origem

sexta-feira, julho 28, 2006

Deplorável

A vontade de escrever sobre uma derrota por 3-0 com os lagartos é, como devem imaginar, muito pouca. Quem parecia ter começado a época com 10 dias de avanço eram eles e não nós. Chegavam sempre primeiro à bola e mostraram uma condição física nada habitual para quem está a treinar há apenas 15 dias. Das duas uma, ou vão rebentar a meio da temporada ou então tomaram umas vitaminas especiais para este jogo, o que também seria normal ou não fosse derrotar o Benfica o grande objectivo da sua época.

Ao invés, nós parecíamos zombies. Raramente conseguimos fazer uma jogada ligada durante o jogo. Ninguém transportava a bola para a frente e os avançados mal tocaram nela. O Rui Costa esteve muitos furos abaixo do que já fez e toda a equipa se ressentiu disso. Aliás, não percebo porque é que ele, que esteve lesionado durante dois dias, foi titular. Viu-se bem que não estava nas condições físicas ideais. Por outro lado, espero que esta pesada derrota nos faça reflectir bem como é que vamos jogar durante a época. A táctica do losango revelou-se um desastre absoluto, sendo facilmente anulada pelos lagartos, porque não há ninguém que imprima velocidade ao jogo. Sem extremos é o que dá e quando o Petit entra na 2ª parte para o lado direito do meio-campo, assumindo o papel de extremo quando atacávamos, está tudo dito. Ou muito me engano ou o Petit e o Katsouranis não podem jogar juntos.

Mais uma vez volto a dizer, a saída do Simão já era de esperar, mas a do Geovanni é incompreensível. Temos défice de explosão na zona do ataque e não se vê como é que podemos acelerar o jogo quando é preciso. Pode ser que tenha sido só um dia mau, mas esta exibição meteu medo ao susto.

P.S. – Tirando o golo a Portugal nunca tinha ouvido falar do Kikin Fonseca, o nosso novo avançado. Mas, olhando para aqui, as suas estatísticas impressionam. Tem uma média de um golo em pouco mais de dois jogos que, a ser mantida cá, o podem tornar numa excelente contratação.

10 comentários:

bem litrado disse...

Custa muito ser completamente dominado pelo SCP. Não parece ser o Benfica a ter que jogar a 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Parece reinar uma certa anarquia no Benfica, os jogadores parecem um pouco perdidos, sem reacção, sem saberem muito bem o que fazer. A táctica parce ser a do "tudo ao monte e fé em Deus". Manuel Fernandes e Simão Sabrosa vão de facto fazer muita falta e pelo que vi neste jogo, já sinto saudades. Darei nota negativa à defesa do Benfica sobretudo pela forma como sofre o segundo golo, ao Marcel que nem de penalti lá vai (parece ser um caso perdido) e ao Nélson que parece ter desaprendido. Atrevo-me ainda a dar nota MUITO negativa ao Paulo Jorge pela entrada que tem sobre o João Alves já perto do final do jogo, que tem tanto de desnecessária como de imoral. De facto, as indicações dadas por este jogador nestes dois últimos jogos deixam-me com pouca vontade de o ver jogar. Ou muda de atitude ou não serve com certeza os interesses do Benfica.
Quanto ao Fonseca, pelo pouco que conheço dele, parece um jogador com muita raça, que nunca desiste (tipicamente mexicano) e com um bom jogo de cabeça o que se pode afigurar muito importante. Parece-me que irá ser um jogador útil (nem que mais não seja para impedir que o Marcel jogue).
Por fim, só mais uma nota para levantar aqui um assunto que me tem atormentado: na marcação dum penalti, o guarda-redes pode dar passos em frente para defender? se sim, parece-me uma verdadeira atrocidade que tem sido vista repetidas vezes. Ainda há bem pouco tempo, o guarda-redes apenas se podia mexer depois da bola partir, o que me parecia sem dúvida a regra mais adequada, apesar de tornar as coisas mais difíceis para os guarda-redes. Enfim, mais uma modernice da treta.

ed disse...

acho que vao arrepender-se de terem contratado o fernando santos...

eu nunca gostei dele, foi rotulado de "engº do penta" mas foi graças a uma equipa que já tinha 4 anos de solidez, pouco alterada, pois dele nao vi melhorias em lado nenhum, pelo contrario, perdemos o hexa por culpa desse merda.

atrevo-me a apostar que o fernando santos nao dura no benfica até ao natal.

ed disse...

e nao percebi essa treta dos penaltis, se é para desempatar, porque é que acabou 4-4 ? o desempate nao ficou empatado ?

nao percebi :|

que raio de organização é aquela ?

