origem

quinta-feira, outubro 13, 2005

Portugal – 3 – Letónia – 0

Exibição muito melhor da nossa selecção em relação ao jogo contra o Liechtenstein (pior também era difícil). O Pauleta lá bateu o recorde do Eusébio com dois bons golos e o Deco (apesar dos exageros dos comentadores cada vez que ele toca na bola) mostrou que é um elemento imprescindível na construção atacante do nosso jogo. O Quim fez duas excelentes defesas e mesmo não sendo um expert em cruzamentos (longe disso) esteve muito mais seguro do que o Ricardo. Os espectadores do estádio do clube regional é que estiveram iguais a si próprios: segundo o Público, assobiaram o Ricardo e o Simão (mesmo não jogando...), o Nuno Gomes por tentar marcar golos e o Figo (!) quando perdeu uma bola na linha lateral. Se ainda percebo a predisposição para assobiar os três primeiros (eu contive-me imenso para não assobiar o Costinha e o Maniche durante o Euro...), em relação ao Figo é perfeitamente inexplicável. Provavelmente, é o que dá serem adeptos muito exigentes que não estão habituados a ver um jogador tão vulgar como o Figo...

6 comentários:

tma disse...

Só vi a segunda parte, mas há a destacar que a Letónia, sendo claramente inferior a Portugal, é também, bastante superior ao Liechtenstein e estiveram no Euro, onde empataram com a Alemanha. E sabem o que estão a fazer (embora lhes falte, precisamente, conseguir com que as coisas lhes corram como pretendem, o que é o que realmente distingue as grandes equipas das medianas). Por isso, e apesar do clima de descompressão em que o jogo foi disputado (e de a Letónia ser inferior a Portugal), o resultado e a exibição foram positivos.
De resto, o Figo pode já não ter a força de outros tempos, mas a sua liderança parece-me fundamental para a equipa. Mesmo não jogando sempre bem, é uma referência no campo, e isso é algo que, sobretudo nos grandes jogos, tem um grande valor, pela confiança que transmite à equipa.
O Deco é realmente o elemento chave da equipa. Sem ele as coisas não funcionam tão bem, até pq neste momento não há, para além dele, nenhum jogador português com as mesmas características, que ainda para mais, se necessário, colabora nas tarefas defensivas.
Os falhanços do Nuno Gomes são algo inexplicáveis, mas espero que isso signifique que ele tenha estado a poupar os golos para o jogo que ele vai disputar no mesmo estádio, no próximo sábado!
Sobre o "record" do Eusébio, que foi batido pelo Pauleta, já se sabia que algum dia tinha de acontecer. Só espero que no mundial o Pauleta esteja em boa forma e que justifique o estatuto recordista de golos pela selecção.
Por fim, o Quim revelou mais uma vez a sua principal qualidade: é o guarda-redes mais português mais regular. Os defeitos dele são conhecidos (nunca agarra as bolas altas, socando-as sempre), mas raramente (aliás, não me lembro de isso acontecer) comete erros que não relacionados com este seu defeito. Ao contrário do Moreira, p.ex, que de vez em quando lá dá a sua "frangadazita". E note-se que o Quim também apresenta a mesma regularidade independentemente de ser habitual titular ou de passar mais jogos no banco.

Apre disse...

Ficou provado pela eliminação da Grécia que perdemos o Euro com o aval do Scolari ao por um frango na baliza. No Mundial não temos ninguem da Europa melhor que nós!

Parabéns ao Pauleta

Novo Moreira disse...

Foi uma boa exibição, de uma equipa equilibrada, que nem teve de forçar para vencer naturalmente. Deco faz a diferença na fluência do nossa futebol, Quim provou que merece ser chamado ao Mundial e Nuno Gomes fez o que lhe competia... iludir os portistas e poupar golos para Sábado. Agora vamos ver que sorte temos no Mundial. Fico à espera do sorteio.
Abraço [[]]

Andas desaparecido SLB... nunca mais te vi lá pelo blog...aparece!! amigos são sempre bem vindos!

S.L.B. disse...

TMA: nos últimos tempos o Moreira tem tido umas intervenções infelizes que curiosamente nunca tinha visto antes da vinda do Quim. Não sei se será por sentir a concorrência permanente. Felizmente até agora, essas intervenções não resultaram em golos do adversário.

Apre: a Grécia conseguiu algo durante o Euro que provavelmente nunca mais vai conseguir. Mas concordo contigo que o Ricardo tem bastantes culpas no golo da final.

Novo Moreira: o mesmo posso eu dizer de ti! :-) Todavia, o facto de não ter intervido ultimamente no teu blog não quer dizer de modo algum que não seja uma visita diária. Abraço

tma disse...

É verdade SLB, parece que o Moreira regrediu um pouco nas questão dos cruzamentos. Já teve saídas que fazem lembrar aquele golo que o Deco marcou há 2 anos atrás, na marcação de um livre junto à linha lateral.

Já agora, é óbvio que o Ricardo teve culpas no golo da Grécia (ficou "pregado" entre os postes, mas também pergunto o que estavam a fazer o Jorge Andrade ou o Ricardo Carvalho, já que eles é que eram os defesas centrais e deviam estar a marcar o Charisteas (e não o Costinha, manifestamente mais baixo que o Charisteas).

tma disse...

BENFIIIIIIIIIIIIIIIIICA!!!!!!!!