origem

domingo, julho 12, 2009

Fome de bola

Empatámos 2-2 frente ao Sion no 1º jogo de pré-época. Confesso que já estava com saudades de bola, já que no ano passado, com o Europeu, as férias clubísticas demoraram menos a passar. Até à 1ª partida oficial teremos mais nove particulares, numa das pré-temporadas com mais jogos de que me lembro. Se as coisas correrem bem (como todos esperamos), será muito bom porque teoricamente estaremos com mais rodagem, mas se os resultados não forem muito famosos, a pressão sobre a equipa irá ser maior. Vamos ver o que eles nos reservarão.

Gostei especialmente da 1ª parte do encontro de hoje. Marcámos dois golos (Cardozo e Saviola, de penalty) e tivemos dois ou três lances com boas combinações atacantes. Principalmente uma tabela entre Aimar, Saviola, Cardozo e Carlos Martins que foi pena não ter dado em golo. Uma boa insistência do Di María e uma óptima concretização do Cardozo resultaram no 1º tento e o 2º veio na sequência de um penalty sobre o Aimar. Espero que o facto de ter sido o Saviola a marcá-lo tenha sido para lhe dar moral, porque o Cardozo é que deve ser o marcador oficial. De realçar as saídas em contra-ataque iniciadas no guarda-redes (Moreira), algo que raramente fizemos no ano passado.

Na 2ª parte, com as substituições, a nossa intensidade baixou e dois inacreditáveis erros (Yebda e grande frango do Quim) fizeram com que o resultado fosse um empate. Mesmo assim poderíamos ter marcado um 3º golo, mas o Di María e o Nuno Gomes falharam duas bolas relativamente fáceis.
Individualmente destaco o tridente ofensivo (Aimar, Cardozo e Saviola), cujas movimentações prometem, e o Di María. Mas gostei principalmente do Roderick Miranda, ainda com idade de júnior. Grande personalidade, simplicidade de processos, tudo o que se pede a um defesa-central.

Amanhã teremos um teste mais difícil perante o Shakhtar Donestk e veremos qual vai ser a resposta da equipa, principalmente em termos físicos.

P.S. – Um pouco atrasado, mas não podia deixar de dar os parabéns a toda a equipa de Futsal pela conquista do tricampeonato. Um exemplo de raça, querer e ambição a seguir.


P.P.S. - Sobre o processo eleitoral e tudo o que o rodeou, a minha opinião aqui, aqui, aqui e aqui.

5 comentários:

dezazucr disse...

boa primeira parte. nem parecia jogo de pré-época. na 2ª, aí sim, aquele ritmo era pré-época. quim mal nos 2 golos. Precisamos de um GK que nos dê campeonatos.

Anónimo disse...

não gostei, empatámos...

Rui Branco disse...

Vamos ver se a 1ª parte no mínimo se mantém ao longo da época, a 2ª parte deu-me o sono e ainda acho que me deixei dormir!

MikeSLB4Ever disse...

Temos um, chama-se Moreira e até já foi Campeão Nacional...

tarirari disse...

Não devemos ter medo dos nomes.
O 2º golo do Sion foi perú em qualquer parte do mundo. Todos de acordo.
O 1º começou por ser uma péssima reposição de bola para a frente, para o Yebda que tinha um adversário a 2 metros. Errado.
CHEGOU A VEZ DO MOREIRA SER TITULAR DA NOSSA BALIZA.