origem

segunda-feira, novembro 28, 2005

Empate frente a um camião-tir

Estava muito apreensivo quanto ao jogo frente ao Belenenses, já que sem cinco (!) titulares indiscutíveis (Quim/Moreira, Petit, Karagounis, Simão e Miccoli) seria muito complicado vencer. E os meus receios eram fundados, já que não conseguimos melhor do que um empate a zero. Ao contrário do que aconteceu em Paris, o Koeman apostou claramente no ataque, com o Karyaka, Nuno Assis e Geovanni na equipa inicial. Não jogámos bem, é certo, mas a exibição esteve quilómetros à frente da de 3ª feira passada (pior também seria difícil...). Defrontámos uma equipa que não colocou um autocarro à frente da baliza, mas sim um enorme camião-tir. Pelo menos, não deu muita pancada e não fez tanto anti-jogo como o Gil Vicente na 2ª jornada, mas não é com equipas a jogar assim que o futebol em Portugal melhorará a sua qualidade.

Na 1ª parte a melhor situação que tivemos foi um remate do Nuno Assis em que a bola ainda bate no poste. Tivemos outra boa jogada em que o Karyaka remata de cabeça por cima na sequência de um bom cruzamento do Nuno Gomes. Por outro lado, o Rui Nereu ia sofrendo outro frango, num livre do Belenenses com um remate quase do meio-campo que bateu no poste e lhe ressaltou para as mãos. É um grande pontapé, mas dada a distância da baliza ele tinha a obrigação de se fazer à bola. Depois de intervalo pressionámos mais e tivemos pelo menos quatro claríssimas oportunidades de golo: remate de pé esquerdo do Manuel Fernandes para uma grande defesa do Marco Aurélio; remate do Nuno Assis à entrada da área na sequência de um bom cruzamento do Alcides, que o guarda-redes defendeu outra vez; o Alcides, desmarcado magistralmente pelo Nuno Gomes, fica isolado mas chuta contra o Marco Aurélio; o Mantorras atirou de cabeça por cima já mesmo no fim da partida. Lutámos, corremos, esforçámo-nos, mas com a falta dos jogadores já referidos não temos capacidade para fazer melhor.

O melhor jogador do Benfica foi o Beto, o que diz muito acerca da nossa exibição. Igualmente razoável esteve o Nuno Assis (que, e já aqui escrevi, não percebo porque é que não joga mais vezes). O Karyaka e o Geovanni passaram ao lado do jogo, mas não percebi a entrada do Alcides para o lugar deste último com o adiantamento do Nélson. Já se tinha visto em Paris que o Nélson a extremo não rende tanto (aliás, o seu abaixamento de forma é notório) e ainda por cima estava no banco o Hélio Roque, que quando entrou (somente a dez minutos do fim) mexeu claramente com a equipa. Por outro lado, acho que se poderia ter arriscado um pouco mais com a substituição de um central (Anderson) ou o adiantamento do Luisão na parte final do jogo para ganhar bolas de cabeça na área (Karadas, onde estás tu?!). Mas, enfim, o plantel é curto e milagres como o do ano passado não acontecem sempre. O problema é que provavelmente teremos o clube regional a oito pontos de distância (não acredito que não ganhem ao Gil Vicente) e os lagartos já estão a quatro. Para a semana vamos à Madeira e o Marítimo está muito melhor agora do que no início do campeonato. O castigo ao Petit já terminou, mas os restantes lesionados não devem jogar o que vai fazer com que só um milagre nos permita trazer os três pontos de volta.

P.S. – Não foi por causa dele que empatámos, mas ficou um penalty sobre o Nuno Assis por marcar pelo Sr. Pedro Proença , esse grande benfiquista que quando nos arbitra arranja sempre maneira de provar a sua isenção (lembram-se certamente do jogo frente aos lagartos na Luz há dois anos ou do jogo em Penafiel no ano passado). Há também um fora-de-jogo mal tirado a um jogador do Belenenses que ficaria isolado, mas que não é tão descarado quanto os foras-de-jogo que resultaram em golos sofridos frente ao Rio Ave e Braga. No lance da 2ª parte em que a bola bate na mão de um jogador do Belenenses na sequência de uma defesa do guarda-redes, parece-me que o toque é involuntário.

13 comentários:

Apre disse...

Aquele abraço natalicio para vocês, com saudações Belenenses.

Será que tb precisam de Binóculos...

D'Arcy disse...

