origem

sexta-feira, junho 09, 2006

Febre

O mês de sonho para quem gosta de futebol começou hoje. 64 jogos em 30 dias vão servir para nos entreter sobremaneira. Faço tenções de ver o maior número possível de partidas e há alguns jogos já nesta 1ª fase que prometem ser imperdíveis (Holanda-Argentina, Suécia-Inglaterra e Itália-Rep. Checa, por exemplo). Espero sinceramente que Portugal faça um bom Mundial, mas é claro que o meu entusiasmo nunca é tão grande como com o Glorioso. Os serviços mínimos são passar à 2ª fase e aí, presumivelmente contra Argentina ou Holanda, é que se vai ver se nós temos estaleca ou não. Ainda no campo das suposições, se ficarmos em 1º lugar no grupo estaremos condenados a apanhar o Brasil nas meias-finais e contra ele não temos hipóteses. No entanto, nem acredito que cheguemos tão longe. Aqui fica o meu palpite para os quatro primeiros classificados, o que não quer dizer que deseje que o campeonato acabe assim: 1º Brasil, 2º Argentina, 3º Inglaterra, 4º França. A Rep. Checa pode ser uma surpresa (fez um óptimo Euro 2004) e a Itália também me parece forte. Em relação a Portugal, se a nossa selecção chegar aos quartos-de-final acho que terá feito um campeonato positivo.

Continuo sem perceber a insistência do Scolari no Costinha. Não jogou durante a época toda e prepara-se para ser titular frente a Angola. Ao invés, o Tiago que fez uma temporada bestial no Lyon vai para o banco e prevê-se que o Scolari jogue com dois trincos (!), Costinha e Petit. Se fosse eu, jogaria de caras com o Petit e Tiago, que são quem neste momento pode dar mais dinamismo ao nosso meio-campo. Por outro lado, colocaria o Cristiano Ronaldo no banco, porque duas agressões em dois jogos particulares seguidos deveriam ser castigadas pelo seleccionador. Corremos o risco de ele voltar a fazer o mesmo frente aos angolanos. Ainda por cima, o Simão marcou dois golos frente ao Luxemburgo e apresenta-se em boa forma. Mas ao menos o Scolari vai colocar o Miguel em vez do Paulo Ferreira, pelo que nem tudo é mau.

P.S. – Quanto ao Glorioso, confirmou-se a saída do Geovanni. Logo agora que temos alguém no meio-campo que sabe lançar em profundidade os avançados com passes de 30 a 40 metros é que despachamos o jogador mais veloz do plantel. Além disso, não estou a ver neste momento ninguém para o substituir convenientemente. Mais um campeão que se vai embora. Incompreensível!

8 comentários:

Bambi disse...

http://www.golosdomundial2006.blogspot.com/

Ed disse...

Costinha e Maniche fizeram um grande euro2004 e a qualificação, penso que merecem o benefício da dúvida, os dois juntos entendem-se bem, sempre fizeram uma fabulosa dupla. se as coisas correrem mal, o tiago e petit será uma boa alternativa, claro, principalmente o tiago pela fabulosa época que fez.

O Miguel de facto parece-me a melhor escolha, é mais lutador que o Paulo Ferreira, concordo.

Meter o cristiano no banco para o simão poder jogar, se estás a castiga-lo por um momento menos feliz, então porque incluis o petit ? É o jogador mais agressivo da selecção. Não faz sentido o que dizes.

O Cristiano já pediu desculpa pelo que fez, já foi repreendido, não é um gesto menos feliz que devia retirar o nosso melhor jogador do campo! É com os erros que se aprende. Se ele jogar é no nosso melhor interesse!

Reparei nos teus comentários que o que te interessa é incluir jogadores do benfica, ou que estiveram ligados ao benfica. Meu amigo, por favor, clubites na selecção, não! =) Força Portugal :D

Galaad disse...