S.L.B. disse...

Bem Litrado: nos penalties, o guarda-redes pode mexer-se ao longo da linha de golo. Segundo as regras, continua a não poder dar passos em frente (embora a maioria dê...).

benficaatemorrer disse...

No geral concordo com o que foi dito no "post" à excepção de um promenor. Não seria o "soneca" quem iria imprimir mais velocidade ao nosso ataque. Mas é um facto que os jogadores escalonados são incompatíveis com o modelo de jogo. Contudo, refira-se, houve por certo muita gestão de esforço por parte dos nossos jogadores que, para além dos jogos que já levam nas pernas, jogam hoje com o Depor, a próxima 2ª com o AEK e dia 8 ou 9 com o Áustria de Viena.
Seja como for, há muita coisa a rever.

LFP

Alma Benfiquista disse...

Caros Benfiquistas,

Concordo com o benficaatemorrer. Ao contrário dos lagartos que entraram a todo o gás e fizeram do jogo mais que um "jogo a feijões", nós apenas vestimos as camisolas e entrámos para dentro do campo.
Espero (e acredito!) que a partir de 8 de Agosto a equipa terá atitude e raça para começar a jogar futebol.

Preocupa-me não ter visto organização defensiva e ofensiva, mas não podemos deixar-nos abater por este resultado. Se repararmos, o meio-campo do Benfica é praticamente todo novo (Nuno Assis e Karagounis quase não jogaram o ano passado). É preciso deixar que se conheçam e ganhem entrosamento.

Na época dourada do futebol do Benfica (finais dos anos 50 até finais dos anos 80) apenas entravam 1 ou 2 jogadores por ano. Ou seja, a equipa já se conhecia e só era necessário que 1/2 jogadores conhecessem a forma de jogar de todos os outros. Para mim, esta é a base da Mística Benfiquista!

Que venha o Austria de Viena! Começaremos este ano com um "revival" do glorioso ano de 1961, em que ultrapassámos o Austria (5-1 na Luz) antes de defrontar o Barcelona, em Berna.

Viva o Sport Lisboa e Benfica!

Cumprimentos

GR1904 disse...

Não sei se o pessoal sabe, mas o preparador físico do Benfica é um miúdo de 29 anos filho do Rudolfo Moura. Não está em causa a afinidade parental, mas apenas e só, a (in)experiência do preparador físico num cargo que é tão importante como a preparação táctica e que tem repercussões durante a época toda. Ninguém com essa idade e no cargo em causa pode ter provas dadas e para mim é dos lugares em que é mesmo preciso ter-se experiência.

É que foi flagrante a diferença entre as 2 equipas, ainda para mais quando o scp tem o mesmo esquema táctico que o Benfica e com o pormenor que nós temos mais 2 semanas de treino que eles.

ed disse...

a diferença é que o benfica tem a treta do fernando santos e o "rui - lesionado/cansado - costa"

voces estão com muitas expectativas que o rui dê para jogar uma epoca inteira 90min cada jogo ? nao tem 2 dias o gajo tava lesionado e metem-no a jogar ? o gajo pode ser um maestro, mas não é de ferro!

acreditem no que eu digo, o fernando santos nao passa do natal, e o rui costa vai passar metade da temporada lesionado.

o fantasma disse...

Não concebo o futebol sem os extremos bem agarrados à linha...

Anónimo disse...

Se é portista visite este forum :

http://www.setbb.com/fcp/

ajude esta comunidade crescer.... Participe....

FCP FOREVER