origem

sexta-feira, agosto 19, 2005

Miguel e início de campeonato

Finalmente resolveu-se o “caso Miguel”. Entre 8 ou 9 milhões de euros, mais o milhão de que o Miguel hipoteticamente abdicou, tudo não deve ser andado muito longe dos 10 milhões que a direcção tinha estipulado para a venda, pelo que acabou por ser um bom negócio para nós dadas todas as condicionantes deste caso. O comunicado que ele leu, contrariado ou não, apenas confirma uma coisa: o Miguel é um grande jogador, mas como pessoa não vale nada. Porque das duas uma: ou leu o comunicado contrariado e fez algo contra a sua consciência só para poder ir ganhar mais uns cobres para Espanha, não se importando de fazer passar-se por um homem sem carácter e “vendido”; ou leu o comunicado de livre e espontânea vontade, e assumiu que a sua conduta neste processo foi deplorável. Em qualquer dos casos, e por muito valor futebolístico que tenha, jogadores assim não os quero no Glorioso, obrigado. De qualquer forma, acho muito bem que o Benfica tenha exigido que o Miguel se retractasse, porque julgo que restam muito poucas dúvidas de que a razão neste caso esteve sempre do lado do clube. E tenho muita pena que o Valência não esteja na Liga dos Campeões, porque gostaria muito de o apanhar no Estádio da Luz este ano...

Entretanto, vendemos o Alex e fomos buscar o Nélson do Boavista. Ao que consta, tivemos 1 milhão de euros de lucro nesta troca. O Nélson é mais novo que o Alex e veremos se esta mudança foi benéfica para nós, já que apesar de não ser um grande jogador, o Alex tem sido seleccionado pelo Scolari e se for ao Mundial, poder-se-á valorizar ainda mais. Independentemente disto, espero que agora já haja dinheiro para a vinda há muito prometida do tal “nº 10” e do ponta-de-lança goleador.

O campeonato que começa a sério amanhã (não, não é hoje, hoje jogam os lagartos com o Belenenses e toda a gente sabe que o campeonato só começa verdadeiramente quando o Glorioso entra em campo!) tem um novo patrocinador: um site de apostas online chamado
betandwin.com. Façamos a seguinte suposição: este site recebe uma série de apostas para um qualquer jogo. Não se corre o risco de ele propor aos dois clubes um determinado resultado, que sirva as duas partes, dividindo com os clubes as receitas dessas mesmas apostas? Um site de apostas patrocinar uma competição desportiva parece-me uma promiscuidade um pouco perigosa...

Agora que começamos um novo campeonato permito-me fazer a seguinte previsão: duvido que o Peseiro e/ou o Co Adriaanse cheguem ao Natal. Se o Peseiro tiver um início de campeonato tão auspicioso como o do ano passado nem chega a aquecer o lugar e o Co Adriaanse ou começa a ganhar rapidamente ou, com episódios como a sistemática não-convocação do Jorge Costa e do Quaresma, correrá o risco de estar “à experiência” como o outro.

2 comentários:

tma disse...

Em relação ao betandwin.com: adoptando uma postura de "teoria da conspiração", isto só prova que "comprar" árbitros já está desactualizado: pagar a jogadores chave (sobretudo defesas e GRs) para falhar em momentos decisivos (e que à parte disso, até podem fazer bons jogos) é muito mais profícuo. E depois como querem que não haja suspeição? Eu nem ouvi bem a reportagem na TV, pois só de ver o Major Valentão fico logo enojado.
Já agora, o Major Valentão não é aquele gajo que enriqueceu por "ganhar" muitas lotarias?...

BP disse...

Proponho é uma coisa pra LIGA!!! Dado o "futebol" (assim mesmo: entre aspas!!!) que se pra tica em Portugal, o melhor mesmo será chamar à nossa liga de BETADINE!!! é quase igual!
Abraços