origem

segunda-feira, julho 28, 2008

Edcarlos

Perdemos com os lagartos (0-2) na 2ª derrota consecutiva no torneio do Guadiana. Na 1ª parte, com uma equipa mais próxima da que será titular, ainda equilibrámos a partida, mas a 2ª foi um descalabro. O Edcarlos achou que já estávamos no Natal e resolveu oferecer (literalmente) os dois golos aos lagartos. Depois, com um meio-campo constituído por jogadores maioritariamente defensivos (Binya – depois Yebda, Ruben Amorim, Jorge Ribeiro e Fellipe Bastos), era difícil conseguir criar perigo no ataque.

Dado que houve bastantes coisas negativas, prefiro só concentrar-me nas positivas. Tal como eu já tinha defendido, resolvemos o problema da lateral-direita: o Maxi Pereira é a alternativa credível ao Nélson (o Luís Filipe pode naturalmente ir-se embora). Continuo a achar que o Nuno Assis tem lugar no plantel (não se está a pensar colocar o nº 35 a extremo-esquerdo, pois não?!). Gostei do Urreta enquanto teve pernas. É muito novo (18 anos), tem bastante velocidade e só precisa de ser mais objectivo a resolver os lances. O Ruben Amorim melhorou ligeiramente em relação ao jogo anterior. O Balboa também não esteve mal, assim como o Makukula, que tenta desesperadamente demonstrar que não é cepo. Mas dos presumíveis titulares ainda falta ver o Nélson, David Luiz, Petit, Cardozo e Nuno Gomes. É muito gente.

Gostava de terminar voltando ao título do post. Eu não sei se dar 5 milhões de euros por metade do passe de um jovem central de 19 anos desconhecido para a maioria das pessoas (Sidnei) é bom negócio ou não (não tenho por hábito dizer mal de jogadores que nunca vi jogar), mas ter dado 1,8 milhões de euros pela totalidade do Edcarlos foi um dos piores negócios da história do Benfica. Ainda por cima, logo na altura falou-se que ele era o 4º defesa-central do São Paulo, portanto não augurava nada de bom. Deixámos o Anderson (que estava longe de ser brilhante) ir-se embora para ficarmos com esta abécula. Com trocas como esta e a do João Pereira pelo Luís Filipe se tem feito a história do Benfica nos últimos 15 anos. O que explica muita coisa.

3 comentários:

Anónimo disse...

não vai ser fácil manterem o 4º lugar!

Rui Branco disse...

Acho que devemos dar tempo a Quique Flores e Rui COsta, Roma e Pávio não se fez num dia...

Arsène Lupin disse...

É preciso tempo, sobretudo quando se começa do zero.

Se não tivermos paciência, vamos ter de recomeçar mais uma vez?

Deixem-nos trabalhar, estou certo que com rigor e muito trabalho vão conseguir formar uma equipa à altura. Mas isso não se faz em 3 semanas.

Quando começar o campeonato vamos estar melhor, e ainda com margem de progressão.