origem

quinta-feira, julho 30, 2015

Novo empate

Depois de mais um nulo nos 90’, vencemos o Club América nos penalties por 4-3. Com a equipa maioritariamente titular, só temos mais um jogo de preparação antes da Supertaça e o que se vê é... quase nada. Quatro jogos, zero vitórias, dois nulos e três golos marcados hão-de certamente permitir que alguns vejam alguma coisa de positivo. Não é, infelizmente, o meu caso.

Não há mesmo grande coisa a dizer deste jogo. As oportunidade de golo foram escassíssimas, desperdiçámos um penalty pelo Jonas aos 16’ depois de um claro derrube ao Gaitán (nunca fui particular apreciador da maneira como o Jonas marcou os penalties até agora, porque sempre me pareceu que, se o guarda-redes adivinhasse o lado, defendia de certeza; foi o que se passou ontem) e basicamente ficámos por aí. Espero que este jogo tenha servido para, pelo menos, tirar uma conclusão (que sempre foi) óbvia (para quem a quer ver): o Jonas NÃO PODE jogar a ponta-de-lança. Sempre foi um segundo avançado e prendê-lo entre os centrais é tirar-lhe 75% da eficácia.

Daqui a pouco mais de uma semana, teremos a disputa do primeiro troféu. Desejo ser muito surpreendido nessa altura, porque a minha confiança tem-se reflectido no seguinte: dos quatro jogos até agora, só vi em directo o frente aos NY Red Bulls. Os outros foram todos em diferido, apesar de não saber o resultado. É uma situação que nunca me tinha acontecido, mas, infelizmente, não posso dizer que esteja arrependido, porque o que se tem visto... enfim...

1 comentário:

José Ramalhete disse...

Mas então o scouting do Benfica não é dos melhores do mundo? Porque há tantas carências e tantos erros de casting a pucos dias de se iniciar a época?
Há ainda os que estão para sair...