origem

quinta-feira, setembro 30, 2010

Lixado!

Perdemos 0-2 em casa do Schalke 04 e desperdiçámos uma óptima oportunidade para mantermos a candidatura ao 1º lugar do nosso grupo da Champions. A seguir às derrotas roubadas (tipo Guimarães) é este o tipo de jogo que me custa mais perder. Estou mesmo a palavra do título com “F” maiúsculo! Odeio ser derrotado quando salta a todas as vistas que não só somos inequivocamente melhores que o adversário, como este só vence por causa do nosso demérito. Quer dizer, até poderia ter sido um daqueles jogos em que dominamos os 90’, criamos algumas oportunidades, mas o adversário marca um golo com um remate fabuloso e indefensável. Paciência, teria sido “futebol”. Mas não, não foi nada disso, o que aumenta ainda mais a minha chateação é que os dois golos dos alemães resultaram de falhas infantis e imperdoáveis da nossa parte. Resumindo: deitámos três pontos e 800 mil euros à rua!

Entrámos na partida como eu gosto que o Benfica entre perante adversários que sabe que são inferiores a nós: a assumir o jogo, a atacar e a tentar criar oportunidades. Felizmente, longe vão os tempos desta vergonha. Só que a mesma equipa inicial da Madeira voltou a revelar, em menor grau, é certo, o mesmo desacerto na finalização do passado Sábado. A oportunidade perdida pelo Saviola, outra vez só com o guarda-redes pela frente, é um bom exemplo disso. Os alemães só criavam perigo através de bolas paradas e chegaram a marcar dois golos (bem) anulados por fora-de-jogo. Nós lá assumíamos o jogo, mas desta vez o que mais falhou foi o último passe ou a última recepção. Que é quase tão exasperante como falhar golos de baliza aberta. Perto do intervalo, o Roberto tem uma magnífica defesa depois de uma bola no poste que impediu o Schalke de chegar à imerecida vantagem.

Na 2ª parte, entrou o Salvio para o lugar do Gaitán, mas continuámos a produzir zero pelo flanco direito. A tendência da partida manteve-se: erros na recepção não nos permitiram ficar em boa posição para marcar. Há um lance em que o Saviola estava isolado, mas o Coentrão em fora-de-jogo também correu para a bola e fez anular a jogada, que quase me levou ao desespero. Aos 73’ aconteceu o primeiro erro inacreditável: o César Peixoto (que até estava a jogar bem...) falhou um cabeceamento na área e permitiu ao Farfán fazer o 1-0. E aos 85’ outro erro infantil: o David Luiz escorregou, não fez falta sobre o Raúl e permitiu o contra-ataque deste de que resultou o 2-0. Até final não conseguimos criar mais oportunidades já que nos desconcentrámos completamente, o que pode ter efeitos nefastos na qualificação, já que agora temos que ganhar 3-0 na Luz para ficarmos com vantagem no confronto directo com eles em caso de igualdade pontual. Caso tivéssemos feito o 2-1, bastaria um golito...

Individualmente, o destaque vai inteirinho para o Luisão. Grande jogo, grande personalidade, jogador insubstituível neste Benfica! Seguido de perto pelo Javi García que, quando foi batido a meio-campo num lance de contra-ataque, fez logo falta. Levou amarelo, mas possivelmente evitou um golo. Ouviste, David Luiz?! O Roberto também voltou a fazer uma daquelas defesas que valem pontos e não tem culpa nenhuma nos golos. De negativo há que realçar o César Peixoto e David Luiz (não parece o mesmo jogador do ano passado, que se passa?), como é óbvio, mas também o Gaitán, Salvio, o Maxi Pereira que ainda anda a diesel, e o Saviola que falhou aquilo que não podia falhar. Para estragar ainda mais a noite, o Cardozo lesionou-se, teve que ser substituído e, com um problema no joelho, vamos lá a ver quanto tempo vai ficar de fora.

Esta já passou, está na hora de nos concentramos no importante jogo de Domingo frente ao CRAC B, perdão, Braga e contra igualmente o Duarte Gomes. Não podemos perder mais pontos no campeonato, o Braga também vem de um resultado negativo na Liga dos Campeões e há que aproveitar para ultrapassar este adversário directo na classificação.

5 comentários:

VHugo disse...

