origem

domingo, dezembro 13, 2009

Inadmissível

Empatámos em Olhão frente ao penúltimo classificado e perdemos uma excelente oportunidade de colocar pressão nos rivais mais directos que só jogam amanhã. Deveríamos estar mais que avisados para o que nos aguardava: defrontar o CRAC B num jogo arbitrado por um árbitro do Porto, o Sr. Artur Soares Dias. No entanto, parece que não aprendemos nada com o que se passou em Braga e deixámo-nos enredar na teia de quezílias do adversário, propícias a que o árbitro agisse disciplinarmente. O resultado é que teremos dois jogadores de fora por estes motivos da recepção ao CRAC para a semana: Di María e Fábio Coentrão.

Mas a partida começou mal ainda antes do seu início, com a ausência do Aimar dos 18 por causa de lesão de última hora. Veremos se é recuperável para o CRAC. Entrámos praticamente a perder com um golo de livre aos 8’. Livre que, diga-se de passagem, é inexistente: a carga de ombro do Ramires é legalíssima. A bola foi bombeada para a área e o Maxi tem um erro crasso ao desviá-la na direcção de um adversário, fazendo uma autêntica assistência. A partir daqui, os inúmeros emprestados do CRAC, seguindo as indicações da casa-mãe, começaram a confundir a bola com as pernas dos nossos jogadores na esperança de uma resposta. A estratégia era bem clara: provocar, provocar, provocar. Um puxão de cabelo ao Coentrão, que estava no relvado, valeu a expulsão do Djalmir e um amarelo ao Cardozo que se envolveu na confusão posterior. Acho que o paraguaio se deveria abster de se meter nestas situações, especialmente depois do que sucedeu em Braga. Igualámos a partida aos 28’ de canto, pelo Saviola e, com um jogador a mais, presumi que a vitória seria uma realidade. Puro engano: uma inacreditável desconcentração defensiva noutro livre valeu o 2-1 ao Olhanense logo depois, aos 32. Uma óptima jogada do César Peixoto possibilitou ao Saviola ficar isolado na cara do guarda-redes, mas infelizmente o desvio acertou nele.

Até que aos 41’ aconteceu o lance que dá origem ao título deste post. O Di María, que estava a repetir as paupérrimas exibições dos últimos tempos, resolve responder a uma entrada mais ríspida de um adversário e é expulso. Isto é intolerável no Benfica: não nos podemos dar ao luxo de ter jogadores que se esquecem do cérebro em casa antes de ir para o campo. Estavam todos mais que avisados, já em Braga foi o que foi e o Di María lembra-se de fazer isto. Ainda por cima, o resultado era negativo naquela altura e a nossa vantagem numérica acaba por uma idiotice destas. Mais: naturalmente não joga para a semana frente ao CRAC. Espero sinceramente que leve pelo menos um mês de ordenado de multa. Não percebo o que passa pela cabeça de um jogador para fazer isto. Provavelmente, não passa nada, já que inteligência é coisa que não abunda para aqueles lados… Para piorar ainda mais as coisas, o Ramires coloca mal o pé e tem que ser substituído ao intervalo. Infelizmente, antevê-se uma lesão grave.

A 2ª parte não trouxe grandes melhorias na nossa exibição, antes pelo contrário. O Olhanense estava pouco interessado em deixar-nos jogar e houve imensas paragens. Sem Aimar, sem Di María, sem Ramires, o nosso meio-campo tinha dificuldades em colocar a bola nos super-marcados Cardozo e Saviola. O Jesus foi arriscando cada vez mais ao colocar avançados (Weldon e Nuno Gomes) e tirando defesas (Peixoto) e centro-campistas (Coentrão), mas isso provocou o afunilamento do jogo. Tínhamos quatro pontas-de-lança em campo, mas ninguém para fazer cruzamentos e colocar a bola na área. Na fase do desespero lá empatámos aos 92’ pelo Nuno Gomes depois de uma assistência do Luisão. Salvámo-nos da derrota perto do fim, mas um contra-ataque adversário ainda colocou um jogador isolado perante o Quim. Uma escorregadela providencial impediu a derrota que, sinceramente, me parecia injusta. Não que tenhamos jogado bem, mas daí a merecer perder este jogo vai uma grande diferença.