Caro Ed:
compreendo a tua dúvida, mas ninguém se preocupou em criticar o Ronaldo gratuitamente. Há tempos comentei que, se Simão for titular com Angola, teremos Ronaldo com cabecinha até ao fim do Mundial.Por vários motivos: perdia o estatuto de prima-donna que, quer queiras quer não, têm; dava-lhe uma dose de humiladade e deixava de pensar que está acima da lei. Ele é um fora de série, mas também é um puto mimado.
Agora coloco-te perante o seguinte cenário: jogo decisivo do Mundial, empatado, com os nervos á flor da pele e o belo do Cristiano resolve dar um pontapé a um adversário. Expulsão directa, o lateral que ele devia acompanhar sobe e cria um desequilibrio na nossa defesa. Golo deles. Portugal fora do Mundial. E tudo porquê? Porque sua excelência teve mais um dos seus ataques de vedetismo...
Estas atitudes dele são recorrentes. Sempre vem dizer que não volta a acontecer, que não volta a perder a cabeça, etc, etc, mas lá que faz sempre a mesma merda, ai isso faz!!! E por mais talentoso que se seja, não se pode deixar ir nas provocações dos adversários. Dizes que é com os erros que se aprende, mas este menino ou não aprende, ou não quer aprender...

Galaad disse...

Só mais uma coisa: ninguém manifestou clubites. Deram-se opiniões. Porque se fosse para manifestar clubites desancava-se o Ricardo Costa e defendia-se o Ricardo Rocha e dava-se a titularidade ao Quim. Mas ninguém fez isso em qualquer blog do Benfica. Já outros clubes quiseram acusar os benfiquistas de anti patriotismo por terem apresentado o Rui Costa no intervalo de um jogo da Selecção sub-21 que estava a dar em directo.
Apelidar esta situação de "clubite" é uma prova de desonestidade intelectual.
O que acontece é que temos 23 jogadores no Mundial e entre esses 23 podem-se tomar opções sobre quem deverá jogar. E onde joga o jogador n ou x pouco ou nada interessa...É essa a nossa filosofia em prol do melhor Mundial possivel para Portugal. Consegues viver com isso?

Saudações

ed disse...

Eu quando leio algo como "Mas ao menos o Scolari vai colocar o Miguel em vez do Paulo Ferreira, pelo que nem tudo é mau.", eu sei o que interpretei neste "desabafo", mas caso esteja errado, peço desculpa, mas já vi pessoas a usar todos os argumentos possíveis apenas para incluir jogadores e ex-jogadores do seu clube. Mas se este não é o caso, peço desculpa, mas com aquele comentário foi o que interpretei, não me levem a mal. =)

Quanto a meter o ronaldo no banco no 1º jogo não vai resultar, ele sabe que ganha a titularidade no jogo seguinte, pois a selecção precisa dele, agora mais que nunca porque são apenas 3 jogos na 1ª fase, o scolari não vai arriscar deixar de fora um jogador como ele. Ganha-se maturidade é com o tempo, não por ficar no banco 1 jogo por alguns minutos, ele entraria de certeza logo na 2ª parte. O cristiano ronaldo não é agressivo em todos os jogos, ele portou-se exemplarmente durante o euro 2004 e na ultima qualificação. Não é por 2 casos isolados em jogos amigáveis que já o devem rotular de agressivo. Tenham calma e deixem o rapaz jogar, ele é uma mais-valia para portugal, não resumam tudo o que ele já fez na selecção a 2 lances. Ele é um puto mimado de facto, e armado em vedeta, mas como já disse, ele só vai amadurecer com o tempo, não ficando 45min no banco, ninguém neste mundo muda a sua personalidade tão rápido. Olhem para o quaresma, foi preciso anos para ele passar de egoísta e individualista para jogador de equipa.

Por acaso confiava mais no Quim para defender as redes, apesar de ele não jogar há uns tempos, mas o ricardo (com ou sem luvas hehe) não confio plenamente nele, mas já sabemos que o titular será o ricardo de qualquer forma, e lá que o rapaz portou-se bem no euro 2004 ninguem nega, apenas tenho medo dos frangos tipicos dele, e o Quim sempre me pareceu o guarda-redes mais seguro.

Fiquem bem, e força para a nossa selecção amanha =)

guitar disse...