Podíamos estar aqui a criticar agora o César Peixoto e o David Luiz... Mas e então aquele falhanço do Saviola ao segundo poste completamente livre de marcação? E o Cardozo novamente a falar golos feitos? e a falta de velocidade no nosso avançado na altura em que se lesionou? Há quem diga que ele é jogador de encostar...se assim é, mais vale ele não jogar nestes jogos!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/09/olhar-em-frente.html

Vermelho Redundante disse...

1- O Benfica perdeu uma das melhores oportunidades de ganhar na Alemanha e, assim, "matar um borrego" que é absurdo, tratando-se de um dos clubes miticos da Europa como é o nosso.
O Schalke é manifestamente inferior e limitou-se a aproveitar erros crassos, dignos de uma equipa de amadores.
Sinceramente, os falhanços que estão na origem dos golos são inadmissíveis a este nível.
2- Não reconheço este Benfica. Aliás, acompanho futebol há quase 40 anos e nunca vi uma equipa, cujo núcleo duro se manteve, mudar tanto em 3/4 meses. O Benfica mandão, pressionante, dominador, que esmagava os adversários deu lugar a uma coisa hibrida que faz que anda mas não anda, que falha golos feitos, que comete erros de principante.
Na Madeira chegou, na Champions é curto, como se viu.
3-Fiquei impressionado com o flash interview de JJ: cabeça baixa, acabrunhado,derrotado, quase em choque com a lesão de Cardozo, como se tivesse perdido Eusébio, Chalana, Maradona ou Messi.
Onde está o treinador vibrante, confiante, vencedor da época passada ?
4-Jogadores: se percebo e aceito o que JJ tem dito relativamente aos mundialistas, não entendo o que se passa com individuos que viram o Mundial na TV: Saviola é uma sombra do brilhante jogador que fez a diferença na época passada, David Luiz acumula asneiras na ânsia de mostrar não sei o quê a quem, Aimar com intermitências inexplicáveis.
5- Chega de insistir num jogador que, objectivamente, não tem categoria para jogar no Benfica. Falo de Peixoto, claro.
Chega de insistir até à exaustão num jogador que, não estando em forma é quase inútil: falo de Cardozo.
Não entendo o que é feito de Weldon, porque não se dão minutos e oportunidades a Nuno Gomes e Jara, insisitindo-se em soluções(?) que vão desgastando um jogador já de si pouco consensual.
6- É cedo demais para balanços, mas parece-me inequívoco que esta época nasceu torta e dificilmente se endireitará.
Erros de planificação, contratações pouco coerentes, coisas por explicar.
Deixo apenas 3 questões:
-Shaffer não tem lugar neste Benfica ?
-alguém consegue entender a dispensa de Urreta,sobretudo quando se adivinhava inevitável a saída de Di Maria ?
- porque não foi dada uma única oportunidade a Makukula, indo-se a correr a Madrid gastar 5 milhões(!) num jovem para o emprestar de seguida a um clube sem expressão ?

Apesar de tudo, nada está perdido.
Porém, estou absolutamente convicto que ou as coisas mudam muito, ou teremos desperdiçado mais uma oportunidade histórica para acabar de vez com o reino das trevas neste miserável futebolzinho português.

Um abraço a todos e viva o Benfica!

Nano_Neutel disse...

Podiamos ter morto o jogo na primeira parte e não o fizemos...o que vale é que ainda faltam 4 jogos, mas não podemos fazer erros destes a nível internacional, pois eles pagam-se muito caro, neste caso custam milhares de euros...

Não sei o que se passou da época passada para a actual, que parece que perdemos algum do espírito de luta e de vitoria que detínhamos, e a equipa não mudou assim tanto ao ponto de ficarmos azelhas (tipo o Verão de 1994, quando veio o Artur Jorge) é certo que não espero que o Benfica ganhe todos os jogos, mas podiamos estar um bocadinho melhores no campeonato, e já agora mais calmos na Champions...

Força SLB, por um futuro melhor!

Anónimo disse...

Telefonei a um amigo sportinguista e dei-lhe os parabéns pelos 5-0. Disse-lhe que finalmente tinha uma grande alegria dada pelo SCP. Respondeu-me que este ano não precisa do SCP para ter grandes alegrias. Basta o Benfica.

Anónimo disse...

esta derrota nao vai comprometer o benfica nos oitavos de final mas talvez comprometa o 1º lugar.

http://santos-sempre-benfica.blogspot.com/