origem

segunda-feira, agosto 02, 2010

Soma e segue

Uns magníficos 60’ garantiram-nos mais uma goleada (4-1) perante o Aston Villa, 6º classificado do último campeonato inglês. Conquistámos assim pela 4ª vez o Torneio do Guadiana.

Tal como disse o Jorge Jesus no final, foi a melhor exibição do Benfica na pré-época. Futebol bastante dinâmico desde o início, óptimas movimentações e objectividade na procura da baliza reduziram o Aston Villa a uma equipa vulgar. Alinhámos com três avançados (Cardozo, Saviola e Jara) na tal variante do 4-4-2 do ano passado, mas que o Jesus não quer baptizar... :-) Marcámos três golos na 1ª parte (David Luiz, Saviola e o inevitável Cardozo) e outro logo no início da 2ª (bis do Saviola) que nos garantiram um jogo descansado, em que o maior ponto de interesse era ver quantos mais golos seríamos capazes de marcar. Com as substituições do Aimar, Saviola e Cardozo e o resultado feito, a equipa baixou naturalmente de rendimento e ainda sofremos um golo numa desatenção defensiva que não belisca minimamente a nossa exibição.

Individualmente, há que destacar o Jara. Teve participação directa em três dos quatro golos, raramente dá um lance por perdido, farta-se de pressionar os defesas contrários, é rápido a executar e remata bem. Ou muito me engano, ou temos ali jogador. O Saviola, apesar de um começo de partida menos bom (alguns passes e recepções falhadas), estava no sítio certo quando se tratou de meter a bola lá dentro. E só o poste o impediu de um hat-trick. O Cardozo lá meteu mais um golão na sequência de um livre indirecto, em que o facto de haver dois jogadores a simular (Aimar e Carlos Martins) confundiu os ingleses. E, a propósito de Carlos Martins, é dos jogadores em melhor forma neste início de época. Joga sempre para a frente e está mais objectivo. Quanto ao Coentrão e David Luiz, continuam os mesmos: excelentes!

Mais uma ponte do Guadiana para o nosso museu e agora temos de ganhar a Eusébio Cup no nosso estádio para fazermos o pleno dos troféus de pré-temporada. Mas o mais importante é que conquistemos o primeiro troféu oficial, a Supertaça, daqui a menos de uma semana frente ao CRAC.

1 comentário:

VHugo disse...

Este ano vais participar no CNB?