Regresso ao blog depois de algum tempor de ausência. Estamos a meia-hora do começo do Portugal-Angola e acabo de saber que vai jogar o Tiago e o Simão. O primeiro por opção, o segundo por necessidade. Estou muito satisfeito, porque acho que o Tiago empurrará mais a equipa para a frente do que o Costinha, que me pareceu fora de forma contra o Luxemburgo. E num jogo que É PRECISO GANHAR. Quanto ao Simão sinceramente preferia o Deco. Mas do que vi no último jogo, não me pareceu em condições. Acho que esta decisão mostra que o Scolari não olha a nomes, mesmo aqueles em quem confia mais. Isso é ESSENCIAL. E olha que eu não acreditava que ele fosse capaz de fazer estas alterações.
Estava algo desesperançado para o Mundial, com base com o que vi nos 2 últimos jogos. Muita lentidão, pouca capacidade de mudar o jogo, troca de bola em excesso e clara falta de agressividade na área. Também (por falta do J. Andrade, e que falta...) a defesa pareceu-me instável, com o Meira a meter água com facilidade. Agora estou agradavelmente surpreendido com esta decisão no jogo inicial, que penso poderá "baralhar" o que o treinador de Angola trazia "de casa". Espero que resulte.
Reforço as dúvidas para esta selecção. O Irão não será pera doce, apesar de acabar de perder com o México. De forma quase natural, mas no fim do jogo e um lapso que dificilmente se irá repetir. No entanto, no inicio entraram bem, e se não estivermos atentos, e eles tiverem a sorte de marcar, pode ser uma chatice.
Por outro lado, o México pareceu-me ao alcance.
Passar à fase seguinte é, como dizes, SERVIÇOS MINIMOS. Mas se acharmos que são favas contadas vamos ter surpresas...como na Coreia.
Acho que o Ronaldo deve jogar, porque é dos poucos que pode tirar um coelho da cartola. Mas estou de acordo que é preciso trabalho de balneário para o educar, porque é um pouco malcriado e especialmente temperamental. Mas tu mesmo, terias coragem de o deixar de fora?
Para finalizar, assunto SLB.
Ainda não tinha dito nada sobre o estado actual das coisas, mas cá vai. Para começar, o regresso do Rui foi,claro, um grande passo. Mesmo que não jogue muito, e logo iremos ver, a influência no balneário vai ser fundamental. Não tinhamos um verdadeiro SIMBOLO do glorioso, a sentir o clube, desde...que ele se foi embora. E não me fales no Pinto ou no Simão porque não se comparam.
Depois, acredito no Santos! É educado, evoluído, esteve em vários ambientes esquisitos(desde o FCP gregos) e é do Benfica. Vamos ver se aguenta as vedetas. Para já, o envolvimento na construção do plantel e na planificação da época, em vez de ir calmamente de férias, diz alguma coisa. Faltam vir 3 ou 4 jogadores e mandar embora os "embrulhos", ou seja Robert, Marco, Beto e alguns outros.
Mesmo que o Simão saia, se servir para trazer o D'Alessandro e o MIccoli, não me importo.

Vai começar o jogo

Um abraço

S.L.B. disse...

Ed: confesso que prefiro ver jogadores do Benfica na selecção do que de outros clubes. Mas no caso do Miguel vs. Paulo Ferreira era mesmo por uma questão de justiça, até porque o Miguel já não é do Glorioso. Agora, não sou autista. O Cristiano Ronaldo é melhor jogador que o Simão, mesmo apesar do seu temperamento e portanto em condições normais seria titular. Só referi que o colocaria no banco como forma de castigo.

Guitar: estás mais confiante com o Fernando Santos do que eu. Espero é que sejas tu a ter razão! Atenção que eu acho que ele é bom treinador, mas o problema é precisamente aquele que referes: não ter pulso para as vedetas todas. Oxalá me engane...

JAS disse...

Discordo: a exclusão de Geovanni não é, de todo, incompreensível. Depende da forma como vês o jogo. No meu caso, por exemplo, (e vestindo a pele de treinador de bancada que também sou), prefiro jogadores regulares, mesmo que mais lentos. Quero jogadores que me transmitam confiança suficiente para entrarem em campo. Lá porque Geovanni fez alguns bons jogos, isso não significa que seja regular ou imprescindível. Bem pelo contrário. Aliás, a alcunha de Soneca, oriunda do Brasileirão, um campeonato com escalões de velocidade fixos em "devagar", "devagarinho" e "parado", não abona muito em seu favor. Poderíamos dizer, como tu bem disseste, que Rui Costa seria o jogador ideal para o lançar. Ainda assim, a dor de dentes de Geovanni nunca foi a falta de um bom passador, como bem saberás, mas a colocação numa posição diferente. Koeman poderia tê-lo utilizado mais vezes como PL? Sem dúvida. Mas Koeman era, na sua essência primeva, uma besta. Retornando à vaca fria, sou dos únicos, a julgar pelo que tenho lido em countless blogs, que não manifesta um profundo desagrado pela saída de Geovanni. Para mim, é totalmente compreensível. Estranho terá sido não ter ido mais cedo. Enfim, opiniões.