origem

segunda-feira, janeiro 10, 2011

Importante

Vencemos em Leiria por 3-0 e mantivemos as distâncias para o CRAC e para os lagartos, que tinham jogado e ganhado no dia anterior. Por causa disso, por ser o 1º jogo de 2011 e por defrontarmos o 4º classificado para o campeonato, era importante para aferir da nossa forma. Demos uma boa resposta, a vitória é incontestável, mas ainda há coisas para melhorar, porque em boa parte do 2º tempo andámos aos papéis.

Entrámos bem na partida, com velocidade e vontade de a resolver rapidamente. O Saviola esteve em destaque por se ter fartado de aparecer na zona de finalização, mas errou a pontaria nas primeiras três vezes. À quarta foi de vez e inaugurámos o marcador aos 27’ pelo argentino depois de uma assistência de cabeça do Salvio. Foi um remate de primeira sem hipóteses de defesa. Logo a seguir, o Salvio errou o cabeceamento por centímetros e poderíamos aí ter quase resolvido a partida.

Na 2ª parte, não estivemos em campo durante os primeiros 25 minutos. Completamente desconcentrados, sem conseguir ligar um passe, o que nos valeu foi o Leiria praticamente não criar perigo. Só com um golo de vantagem, eu estava a ver o caso malparado, porque ficaríamos sempre sujeitos ao empate num lance fortuito. O que esteve quase a surgir num canto em que o Roberto, inacreditavelmente, se deixou antecipar na pequena-área, mas o cabeceamento do adversário saiu por cima. Aos 71’ o Jesus resolveu acabar com a brincadeira e colocou o Rúben Amorim a fechar o flanco esquerdo, saindo o Carlos Martins e passando o Gaitán para o meio. A partir daqui, o jogo mudou. O Leiria deixou de mandar nele e nós tornámo-nos perigosos por conseguir finalmente sair em contra-ataque. O Cardozo proporcionou a defesa da noite ao guarda-redes e a recarga do Salvio embateu no poste, mas pouco depois, aos 80’, resolvemos a partida: jogada do Amorim, centro do Salvio, assistência do Cardozo e golo do Gaitán. Até final, ainda deu para o Tacuara se tornar o melhor marcador estrangeiro da história do Benfica ao fazer o 0-3 num belo remate de primeira, após um centro do Jara.

Em termos individuais, destaco o Cardozo pelo golo, pela assistência e por ter estado bastante em jogo, ao fazer belas aberturas nos flancos. O Saviola fez uma boa 1ª parte, mas desapareceu um pouco na 2ª e o Javi García foi importante na pressão que não deixou o Leiria sair a jogar pelo meio. Óptimo regresso do Luisão, a comandar a defesa toda, o David Luiz também está melhor e o Coentrão não sabe jogar mal, mesmo sem estar na forma que já evidenciou este ano. Apesar de não ter sido tão exuberante como em partidas anteriores, o Salvio acaba por estar nos dois primeiros golos, e o Gaitán esteve discreto, mas marcou um golito fundamental. Quanto ao Roberto, esperava não voltar a ver lances daqueles. Correu-nos bem desta vez, mas esteve quase a tornar-se um frango descomunal que nos poderia ter custado muito caro. Uma bola na pequena-área num canto tem sempre que ser do guarda-redes!

Este louco mês de Janeiro, com sete(!) encontros continua já na próxima 4ª feira em que defrontaremos o Olhanense para a Taça de Portugal. Será uma boa oportunidade para continuarmos esta senda vitória de partida a ganhar nas provas nacionais que já vai em sete. Além de que a Taça de Portugal é um grande objectivo assumido por nós esta época e eu quero muito voltar o Jamor!

3 comentários:

mWo disse...

Grande vitória caro S.L.B. Foi, em conjunto com as exibiÇões de Aveiro e no Marítimo, das mais consistentes da época fora de casa.
Não estou muito de acordo contigo na análise à segunda parte, embora admita que foi menos dominadora que a primeira. Mas o que interessa é que já vamos na quinta vitória seguida na Liga e a sétima nas provas nacionais. E é assim que temos de continuar, não só para manter intactas as nossas aspiraÇões nas provas, como para manter no topo, a nossa confianÇa.

SaudaÇões benfiquistas!

André Manita
http://benfica-world-order.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Estou completamente de acordo! Não posso perceber como se escreveram loas nalguns desportivos! Os primeiros 25 min do 2º tempo foram miseráveis, graças a Deus o Leiria falhou sempre o último passe! O que se passa?
Parece-me que quando estamos em vantagem não conseguimos controlar o adversário, nem resolver o"pressing" que ele faz, não conseguimos ligar os sectores, porquê? Provavelmente porque estamos a carburar a biodiesel! Que lentidão exasperante, que falta de capacidade de decidir bem, que incapacidade de acertar 2 passes de seguida, que falta de jogo de equipa. Custa muito, mas este não é, nem de longe, o BENFICA da época passada.
Não devemos fechar os olhos e dizer que tudo está bem, só porque é o GLORIOSO. Algo vai mal, muito mal, infelizmente não sei o quê, nem vejo/oiço alguém interessado em responder a este enigma

Saudações gloriosas

Sempre_Benfica

VHugo disse...

é pena, pois 8 pontos são muitos pontos!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2011/01/rumo-fase-seguinte.html