origem

domingo, agosto 19, 2007

Expectável

1) O nosso empate (1-1) frente ao Leixões era mais que esperado face ao nosso paupérrimo início de época. E é um resultado justo, porque o Quim teve mais intervenções difíceis que o guarda-redes contrário, apesar de nós termos dominado grande parte da partida;

2) É inadmissível que se sofra um golo aos 93’ depois de se ter marcado um aos 90’! Mais inadmissível ainda é o facto de ter sido a segunda(!) oportunidade do Leixões depois do nosso golo e dos lances serem exactamente iguais: um adversário foge pela esquerda e chega à área com toda a facilidade;


3) O Bergessio não pode não acertar com a baliza quando está isolado frente ao guarda-redes a sete minutos do fim do jogo. Atire ao poste, à barra ou contra o guarda-redes, mas um pontapé de rugby naquela altura não dá para entender. E depois é o Nuno Gomes que falha golos incríveis...;

4) Como é possível o Sr. Fernando Santos ter demorado 70’(!) a perceber que o Luís Filipe estava a mais em campo? A questão de quem deve ser o defesa-direito deve ter ficado resolvida;

5) Os centrais (Katsouranis e David Luiz) foram de longe os melhores jogadores da equipa. Todos os outros estiveram fracos. O Léo e o Petit (apesar do golo) não estão em forma. O Rui Costa não pode ser sempre o salvador da pátria (mas fez o nosso melhor remate). O Nuno Assis passa a vida a jogar para o lado e para trás, mas melhorou quando foi para a direita. O Nuno Gomes está sem ritmo e o Cardozo só foi servido uma única vez(!) em condições. O Bergessio e o Fábio Coentrão não entraram nada bem na partida;

6) As declarações do Nuno Gomes à Sport TV no final da partida são paradigmáticas. O plantel não tem tido tranquilidade. As entradas e saídas sucedem-se (ao contrário do que foi prometido). É preciso URGENTEMENTE alguém que tome conta do futebol, para substituir o José Veiga. O presidente NÃO É a pessoa indicada para isso. O balneário deixou de estar blindado;

7) Estarei eternamente grato ao Luís Filipe Vieira pelo que fez pelo Benfica, mas o grande culpado deste mau início de época é ele. Para já, não deveria ter mantido o treinador. A preparação foi ridícula. Fizemos quatro(!) jogos de preparação antes do primeiro jogo oficial. O plantel, a trabalhar há um mês e meio(!), está longe de estar estabilizado (para que é que vieram o Stretenovic e o Andrés Diaz?). As questões do Simão e do Manuel Fernandes foram muito mal geridas;

8) O Sr. Fernando Santos deveria ter pedido a demissão no final da época passada. Se tivesse o mínimo de personalidade, teria pedido a demissão depois do que lhe fizeram com o Simão e, principalmente, com o Manuel Fernandes (havia de ser o Camacho...). Calou-se, ficou, mas o pior de tudo é que não se vislumbra o mínimo de evolução na equipa. Continuamos lentos ou parados, tal como no início. Faz-se uma ou duas jogadas de jeito durante 90'. Ao menos, espero que tenha a hombridade de pedir a demissão se não conseguirmos a qualificação para a Champions (mas duvido...);

9) Que eu saiba, carga de ombro não é o mesmo que cotovelada e empurrão no pescoço. Ficou um penalty por marcar sobre o Nuno Assis. De resto, não acho que o Sr. Jorge Sousa tenha estado mal, mas é um erro que acaba por ter influência no resultado;


10) Até nem desgosto da camisola rosa, mas é o terceiro jogo com ela e nem uma vitória para amostra...

3 comentários:

Pedro disse...

1- O q mais me incomoda é estar a ganhar aos 89 minutos por 0-1 e sentir q a vitória não está, nem por sombras, garantida...

2- Uma falha que não é nova e, aposto, não será a última...

3- Não pode falhar mesmo. Por mim já está OUT. Um jogador q se precisa de mostrar não pode falhar aquil. Simplesmente não pode.

4- Como é possível sequer o Luis Filipe ser médio direito e Nélson defesa direito??? E pior q isso..como é possivel chegarmos aos 89 minutos empatados a zero e o Santos com uma substituição por fazer...

5- Até nem estivemos mal defensivamente mas, como costume, basta um erro para sofrermos golo...Katsoranis sem fulgor fisico rende muito mais a central. Uma situação a rever...

6- Não se vê fim à vista nestas merdas no SLB ... Digam o q disserem foi só com Veiga q isto teve algum controle...

7- O problema do SLB é esse mesmo..achar q LFV fez um bom trabalho...enquanto assim for, enquanto o "demo" ainda servir para desculpar muita coisa não sairemos da cepa torta...

8- Se fosse homem cegava a Lisboa e demitia-se, se tivesse brio profissional tinha saído ates da época começar. Por menos demitiu.se Camacho do seu clube do coração...

9- Os alternativos não nos dão sorte...

hla disse...

Em 90 minutos, não fizémos uma única jogada com princípio, meio e fim. As 2 ou 3 jogadas de relativo perigo que surgiram foram totalmente furtuitas. Os jogadores não sabem o que fazer, com e sem bola nos pés.

O Bergessio realmente falhou e não o pode fazer, mas não crucifiquemos o homem por isso. Daqui a uns tempos faz-se um balanço, até lá dê-se-lhe o benefício da dúvida.

Não acredito que o Fernando Santos alguma vez tenha preferido o Luís Filipe ao Nélson. Acho que só não pôs o Nélson para a Champions para não hipotecar uma futura transferência para um clube que jogue na UEFA.
O Nuno Gomes já cá anda há muitos anos, e já devia saber que falar aos jornalistas pode ser perigoso, principalmente quando se diz coisas vagas, ambíguas, e que podem por isso ser facilmente alvo de diferentes interpretações. A tranquilidade no balneário de que ele falou também se consegue ao não fazer declarações destas em público.

O Fernando Santos já mostrou que não consegue fazer melhor. Esta é uma história cujo fim já toda a gente sabe qual vai ser, só não se sabe quanto tempo mais vai durar.

Também estarei eternamente grato ao LVF: trouxe seriedade e profissionalismo ao clube, e soube transformar o Benfica numa marca rentável. Só a nível desportivo é que as coisas não têm corrido como se quer, e digo SÓ porque o Benfica é muito mais que o futebol.

Pensar que o problema do SLB é achar que o LFV fez um bom trabalho é ingrato. Ele fez e faz um bom trabalho! Não é perfeito, não é um super-homem, tem pontos fortes e fracos, mas a realidade é que o saldo da sua contribuição continua largamente positivo. O maior erro foi mesmo o Fernando Santos, mas todos sabemos que basta sermos campeões para já todos dizermos "Uffa, ainda bem que ele manteve o FS contra tudo e todos, para bem da estabilidade, etc". O Trappatoni viu lenços brancos durante a época, e no fim saiu como um herói!! (eu sei, eu sei, a esperança é a última a morrer...)

Anónimo disse...

Já estou a ver outro ano sem ganharmos nada, acho que temos um plantel razoável, mas este treinador é um máquina de destruição.
Este treinador não consegue nem guardar gado, quanto mais treinar o SLB.