origem

segunda-feira, janeiro 03, 2011

Salvio

Vencemos o Marítimo por 2-0 na 1ª jornada da Taça da Liga e estamos no bom caminho para nos qualificarmos para as meias-finais. Dado que vamos defrontar o Olhanense em casa e o Aves fora, nem outra coisa me passa pela cabeça.

Numa partida em que o Jesus aproveitou para fazer rodar alguns jogadores pouco utilizados (Moreira, Fábio Faria, Airton, Sidnei e Kardec), a justiça da nossa vitória nunca esteve em causa. Marcámos os dois golos na 1ª parte, num fantástico remate do Salvio aos 24’ e num desvio oportuno do Saviola aos 39’, período em que nos exibimos em melhor plano. A 2ª parte foi mais fraca, mas tivemos o encontro sempre controlado e o Marítimo raramente criou perigo.

Para além da vitória, este jogo permitiu-me dissipar as poucas dúvidas que tinha: é melhor começarmos a juntar dinheiro para exercer a cláusula de opção do Salvio. Continua em grande forma, que já vem do mês de Dezembro, e é definitivamente o extremo que precisávamos. Para além do golão, venceu imensos duelos individuais com o lateral do seu lado e ainda se fartou de ajudar na defesa. Muito mais entrosado com a equipa, a sua confiança sobre a olhos vistos. Em vez de andarmos a gastar dinheiro em jogadores para depois os emprestar ou a pagar muito mais do que eles efectivamente valem, temos aqui um valor seguro que espero que aproveitemos. Porque, como dizia o Scolari, “caro é o que não rende”. Para além do Salvio, também gostei do Saviola, que já vai no 5º jogo consecutivo a marcar para provas nacionais e, a espaços, do Gaitán. Em plano menos positivo esteve o Fábio Faria (que jogou fora da sua posição, convém não esquecer) e quem o substituiu ao intervalo, o César Peixoto. Eu já critiquei várias vezes os adeptos que assobiam um jogador ainda antes de ele tocar na bola, como é o caso com este, mas também tenho que criticar um jogador que se esquece do cérebro no balneário antes de entrar em campo. Depois de perder um lance, o César Peixoto não só não recuperou defensivamente (foi a passo…), como ainda começou a mandar vir com os adeptos por estes mostrarem a sua impaciência. Incompreensível!

Se nos qualificarmos para as meias-finais e tudo correr pela lógica, defrontaremos os lagartos na Luz. De qualquer forma, espero que consigamos o objectivo de revalidar este título, porque não deixaria de ter piada que houvesse um troféu que, dos chamados grandes, só o Benfica tivesse.

P.S. – O CRAC lá perdeu finalmente (em casa com o Nacional por 1-2), mas o que se confirmou é que o Olegário é um árbitro(?) miserável. O penalty escamoteado ao Nacional já na parte final, com 1-2 no marcador, é uma vergonha semelhante ao nosso malfadado jogo em Guimarães este ano. Um roubo monstruoso!

3 comentários:

Pedro disse...

E o penalty a favor?? LOL...estou para ver qts lances daqueles darão penalty a favor do Glorioso ou contra o clube corrupto...palhaçada...

VHugo disse...

Amigo Pedro isso a nosso favor nunca é marcado! O Coentrão está farto de ser abalroado na área e nada!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2011/01/e-agora-nada-que-tenha-haver-com-o-slb.html

O cozinheiro solitário disse...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/