origem

terça-feira, maio 13, 2008

Apito Final

A decisão da Comissão Disciplinar da Liga foi conhecida na 6ª feira, mas só hoje escrevo sobre ela, porque ainda estou a tentar recuperar do choque que foi confirmar que o crime, em Portugal, mais do que compensa. Não era nada que já não se antecipasse desde que a moldura das penas foi conhecida, mas o facto consumado torna real a previsão. 25 anos de compadrios, corrupção, tráfico de influências deram seis pontos de penalização ao clube regional. E o seu presidente ainda goza com o facto, escudado nos mais de 20 pontos que tinha de avanço. Só mesmo neste país é que não há absolutamente nenhuma vergonha na cara.

Mas o que eu queria salientar neste post é a decisão do clube regional de não recorrer da pena que lhe foi aplicada. Ou seja, eles preferem assumir que são corruptos do que lutar até às últimas consequências para provar a sua inocência, como qualquer pessoa ou entidade com o mínimo de dignidade faria. Isto, claro, porque preferem perder os pontos neste campeonato já que não lhe fazem diferença nenhuma. Trocar a honra, a honestidade, a verticalidade e o bom nome por um possível título diz tudo acerca da mentalidade daquele clube. É por isso que estarei eternamente grato por não pertencer àquela corja. Teria vergonha na cara e pintá-la-ia de preto. Vender o corpo e alma por benefícios materiais tem um significado no meu dicionário. O mesmo do pagamento que aquele clube fez ao Jacinto Paixão. Não percebo como é que não há adeptos revoltados com esta decisão do clube, ou se os há, piam muito baixinho e é como se não existissem. A mancha no nome é algo que vai ficar para sempre. Deus me livre de ver alguma vez o Benfica vender o seu bom nome em favor de um possível título. Há valores incorruptíveis e mais importantes que conquistas desportivas, mas explicar isto a um clube hediondo e nojento como aquele é tarefa inglória.

Vale tudo para ganhar títulos. É por isso que por muito que ganhem jamais nos chegarão aos calcanhares. Porque não sabem ganhar, nem querem saber como ganham. Estes últimos anos do Benfica não foram nada famosos em termos desportivos, porém NUNCA na vida os trocaria pelos do clube regional. Prefiro perder, mas andar de cabeça levantada, do que ganhar num clube que prostitui os seus próprios valores.

8 comentários:

LF disse...

"RENASCER PARA A GLÓRIA - reflexões sobre o passado, presente e futuro do maior clube português"

em: www.vedetadabola.blogspot.com

Anónimo disse...

jacinto paixao telefonou para pedir putas as 13 horas

as 14 araujo telefonou a pintinho

e depois confirma-se que houve pagamento. e que no jogo houve erros graves a favor do porto. embora coroado vitinho e antunes nao vissem...

as putas confirmaram ter sido solicitadas por responsaveis do porto.

Leão Eça Cana disse...

"...ganhar num clube que prostitui os seus próprios valores."

no caso desse tal clube, essa frase não se aplica. Nesse caso não há prostituição de valores, simplesmente porque não há valores (para além dos resultantes da prostituição, claro ;)

MB disse...

O apito final não trouxe justiça, é verdade. Mas também não estava à espera de mais. Há a pequena consolação de finalmente estar provado e documentado que o P.C é realmente um corruptor.

Comentei com um amigo italiano a sentença e disse-lhe em tom de brincadeira "vocês em Itália são uns amadores, têm de vir a Portugal para aprender o que é a mafia"

PPA disse...

Caros leitores e colegas, respondam com sinceridade!

Todos sabemos que Augusto Duarte foi a casa de Pinto da Costa na véspera de arbitrar um jogo onde o FCP foi interveniente; o próprio Pinto da Costa já o admitiu.
Nem vou agora dizer se o comprou, se lhe deu dinheiro ou outras coisas, fico-me pelo FACTO filmado, gravado, provado e admitido: Augusto Duarte foi a casa de Pinto da Costa na véspera de arbitrar um jogo onde o FCP foi interveniente.
Agora faço a seguinte pergunta:
O que achavam se tivessem um julgamento vosso a decorrer em tribunal e o Juiz desse julgamento fosse a casa de um dos advogados intervenientes no julgamento que o mesmo Juiz iria julgar no dia seguinte?
Aceitam-se comentários (e até desculpas esfarrapadas).
OBRIGADO

Ze da Bola disse...

So no pais de faz de conta acontecem justicas faz de conta. Falam eles da mafia e de Italia. Os italianos ainda dizem alguma coisa contra e fazem qualquer coisa. Por ca saber ganhar resume-se em saber aldrabar e curromper. Essa gente deveria ser irradiada do futebol e podiam levar o Vieira com eles

Luís Almeida disse...

Pobres coitados, são como aqueles novos ricos que acham que o dinheiro compra tudo. Não percebem que daqui a 50 anos quando se falar no título de campeão Europeu de 2004, toda a gente vai dizer "Qual, aquele em que andaram a comprar árbitros? Assim também eu, a jogar só na Europa quando os outros têm campeonatos para jogar..."
A honra e o desportivismo são coisas que lhes passam ao lado. Não compreendem que por mais que ganhem, se não abdicarem deste primitivo método maquiavélico em que tudo vale, nunca serão capazes de se erguer acima dos outros.

E se ouvirem alguém falar do Calabote, enviem-no para este link...
http://www.slbenfica.pt/incslb/pdf/verdadesdeturpadas.pdf

PPA disse...

Para encerrar a época 2007/2008, e antes de nos dedicarmos ao Euro 2008, convém dar destaque a mais uma das vergonhas do futebol Português: em tribunal, o presidente do FCP jurou dizer a verdade, mas mentiu descaradamente; e de acordo com o artigo 360.º do Código Penal, o crime de falso testemunho pode dar até 5 anos de prisão.
Desta vez será difícil até para os seus fanáticos seguidores virem outra vez com a choradeira da cabala do poder centralista, da perseguição aos coitadinhos, pois existe uma prova inequívoca: o dito sujeito foi fotografado e filmado ao lado (2 lugares) do Major no camarote VIP do Estádio do Bessa, facto que afirmou em tribunal sob juramento ser mentira.
Este post não é uma perseguição, mas antes um testemunho inequívoco que este senhor mente qual pinóquio, sendo pena que não lhe cresça o nariz.

Ler noticia aqui:

http://www.correiomanha.pt/Noticia.aspx?channelid=00000181-0000-0000-0000-000000000181&contentid=DCBE4867-7AE0-47C5-A5ED-256AE53100F6

http://www.record.pt/noticia.asp?id=787490&idCanal=2497