Individualmente gostei do Luisão, David Luiz (conseguiu não levar nenhum amarelo) e da 1ª parte do Cardozo. O Nuno Gomes tem que entrar mais cedo em encontros destes, porque é preciso alguém com cabeça para colocar um pouco de calma no nosso jogo. O Weldon, ao invés, entrou pessimamente, mas o Felipe Menezes, que substituiu o Ramires, não esteve mal. O Saviola marcou um e falhou outro isolado. O Coentrão esteve esforçado, mas os cruzamentos não lhe saíram tão bem como habitualmente. E, por favor, alguém coloque o Maxi a fazer horas extraordinárias a praticar centros.

Na 5ª feira teremos um jogo da Liga Europa para os suplentes, mas estaremos muito desfalcados também no Domingo. Dos quatro do meio-campo, corremos o risco de só jogar com o Javi García. Há a dúvida do Aimar e a certeza das ausências do Di María, e o seu substituto Coentrão, e Ramires. Ainda por cima, o Amorim também não deve recuperar da lesão muscular, pelo que o Jesus terá imensas dores de cabeça para fazer a equipa. O jogo já era difícil, mas assim ainda será muito mais complicado. O carácter da equipa e do plantel estará à prova. Partiremos em nítida desvantagem, mas pode ser que tenhamos uma reedição deste jogo. Inspirem-se nele, por favor.

8 comentários:

Bruno Venâncio disse...

O árbitro não teve influência no resultado, na minha opinião. O jogo acabou com 5 amarelos para cada lado e 2 vermelhos para o Olhanense e um para nós. O livre que dá o primeiro golo do Olhanense nasce de falta inexistente de Ramires, mas um minuto antes tinha havido um livre igual para nós (mal assinalado). Portanto, por aí estamos quites. Deixam-me algumas dúvidas o golo do Toy, mas é muito semelhante ao do Nuno Gomes. E na expulsão do Djalmir, até podemos estar agradecidos, pois Cardozo, que é muito burro, podia perfeitamente também ter sido expulso. Di María é o que venho a dizer há muito tempo: muito potencial, muito talento para ser explorado, mas ainda lhe falta tanto, tanto, para ser um bom jogador. É um miúdo burro e imaturo. Não tem ponta de inteligência. O árbitro fez o que podia e devia. Aliás, Carlos Fernandes nem lhe fez nada naquele lance que justificasse uma atitude daquelas. Indescritível. Só o amarelo a Coentrão é que acho forçado, mas sinceramente, foi na linha de toda a arbitragem, que considerei boa. Esteve coerente com o que vinha a fazer até então. Burro foi o Jesus em pôr o Coentrão mais a defender quando sabia que já nem ia ter o Di María no jogo com o Porto. Isto sim é ter falta de visão. E se quisermos ser imparciais a sério, David Luiz também deveria ter sido expulso, ou amarelado, no mínimo. E não foi. E o Miguel Garcia acabou por ser por tirar de esforço. Portanto, na minha óptica, não temos de nos queixar do árbitro. Temos antes de criticar a atitude com que a equipa entrou no jogo, na minha óptica totalmente incorrecta. JJ não soube galvanizar a equipa para aguentar psicologicamente este jogo. Viu-se desde o 1º minuto que os jogadores estavam todos condicionados a pensar no jogo com o Porto, e como cada um se aguenta psicologicamente de formas diferentes, tivemos a resposta sobre quem é maduro e quem não é. Cardozo mostrou que não é (e já tem 26 anos). Di María é um puto estúpido. E David Luiz teve sorte porque conseguiu dissimular uma agressão. É nisto que temos de ponderar. A culpa dos insucessos é sempre do treinador, sempre defendi isto. E hoje foi de novo. Apenas e só. Esta é a minha opinião. Curiosamente, os meus comentários iguais a este foram banidos do blog Anti-Tripa, e acusaram-me de ser... portista e que só criticava o Benfica. Acham normal? Eu não. Estou a defender os interesses do meu clube, os verdadeiros interesses, que não se baseiam só em pensar que os árbitros estão todos contra nós. Eu tenho outra filosofia de estar na vida, e de estar no desporto.

