origem

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Ainda sonhámos

Quando o Nélson marcou o golo da vida dele aos 26’ e colocou-nos em vantagem, pensei que poderíamos ter uma reedição da gloriosa jornada de Anfield Road em Março passado. Mas infelizmente nada disso aconteceu e a derrota por 3-1 em casa do Manchester United atirou-nos para a Taça Uefa. Era obviamente muito difícil (para não dizer impossível) ir a Old Trafford, ganhar e atirar o Man Utd para fora da Champions e portanto não é a este resultado que podemos atribuir o falhanço da qualificação para os oitavos-de-final. Os pontos mal perdidos em Copenhaga e Glasgow fizeram-nos muita falta e esta participação na Liga dos Campeões acabou por nos saber a pouco em comparação com o que fizemos no ano passado. Resta agora tentar ir o mais longe possível na Taça Uefa, porque é uma competição que nunca ganhámos e em que objectivamente temos mais hipóteses de sucesso do que na Champions.

O jogo de hoje começou de uma maneira muito calma. O Man Utd não estava interessado em acelerar muito o ritmo e nós tivemos sempre muito respeito por eles, nunca atacando à maluca. Até ao nosso golo não houve grandes oportunidades, mas a jogada que lhe dá origem é muito boa. O Simão (mais uma vez em GRANDE frente aos ingleses!) ataca rápido pela direita e faz um passe atrasado para a entrada da área, onde estava sozinho o Nélson, que fuzila o Van der Sar. A partir daqui a velocidade do Man Utd foi obviamente outra. Começou a empurrar-nos para a nossa área e a criar perigo. Nós ainda tivemos outro ataque perigoso outra vez pelo Simão, em que o Miccoli inacreditavelmente não acerta na bola, quando estava em boa posição de remate. Ainda por cima, tivemos muito azar na altura que sofremos o golo do empate, já que foi a última jogada da primeira parte. No entanto, nos últimos 10’ não conseguimos sair com a bola controlada para o ataque e a posse de bola do Man Utd era avassaladora. O Quim invariavelmente chutava-a para a frente e lá vinha outro ataque dos ingleses. Um mau alívio do Nélson dá posteriormente origem a um livre, do qual resultou o golo do empate. Não percebi porque é que o Luisão não saltou à bola (preferindo empurrar o Léo) e porque é que o Nuno Gomes preferiu saltar para cima dos adversários em vez de atacar a bola. O central Vidic antecipou-se ao Quim e igualou a partida.

Na segunda parte entrámos muito pior e até sofrermos o 2-1 praticamente não passámos de meio-campo. Os passes não saíam bem e o Manchester empurrava-nos para a nossa área. A excepção foi um livre indirecto que tivemos, em que o Petit rematou ligeiramente por cima. Para quem tinha que ganhar o jogo, as coisas estavam a tornar-se difíceis. Foi sem supresa que o Man Utd chegou à vantagem, num óptimo centro do Cristiano Ronaldo que encontrou o Giggs sozinho na área a cabecear à vontade. O Katsouranis acompanhou a movimentação do Giggs até à entrada da área e depois inexplicavelmente deixou-se ficar para trás, o que permitiu que o galês aparecesse sozinho frente ao Quim. Depois deste golo, finalmente conseguimos trocar mais de três passes seguidos e criámos mais dois lances de perigo, ambos pelo Simão, que não tiveram o seguimento necessário na área. O Miccoli pediu para sair e entrou o Paulo Jorge, mas com o Nuno Gomes numa forma péssima, não havia ninguém para concretizar. Até final ainda houve tempo para sofrer o terceiro golo da praxe num cabeceamento do Saha na sequência de um canto, em que ficou demonstrado a grande lacuna do Léo: a sua baixa estatura que não lhe permitiu cortar a bola sobre a linha de golo. Perdemos o jogo e perdemos bem, porque o Man Utd demonstrou que está num patamar bem acima do nosso.

