origem

quarta-feira, setembro 10, 2008

Inacreditável

Portugal perdeu hoje em casa frente à Dinamarca (2-3) num jogo em que aos 81’ estava 1-0. Quando se falham q-u-a-t-r-o(!) oportunidades de baliza aberta (literalmente) com o resultado em 1-0 ficamos sempre sujeitos a estas coisas. Simão, Nani, Danny e Nuno Gomes não conseguiram concretizar e, nos últimos minutos, uma saída à Ricardo do Quim num canto e um remate desviado pelo Pepe transformaram uma vitória certa (e justa) numa derrota muito difícil de engolir.

Não acho que tenhamos jogado mal (o Deco está numa super forma), mas o que é certo é que nos primeiros 5’ poderíamos ter sofrido logo um golo. O jogo foi bastante disputado, mas merecíamos claramente a vitória. Só que a aselhice paga-se caro. Ainda conseguirmos colocar-nos novamente em vantagem (85') através de um indiscutível penalty depois do 1-1, mas a forma como não conseguimos controlar a partida depois disso foi confrangedora. Assim, a vitória em Malta (4-0) no passado sábado, com uma boa 2ª parte, vai cair rapidamente no esquecimento. O próximo jogo é na Suécia e, se sairmos derrotados, começaremos a ver a África do Sul por um canudo.

O outro é que era “burro”, mas ou muito me engano ou andaremos de calculadora em mão durante toda esta fase de qualificação.

2 comentários:

Anónimo disse...

Concordo, apesar de desses 4 que falharam o Nuno Gomes foi o q teve menos culpa, pois antes de chegar ao seu pé ainda bateu na relva e subiu não tendo batido no "sitio certo" do pé para ser golo

E o mais inacreditavel foi o Danny, que nem falo tinha o golo nos pés...podia ter enganado o Guarda-redes...com o seu estilo de corpo virava-se pra sua direita e chutava para o buraquinho da esquerda mas não e dps dps dps falhou

Ganda Deco : Ele e Mais 10

Pato Afonso disse...

Ou estou enganado ou o "burro" conseguiu a proeza de perder 2 vezes com a Grécia em casa, sendo que uma delas foi a final do Euro 2004.

Cumprimentos!