origem

quinta-feira, dezembro 15, 2005

Jaws

É já amanhã que acontece o evento em que os benfiquistas mais têm pensado desde as 21h30 do dia 7 de Dezembro. Vamos finalmente saber quem nos vai calhar em sorte para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões: Arsenal, Liverpool, Lyon, Juventus, Inter de Milão, Milan ou Barcelona visitarão o Estádio da Luz em Fevereiro do próximo ano.

A escolha é tudo menos fácil, mas por mim preferia o Arsenal por duas razões: primeiro, porque geralmente costuma falhar nos jogos europeus decisivos (embora gostasse certamente de se vingar dos sucessores do Isaías & Cia); segundo, porque é a equipa que está pior no respectivo campeonato. Há sempre quem diga que terá a Liga dos Campeões para salvar a época, o que é verdade, mas para mim existe um aspecto bem mais importante: não acredito que uma equipa que esteja muito bem classificada no respectivo campeonato encare os jogos da Champions de maneira mais descontraída e assim sendo prefiro uma equipa que se apresente em pior forma. Tirando o Arsenal, o meu segundo preferido é o Inter de Milão: temos contas a ajustar com eles desde a eliminatória da Taça Uefa há dois anos e se até o 4º e último classificado do seu grupo lhes ganhou... A dever-nos algumas desforras desde os anos 80 está igualmente o Liverpool, mas preocupa-me o facto de eles terem sofrido apenas um golo em seis jogos num grupo onde estava o Chelsea.

Na categoria dos “quase impossíveis”, não me importaria nada de aplaudir outra vez o Rui Costa e ver o Ronaldinho ao vivo na Luz seria bom em termos de espectáculo, mas péssimo em termos desportivos. O Lyon é talvez o nome menos apelativo de todos, porque é uma equipa fortíssima, mas sem grande nome na Europa (e já vimos o Tiago ao vivo no início desta época com o Chelsea). Mas quem eu não gostaria mesmo de apanhar é a Juventus: também já a vimos ao vivo na Luz este ano, é uma equipa italiana com tudo de mau que isso representa e é bastante favorecida pelas arbitragens (uma espécie de clube regional de Itália). Independentemente disto, gosto é que o 1º jogo seja na Luz, já que ao menos a receita está garantida e se não sofrermos golos poderemos ter mais hipóteses na 2ª mão. E, já agora parafraseando o grande José Torres, “deixem-nos sonhar”…

4 comentários:

Telmo disse...

Neste momento o Inter parece-me a equipa "mais acessível" dessas 8, no entanto como verdadeiro Benfiquista que sou, acredito na vitória do meu clube contra qualquer equipa ao contrário de muitos que acreditam sempre na derrota, até contra a selecção do Brasil eu acreditaria portanto venham de lá esses tubarões que a Águia tem fome!

Cláudia_SLB4ever disse...

Tb prefiro o Arsenal. "Basta" k o Luisao ou o Anderson ponham no bolso o Henry e o Petit nao largue o Pires.

Venha kem vier... eu acredito, sempre!!!

*Sou do BENFICA e isso me envaidece*

dezazucr disse...

O Arsenal sem dúvida deve ser a equipa que todos anseiam. O Henry é um perigo à solta, no entanto aquela defesa deles deixa muito a desejar, tirando o Ashley Cole é tudo muito fraco. Então este ano sem o Patrick Vieira a distribuir fruta no meio campo, não me parece que sejam os putos (Cesc e Flamini), por muito talento q tenham a impôr respeito ao Petit. Era uma óptima forma de voltarmos à Europa, eliminando duas equipas inglesas, que junto trazem os media todos atráz. O Inter é perigoso, pois por muito que pareçam não estar a jogar bem, as equipas italianas são sempre manhosas e com os executantes que têm metem respeito (apesar de o Luisão e o Anderson se sentissem muito mais motivados a marcar o Adriano). O Liverpool, apesar de não lhe reconhecer grandes méritos tem esse cartão de visita de apenas ter sofrido 1 golo no seu grupo. No entanto os seus adversários eram o Bétis (boa equipa mas inexperiente) e o Anderlecht (de quem não preciso falar). Quanto ao facto de não ter sofrido golos com o Chelsea é relativo, dada a motivação extra dos jogadores do Liverpool jogarem contra o Chelsea (já desde o ano passado q é uma questão de brio e se fossem da mesma cidade esse sim sería o derbi mais apetecido - dos secos, claro). Lion, não obrigado. Dos papões, a vir um que venha o Barcelona, quería ver Petit anular Ronaldinho (como o fez quando o Boavista eliminou o PSG da Uefa), temos contas a ajustar com eles, o Koeman tem um factor de motivação extra e em termos de visibilidade era capaz de ser o maior.

MB disse...

Concordo totalmente com o post...assino por baixo!