Individualmente tem que se destacar outra vez o Simão. Que jogão! Sozinho deu trabalho à defesa do Man Utd e todos (leram bem, todos) os nossos lances de perigo passaram por ele. Infelizmente esteve desacompanhado em termos de ataque. O Miccoli não está ainda a 100% e o Nuno Gomes está uma nódoa. O meio-campo não deu o apoio que costuma dar aos homens da frente e percebeu-se porquê. O Man Utd não é propriamente uma equipa qualquer. O Petit está lentamente a voltar à boa forma, por contraponto ao Katsouranis, que fez um jogo muito mau. Lento, sem apoiar o ataque e fechar o lado direito como se impunha, ainda teve o ónus de ficar ligado ao segundo golo deles. Parece-me em deficiente condição física, talvez devido à sobrecarga de jogos. O Nuno Assis não fez um mau jogo em termos defensivos, mas não conseguiu nada de relevante no ataque. A defesa não esteve mal, com destaque para o Ricardo Rocha que se fartou de cortar bolas. O Nélson marcou um golão e não comprometeu a defender, embora tenha ficado inadvertidamente ligado ao primeiro golo deles.

Enfim, resta-nos a Uefa e principalmente o campeonato, que deve ser o nosso principal objectivo para este ano. As competições europeias são um bónus, mas a grande obrigação é ser campeão, ou pelo menos, lutar para isso.

12 comentários:

tma disse...

Penso que é unânime que não podemos atribuir o não apuramento à derrota de ontem, mas sim aos maus resultados (onde o empate em Copenhaga é, obviamente, um mau resultado - opinião que tive logo após o jogo e não apenas depois da má primeira volta).
De facto, o ManUtd concedeu algum domínio ao Benfica até ao 0-1, parecendo no entanto ter sempre o controlo do jogo. A grande jogada de que resulta o golo do Benfica foi mais um momento de inspiração do Simão e do Nélson, pois o Benfica não estava de forma alguma a ser perigoso. Mas também não esperaria que fosse de outra forma: neste jogos, já se sabe que há que ser paciente e eficaz, e o Benfica estava a aparentar sê-lo.
Houve ainda um lance em que o Léo domina a bola com o braço na área, no meio de uma certa confusão. O árbitro não viu e pensei que, de facto, a sorte parecia estar do nosso lado.
O "desaparecimento" do Benfica do jogo deve-se, acima de tudo, ao poderio do ManUtd, que perder, carregou no acelerador e só descansou quando a ganhar por 2-1. Esperava obviamente outra atitude do Benfica, mas a verdade é que o ManUtd utilizou todos os seus trunfos, e assim sendo, não deu qq hipótese.
O Nuno Gomes a jogar a '10' foi uma inutilidade (não valia mais ter apostado no Karagounis, deixando o NG como opção no banco?...) e ainda "ajudou" à confusão no lance do 1-1. Espero que a ausência forçada no próximo jogo lhe faça bem...
O Miccoli viu-se que não estava bem. O Nuno Assis esteve inconsequente.

Mas novamente, não é perder com o ManUtd, que é inegávelmente superior (algo que já se sabia, mas ontem demonstrou-o, ao contrário do que sucedera no ano passado, na Luz), que me faz confusão. O que me faz confusão é que o Benfica não seja apurado em detrimento do Celtic, que fora de Glasgow não joga um peido... Mas infelizmente, nos jogos fora, e em termos de resultados, o Benfica não mostrou ser melhor (em Glasgow até jogou razoavelmente, mas "esburacou" a defesa).

Tenho esperança que na Taça UEFA o Benfica possa fazer boa figura. É inegável que o Benfica ainda não tem estaleca para a Champions (ainda que este seja o lugar do BEnfica...) - o que aconteceu no ano passado foi contra todas as espectativas - pelo que talvez a perspectiva de uma boa campanha na UEFA seja preferível, no sentido de o Benfica reconstruir a sua dimensão de grande clube europeu (tal como sucedeu em 82/83 :-)), a uma CL onde o Benfica não tem ainda "massa crítica" para defrontar ManUtds, Chelseas, Barcelonas, Bayerns, Inters e Milans...

Hermione disse...