Anónimo disse...

O Filipe Manezes não esteve mal???? Fez um remate mais ou menos de jeito e pouco mais. Jogador pesadissimo e que nunca iria resolver nada. No nosso campeonato temos melhor que isto e não era necessario ir ao Brasil buscar este tipo de jogadores. O Weldon só serve para 10 minutos do fim no desespero. Mais que 10 minutos em campo, é uma nulidade. Enfim pode ser que sem as vedetas joguem como uma equioa contra os corruptos

patriarca disse...

O Bruno Venâncio devia isso sim ir comentar para os Blogs da sua Eqyuipa do coração os Porkos. Fala mansamente mas é pena ter entrada no Blog Benfiquista onde expõe as suas raivas contra o Benfica. Seja coerente.

Bruno Venâncio disse...

Patriarca, nem me vou dar ao trabalho de responder com factos. Deixo apenas o link do meu blog e pode ir lá dizer que sou portista à vontade. Não há paciência para esta gente. Percebem tanto de futebol como eu de pesca submarina.

gloriosachamaimensa.blogspot.com

joão disse...

Concordo plenamente contigo em toda analise que fizeste, na minha opinião a culpa da impreparação para as provocações, contrariamente a outras que já li noutros blogues, é do treinador. E tal com tu e eu os jogadores ao empatarem acreditaram que a vitoria já não escapava e descansaram isso foi fatídico e voltaram a sofrer novo golo.
O Problema de quinta feira é que os suplentes vão ter de jogar no domingo logo se jogarem na quinta não existe descanso como se pretendia.

Nano_Neutel disse...

Tenho visto 2 faces neste Benfica, uma de um clube aboslutamente demolidor, senão que consegue controlar todas as operações num jogo e ganhar com todo o mérito e ainda dando espectáculo para o adepto. A outra face, é a falta de garra e estabilidade psicológica que temos quando estamos a fazer pressão para a liderança ou a pensar num jogo mais importante. Porque não vou estar a culpar o árbitro nem a falta do Aimar, vou sim pedir por este meio que Jorge Jesus lhes transmita o "saber sofrer" num jogo, ter capacidade de resposta num ambiente adverso e com um resultado negativo, senão sempre que começamos a jogar mal e sofremos primeiro um golo, arriscamo-nos a empatar e a perder, e não é assim que seremos campeões de certeza absoluta.

Por favor, mais cabeça!

Força SLB!

António Pista disse...

Newsletter Semanal #2

Blog Águia de Ouro

O Benfica manteve-se na liderança após o empate em Olhão!
Nesta semana no Águia de Ouro, todos os dias será feito um post de antecipação ao clássico, analisando os jogadores de ambas as equipas por posição. Também o Mundial da África do Sul estará em destaque com a conclusão da análise do grupo de Portugal.

Posts Anteriores:

- Agridoce
- Enorme e Especial!
- Desmistificando a Selecção da Coreia do Norte
- Esboçando um olhar pelo Mundial 2010
- Novamente Líder!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com

Anónimo disse...

precisava da ajuda nao so de todos os benfiquistas, como de todos os que estão fartos desta podridao no futebol portugues, assinando a petiçao, bem como divulgando-a o mais possivel, para esta vergonha que ja dura há muito tempo e cada vez está pior, como se viu no jogo com o olhanense,sendo algarvio vi nesse jogo, algo que me envergonhou, nao so a mim, como á maioria dos algarvios que nao se reviram na atitude dum clube chamado olhanense que claramente se vendeu, toda a gente sabe a quem, peço a vossa ajuda para que se possa denunciar essa atitude a um patrocinador oficial do desse clube, que é um organismo publico (regiao de turismo do algarve), logo está sujeito á opiniao dos contribuintes atraves da seguinte petiçao:
www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2009N882