origem

domingo, setembro 10, 2006

Miséria

Um casamento de um familiar próximo impediu-me de ver o jogo em directo na televisão, mas ouvi o relato integral e já o vi em diferido. Ponto prévio: a nossa derrota no Bessa por 3-0 é justa e devemos ao Quim não ter sido mais dilatada, já que ele fez mais duas excelentes defesas. Agora, não me venham com coisas: antes do segundo amarelo ao Nuno Gomes há dois jogadores do Boavista (o Zé Manel, por falta sobre o Léo, e principalmente o Ricardo Silva, que agarrou e derrubou o Nuno Gomes que já o tinha batido) que deveriam ter visto igualmente o segundo amarelo. Estávamos nos primeiros 15 min. da segunda parte e ainda estava 1-0 no marcador. Assim se conduz um jogo e provou o Sr. João Ferreira que não favorece de modo nenhum o Benfica…

No entanto, o Glorioso tem que saber superar este tipo de arbitragens que, não sendo escandalosas com penalties e foras-de-jogo mal assinalados, quando os jogos são muito equilibrados, são determinantes no desenrolar da partida ao ter estes pequenos “equívocos”. E isto não soubemos fazer. Não tivemos uma única (!) clara oportunidade de golo. A equipa mostrou-se desgarrada e a cara dos jogadores após os golos sofridos dizia tudo: éramos uma equipa derrotada e sem força anímica para dar a volta ao resultado. O que não se percebe, quando estamos no início da época. Por outro lado, é gravíssimo o que se passou nos últimos minutos, com duas expulsões perfeitamente escusadas. Não se admite que os jogadores do Benfica percam a cabeça com aquela facilidade. É certo que o Manú não toca no jogador do Boavista, mas é uma entrada que deveria ter sido evitada e o Petit não tem o direito de protestar com o árbitro daquela maneira, a encostar a cabeça à testa dele. O jogo estava perdido e ficámos sem três (!) jogadores para a próxima jornada. E a culpa disto, meus senhores, é do treinador. Não estou a ver uma situação destas acontecer com o Camacho. A falta de pulso do Sr. Fernando Santos dá azo a situações destas.

A equipa esteve péssima e só o Quim se safou. Os centrais têm culpas nos três (!) golos, já que os jogadores do Boavista remataram à vontade. O meio-campo nunca conseguiu imprimir velocidade nas nossas acções ofensivas. O Rui Costa foi marcadíssimo e como já não é um jovem de 20 anos, não se consegue libertar da oposição em velocidade. No ataque, o Manú foi o menos mau, já que era o único com rapidez. É a quarta (!) vez este ano que sofremos três golos, o que se torna muito preocupante. Na próxima 4ª feira há um encontro importantíssimo para a Liga dos Campeões e temo o pior. Se sairmos derrotados nem quero pensar no que poderá acontecer, mas a margem de manobra do Sr. Fernando Santos começa a ficar muito curta. Pior que os resultados são as exibições e ninguém diria que estamos a treinar desde o início de Julho!

P.S. – Os lagartos lá ganharam no Nacional da Madeira com um golo que é precedido de falta do Nani (que o marcou). A vitória pode ter sido justa, mas assim torna-se mais fácil. Hoje tive que ir numa missão higiénica ao Estádio da Luz ver o Est. Amadora – clube regional. Sentei-me na minha cadeira unicamente para impedir que algum adepto daquele clube inominável a poluísse…

11 comentários:

GR1904 disse...

Acima de tudo, não há fio de jogo e ao fim de 2 meses de treino, ninguém sabe o que fazer em campo. A preparação fisica, mais uma vez bato nesta tecla, é deficiente pois é raro ganharmos ressaltos e segundas bolas em despique directo. O jogo contra o austria viena foi contra uma equipa muito mas mesmo muito fraquinha, o que ajuda a dissimular o verdadeiro estado da equipa.

Bakero disse...

Foi mau demais. Tudo o que temíamos que pudesse acontecer quando o Santinho foi anunciado como treinador está a acontecer! Ele já pôs o Benfica à sua imagem: descrente, amorfo, chato, cinzento...looser!
É nestas semanas é que sabia mesmo bem colocares uma daquelas grandes vitórias do passado :-), porque o presente...enfim...

