origem

segunda-feira, junho 16, 2008

Portugal - 0 - Suíça - 2

A nossa equipa B perdeu com os anfitriões no último jogo da fase de grupos. Tendo o 1º lugar assegurado foi natural que o Scolari só colocasse três titulares de início, o que se reflectiu no desempenho da equipa. Sinceramente este resultado não me preocupa nada. Primeiro, porque este jogo não contava muito e depois porque defrontámos uma das equipas da casa que nunca tinha ganho um jogo numa fase final. Estava na cara que tinha que ganhar este.

Por isso, não foi surpresa termos assistido à pior arbitragem deste Europeu até agora. O árbitro austríaco perdoou um penalty à Suíça (falta sobre o Nani), anulou um golo limpo ao Postiga (não estava em fora-de-jogo), assinalou um penalty inexistente contra Portugal e foi, de longe, o árbitro que mais faltas marcou numa só partida. Parecia que estávamos a assistir a uma arbitragem de um jogo do clube regional. Juntando isto ao facto de alinharmos com os suplentes e ainda a alguma falta de sorte (duas bolas ao poste com 0-0), temos os ingredientes perfeitos para uma derrota.

Espero que isto sirva para que se calem algumas vozes quanto às opções iniciais do Scolari. Ficou mais uma vez provado que o Quaresma é um artista de circo, enquanto o Simão é um jogador de futebol. E nós não estamos no Campeonato Europeu dos malabaristas. Outro jogador que claramente não tem lugar no onze é o Miguel. O Bosingwa tem estado longe de ser brilhante, mas entre um e outro a escolha é óbvia. O Postiga foi especialista em colocar-se em fora-de-jogo e rematar para fora, e na única vez que estas duas coisas não aconteceram o lance foi (mal) invalidado. De positivo apenas destaco o Pepe (se bem que no 1º golo não deu o passo em frente que colocaria o suíço fora-de-jogo) e o Nani que é claramente a primeira opção para extremo depois do Simão e C. Ronaldo.

Ao contrário do que toda a gente (eu incluído) previa, há uma boa hipótese de defrontarmos a Alemanha já nos quartos-de-final. Os germânicos desiludiram no jogo contra a Croácia e demonstraram que estão longe de ser a equipa imbatível que se suponha depois da exibição frente à Polónia. Teremos de ter cuidado com a frieza deles em encontros decisivos, mas acho que temos equipa para lhes ganhar.

3 comentários:

Alforreca disse...

Concordo com tudo o que disseste SLB!

Vê lá tu que a arbitragem foi tão mã, tão mã, que o árbitro perdoou um cartão ao Quaresma, por ele ter dado um chapadõa a um Suíço!
O gajo deve pensar que todos os jogos são como no clube regional!

Saudações

Anónimo disse...

SLB que achas do que se tem passado ultimamente relativamente a vergonha do FCP na champions?

Porque é que o Benfica não tem uma força armada como tem o Clube Regional? (No Name e DV onde andam??)

S.L.B. disse...

Caro anónimo: estamos a pagar a factura de sermos civilizados e, felizmente, não termos claques onde estão criminosos profissionais.