O Manchester teve um final de primeira parte e vinte minutos na segunda parte fantásticos .
Mas eu também penso que com outro treinador era possível ganhar ou pelo menos não fazer aquela segunda parte igual ás camisolas lol:)
A conferência do engenheiro é ridicula desculpar-se com o banco estar longe do relvado e admitir que o MIccoli não estava em condições não lembra a ninguém já que deixou o Fonseca na bancada e a substituição de Miccoli pelo Paulo Jorge disse tudo.
Agora espero uma grande campanha na Taça UEFA meias-finais como minimos:)
De qualquer maneira é bom voltar a ver o SLB a competir e a lutar com os melhores da Europa .
Força Benfica!!!!

tma disse...

Já agora, também concordo que o campeonato é para nós a competição mais importante.

anti-mouro disse...

já k não podem gamar nas competições europeias,resta-vos a santa casinha,né mesmo???

anti-mouro disse...

espero k o braga tb vá à uefa, só para vos comer de cebolada,eh eh eh.

Telmo disse...

1º Com outro treinador o Benfica teria grandes chances de ter passado o grupo, com Fernando Santos essas possibilidades ficaram automaticamente muito reduzidas.

2º Fernando Santos é o principal culpado de não termos passado o grupo, ele é o 1º a desmotivar os jogadores, como se explica que ontem ele tenha ficado de braços cruzados a assistir ao jogo quando levámos o 2º golo em vez de dar instruçõesa para dentro do campo e fazer substituições para lutar até ao fim??? Um treinador do Benfica nunca pode atirar a toalha ao chão antes do árbitro apitar para o final e Fernando Santos é uma pessoa que se conforma com tudo e transmite isso aos jogadores.
Para mim é com grande dor que vejo um plantel de grande qualidade como não se via há muito ser desperdiçado por esta amostra de treinador.

3º O que precisa Nuno Gomes fazer mais para perder a titularidade ou pelo menos ser sustituído? Fernando Santos não demonstra coragem para substituir as vacas sagradas da equipa e isso vai arruinar-nos a época.

4º Porque raio jogámos com 2 pontas-de-lança até sofrermos o 2º golo, e quando mais precisávamos de marcar passámos a jogar só com um ponta-de-lança? Inexplicável ainda para mais quando temos 2 PL no banco...

5º Karagounis é um jogador experiente, inteligente, sabe segurar a bola, é o ideal para estes jogos, Fernando Santos prefere jogadores que quando ficam nervosinhos chutam para a frente sem qualquer sentido dando o ataque ao adversário?

6º Venha a taça UEFA, mas com este treinador de merda duvido muito que consigamos....

7º Que grande exibição de Simão que ontem encheu os olhos aos ingleses e de certeza o seu passe subiu mais uns milhares de euros.

8º Aquele golo de Nelson e as suas subidas pelo lado direito também fizeram concerteza o seu passe subir mais um pouco, pena que tenha muito a aprender na defesa...

Saudações Benfiquistas!

p.s. Este anti-mouro deve ser daqueles que ainda acredita que o pinto da costa é um homem caridoso que nem sabe o que é um puta LOL

MAD*MAX disse...

Parece ke dou menos sorte ke tu nos jogos d'Benfica...

Saudações desportivas
SLB 4EVER

S.L.B. disse...

No ano passado também fui a Manchester e saímos de lá com uma derrota. É mesmo do campo, não é da nossa presença. Acho eu... :-)

Anónimo disse...

merda de blog

QuinhentinhosOle disse...

Anonymous said...
merda de blog

E so para gente inteligente. Se queres coisas para pessoas com IQ igual ao teu, vai ler os do teu clube. Afinal se juntarem umas dezenas de imbecis como tu, de certeza que conseguem ter um IQ de 0.2.

Anónimo disse...

Sonharam, porque a relidade é um clube rasca a nem dar para aquecer a um grande da Europa..

http://benficaigualamerda.blogspot.com/

S.L.B. disse...

Anónimo (17h04): sim, vocês têm muita moral para falarem. Eliminados em casa por uns russos que não ganhavam há mais de 20 jogos! Vê lá se te enxergas!