O Pedro Proença é um caso perdido. Ele deve sentir-se constrangido por ser identificado como benfiquista, e é incapaz de assinlar um penalti a nosso favor. Ainda antes da lagartagem ter feito a escandaleira antes de jogar connosco, já o Proença me estava atravessado, por causa de um jogo que perdemos no Bessa por 1-0, e em que ele deixou dois penalties claríssimos por marcar, sobre o Mantorras e o Simão.

Quanto ao jogo de ontem, faltam-nos soluções para romper as defesas destas equipas pequenas que vão a nossa casa jogar para o pontinho.

S.L.B. disse...

Exactamente, D'Arcy! Obrigado por me lembrares. Já me estava a esquecer desse jogo do Bessa em 2001/2002 em que o escândalo foi talvez o maior de todos. Confirma-se: há pelo menos um jogo por época em que somos claramente prejudicados por este sócio.

D'Arcy disse...

Nesse jogo do Bessa ele chegou ao cúmulo de dar amarelo ao Simão, depois de no lance do penalti por assinalar ele ter levado um porradão do Frechaut, que entrou de carrinho a varrer...

bem litrado disse...

Esqueceste de referir outra boa oportunidade num cabeceaento de Mantorras para uma boa defesa do Marco Aurélio.
Com tantos contra-tempos, não há muito a fazer. Contrariamente àquilo que eu pensava no início da época, de facto, está provado que o plantel é curto.
VIVA O BENFICA.

guitar disse...

Finalmente os diversos comentários aqui presentes começam a reconhecer que com este plantel NÃO HÁ MILAGRES... Ou seja, o Geovanni quando entra não joga nada, o Karyaka, idem aspas, do Pereira e do Aguiar nem falo, o Mantorras está tudo dito (esse está lesionado para sempre e continua a jogar para alegria do povo), o Assis é inconstante. Ontem foi, claro, dos melhores ou dos menos maus. Mas não chega. O desgraçado do Gomes tinha que vir buscar jogo a meio-campo e não teve uma bola para rematar. Pelo contrário, foi ele que teve que desmarcar exemplarmente o Alcides para um falhanço imperdoável num jogo com aquelas características. O Fernandes está de rastos (penso que lesionado) e se assim é NÃO DEVE JOGAR! Estou de acordo com um amigo meu que diz que este jogo não é para pessoas fisicamente incapazes e portanto, se os melhores estão limitados, mais vale jogar com os juniores do que com elementos que não podem correr ou disputar uma bola. Mas o Koeman prefere optar por craques coxos do que o contrário.
Mesmo o Nereu, que continua a não inspirar confiança nenhuma, é preferível a um Quim que não pode chutar e É URGENTE recuperar bem.
Com estes jogadores é dificil ganhar um jogo e, vá lá, que a defesa é boa e tem cumprido, mesmo que ontem tenha tido umas falhas próprias de quem se estava a aventurar à frente.
Para lá disto tudo, que são as questões essenciais, claro que não houve sorte, que poderiam ter sido marcados penalties (pelo menos o do Assis - e acabei agora de ver o Porto onde houve um lance escandaloso sobre o Carlitos que era penalty com qualquer árbitro do mundo menos com o António Costa contra o Porto), que o Marco Aurélio fez uma grande exibição, mas isso não invalida O PROBLEMA. Isto é, haverá jogos destes que, em desespero ou em limite iremos ganhar, mas continuaremos sempre com aquela sensação de FALTA DE QUALIDADE que entra pelos olhos dentro. Ontem, o Beto foi dos melhores e não joga nada, como te disse várias vezes, o Karyaka deve jogar mas quando entra é um desastre, o "soneca" só o lamentamos quando está fora, porque lá dentro é um horror.
E O Koeman, coitado, não é grande "espingarda" a ler o jogo, mas também queria ver lá outros com este material disponível. E quando não ganhas há 6 jogos e fazes 3 em 12 pontos possíveis na superliga, não pode ser por causa da sorte, do árbitro ou de guarda-redes que só engatam contra nós. É coincidência a mais. A verdade é que produzimos um futebol lento, previsível, sem poder na área e sem capacidade de transposição rápida para o ataque. ~Em cima disto, os jogadores estão podres e os que fazem a diferença, ou não estão lá por lesão, ou fazem figura de corpo presente por limitação. Se tiras 4 ou 5 das peças fulcrais o resto é folclore.
Vamos ver o que sai na Madeira. Pode acontecer tudo. Contra o MU tenho quase a certeza que o Koeman vai jogar como com o Lille. Para o empate, à espera que o Lille perca e possa ir à UEFA. Vais ver...
Enfim, como o glorioso é sempre o glorioso, lá vamos ter que ir aguentando a doença prolongada.