Verdi NN disse...

S.L.B Análise perfeita ao jogo.

Eu tive a infelicidade de me deslocar ao porto para ir apoiar o nosso Benfica e há algum tempo que não saía de um estádio tão descrente com a exibição da nossa equipa.

Claro está que o Sr. João Ferreira ajudou à festa, talvez tivesse um cabaz de fruta e rebuçados á espera dele no hotel meridien, mas a exibição do SLB foi muito fraca.

A escolha do Fernando Santos para treinador nunca me deixou particularmente confiante para esta epoca, embora tivesse a esperança de me enganar e ele provar o que realmente não é, ou seja um bom treinador.

De facto, para alem de ser um homem que me parece nao conseguir transmitir garra e confiança aos jogadores também é mau no plano tactico e na leitura do jogo. Como é possível que a perder por 1-0 tire o Rui Costa e continue a jogar com o Katsouranis que joga num raio de 10 metros e que apenas se limita a fazer passes lateralizados de 5 metros. Não estou a dizer que ele seja mau jogador, certamente que é bom na posição de trinco, mas numa altura em que estamos a perder, acho que seria ele a escolha mais acertada para sair e colocar um homem mais ofensivo.

Depois aconteceram as expulsões, com o árbitro a permitir que o Ricardo Silva continuasse em campo, fechando os olhos a uma falta grosseira, que apenas o Sr. João Ferreira e o "iluminado" Jorge Coroado não consideram falta para punição disciplinar.

Após esse lance, senti que os jogadores do Benfica se irritaram, particularmente o Nuno Gomes, que praticamente na jogada a seguir entra de forma mais dura, em que o árbitro não perdoou e fez o que andava à procura de fazer.

A partir deste momento o jogo ficou sentenciado e o que se passou a seguir foi mau demais para uma equipa como o Benfica com o Manu a ser expulso injustamente e o Petit a não conseguir controlar-se e por isso tb a ser expulso.

No final do jogo, mais uma vez considero que o nosso treinador esteve mal, pondo-se com um discurso politicamente correcto, nao criticando o árbitro e não defendendo os nossos jogadores, criticando-os pelas atitudes indisciplinares. Com esta postura de "bonzinhos" não vamos a lado nenhum.

Saudações Benfiquistas

LF disse...

Gabo-lhe a coragem de, mesmo sabendo o resultado, ter sido capaz de ver a gravação de um jogo tão mau.

S.L.B. disse...

LF: para fazer uma análise ao jogo tinha que o ver. Não me fio nos jornais nem nos comentadores da rádio. Por outro lado, tinha que ver pelos meus próprios olhos o mau jogo que toda a gente dizia que foi. E, para o bem e para o mal, gabo-me de raramente perder jogos do Benfica.

El Pirata disse...

os lagartos tb viram um jogador do nacional, com 15 min de jogo, nao ser expulso! Agora puxa la poer essa mioleira de galinha e vê qual das situaçoes é mais prejudicial!

Extreminador de sapos disse...

Estamos sempre a aprender coisas novas e inteligentes...entao agora perdoar uma expulsao do adversário aos 15 min é mais prejudicial para uma equipa do que marcar um golo irregular e que ainda por cima ditou o resultado final. Realmente inteligência é coisa que não abunda na mioleira dos "sapos".

Anónimo disse...

è bom que saibam que o tal club regional é conhecido no norte por "andrades".
Para chatear um fcp basta chamar-lhe "andrade".

Ricardo Moreira disse...

É engraçado...
na tabela classificativa desta página não se vê o SLB!!!
Desistiu do campeonato, foi??

Tiago disse...

OH Verdi NN és do interior e bebes cervejas no STOP? E tratavas dos jardins e pistas para os atrasados mentais?
Se sim, diz qq coisa man!

antitripa disse...

Ehehehe....pois não viste? Não perdeste nada....apenas um jogo cerebral do joão ferreira....muito bom!

Caríssimos, estou à vossa espera nas ligas de futebol lá do nosso blog. Competem ou ficam pelas palavras?