o que é essencial no esquema táctico que utilizamos.

No próximo Domingo, é a sério contra o Marítimo. Espero que as boas exibições se mantenham e que o público volte a esgotar o estádio. A equipa merece todo o apoio possível e temos que estar alerta perante a roubalheira que vão ser as primeiras jornadas (querem uma aposta?). Há futebol na Luz!

6 comentários:

Rui Branco disse...

Posto isto só posso dizer: Nunca mais é Domingo!

P.S.:

S.L.B.: E a resposta ao convite? (ver mail) :-)

S.L.B. disse...

Já te respondi! :-) Abraço.

luis pepe disse...

Acho que é a primeira vez que passo por aqui mas não será a última.

Se é verdade que em todas as pré-épocas sentimos uma esperança renovada não é menos verdade que este ano essa esperança alicerça-se um factos concretos e não apenas na paixão clubística.

Há coisas a melhorar? Pois claro que há. Mas isso é como em tudo na vida, passe o cliché.

Agora, a partir de Domingo, é a sério e a doer. E já se sabe que vamos ter de jogar o dobro, ou mais, para alcançarmos os objectivos.

Mas aí estaremos nós, sócios e demais simpatizantes, para apoiar no que der e vier... mas para isso será preciso fazermos ouvidos mocos ao que os jornaleiros irão muitas vezes avençar com o intuito único de minar o glorioso...

Anónimo disse...

Há quem diga que defender penalties resulta mais de demérito do marcador do que mérito do gr. Eu estou entre esses. Não basta defender penalties para se ser o eleito da baliza do Glorioso (se assim fosse, tínhamos de ter em consideração o Moreto, pois também defendeu um penalty do Ronaldinho Gaúcho (alguém sabe o porquê do piscar de olho do RGaúcho ontem?).
A camisola nº 1 do Benfica já tem dono: é do nº 1, o Moreira.
tarirari

Anónimo disse...

Sou adepto do Belenenses mas acho que este ano é mesmo o ano do Benfica... boa sorte, principalmente ao Ruben, ao JC e ao Weldon

The Champ™ disse...

Isto não está a correr muito bem... mas vamos ver, se passo mais por aqui