Pedro Malaquias disse...

Gostaria de ter lido 1 análise mais profunda à actuação do Mantorras que, quanto a mim, entrou realmente bem neste jogo (o 1o cabeçeamento é muitíssimo bom, fez-me lembrar João Pinto de cabeça em alguns lances) e no final do jogo ainda pode marcar (+1 vez azar)...

Não posso concordar contigo quando dizes que o Beto foi o melhor do Benfica. O Nuno Assis esteve claramente melhor. Alcides entrou também bastante bem. Azar acima de tudo... mas nada está perdido. 8 pontos são recuperáveis.

Pedro Malaquias @ http://eupensoisto.blogspot.com

tma disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
tma disse...

Cada vez mais custa fazer comentários a posts sobre jogos do Benfica... Já são 6 sem ganhar...
Mas o Benfica é sempre o Benfica!

De facto, as lesões não justificam os maus resultados sucessivos. Mas jogar com jogadores lesionados, como é o caso do M. Fernandes, também não ajuda, e até complica (casos do Simão, Miccoli, Quim, que agravaram as suas lesões).
O Geovanni parece desmotivado, o Karyaka, qdo não sabe se joga a extremo ou a médio centro, fica perdido. Não deixa de ser curioso que a entrada do Alcides tenha dinamizado o flanco direito.
Apesar de ter jogado pouco, mas pelas indicações que deu, o Hélio Roque se calhar justifica uma chamada à titularidade. Até pelo efeito surpresa (que o Nélson já deixou de ser, pq as equipas já procuram cada vez mais minimizar a sua influência) que poderia trazer à equipa.

Já agora, e não pretendendo com isso justificar o mau resultado, a mão do Rolando é, quanto a mim (pelo que entendo das regras) penalty. As faltas não se julgam pela intencionalidade... Se jogou a bola com a mão, ainda que involuntariamente, é penalty... Mas o Benfica não se pode refugiar nestas desculpas para justificar os seus maus resultados. A velha história da "bola na mão" vs. "mão na bola" (excepto quando um jogador se protege de um remate violento) é uma grande treta!

CORTO MALTESE disse...

Desde que me sentei a jantar ao teu lado que não ganhamos um jogo...

antitripa disse...

Caro e nobre S.L.B., continuo a dizer que com giovanni de inicio (excepto contra o sportem) jogamos sempre com 10! E o beto pelo menos não vira a cara à luta! Quanto à APAF...nada a dizer...tudo muito normal...normal demais...eheheh.
Saudações com as quinas bem debruadas na manga sinistra da malha!

S.L.B. disse...

Bem Litrado: obrigado pelo reparo. De facto, esqueci-me desse excelente cabeceamento do Mantorras que o Marco Aurélio defendeu.

Guitar: espero bem que o Koeman jogue para ganhar frente ao MU! Mas o campeonato, a ver pela arbitragem do António Costa no Gil Vicente-clube regional, está decidido...

PP: estarei eternamente grato ao Mantorras pelos decisivos golos que marcou no ano passado e que muito conribuiram para a conquista do campeonato, mas estou convencido que nunca mais irá ser o jogador que era antes da lesão. Há uma coisa que me irrita solenemente nele: a maneira infantil como se deixa cair em fora-de-jogo. No entanto, neste jogo aconteceu algo extraordinário: não foi apanhado em nenhum! Mas com ou sem ele, precisamos mesmo de um avançado em Janeiro. Por outro lado, do Beto nunca espero nada de especial, portanto se ele sobressai um bocadinho é algo que se nota bastante. Do Nuno Assis, espero sempre que ele jogue como jogou contra o Belenenses.

TMA: não estou muito de acordo contigo. Se um jogador tem os braços junto ao corpo e a bola lhe bate no braço não é penalty, mas se tem os braços esticados e a bola "inadvertidamente" lhe toca aí já é, porque a posição natural dos braços não é estarem levantados. No caso do Rolando pareceu-me mais o 1º caso, mas é um lance duvidoso.

Corto Maltese: o "calvário" sem derrotas começou antes do nosso jantar, mas se calhar a equipa está à espera de um novo sócio para recomeçar a ganhar... :-)

Antitripa: o escândalo do Gil Vicente-clube regional faz-me pensar que voltámos ao antigamente...

antitripa disse...

S.L.B., lê o meu post de hoje e diz-me o que achas...eheheh...onde chegou a implicação dos rebuçadinhos....