origem

sábado, agosto 10, 2013

Nápoles - 2 - Benfica - 1

Nova derrota no último jogo da pré-época. Foi o teste mais difícil até agora e evidenciámos os mesmos problemas de anteriormente: incompreensíveis debilidades defensivas e pouca eficácia atacante.

Raramente conseguimos criar perigo e estamos conversados em relação a ter o Rodrigo sozinho na frente, não? É que nem só de Elches se faz a época… Se eu achava que o Matic era o único imprescindível, estes últimos jogos vieram demonstrar que sem o Salvio perdemos no mínimo 50% da acutilância ofensiva. Bem espremido criámos duas oportunidades: o golo de cabeça do Luisão num bom livre do Gaitán e o remate ao poste do Djuricic já no final. O Artur foi o melhor em campo, mas ia dando um frango descomunal numa bola que ainda foi ao poste. Não percebo é o que se passa em relação à defesa, porque bem vistas as coisas só o lateral-esquerdo é que é novo…

Começamos o campeonato para a semana na Madeira frente ao Marítimo. A equipa demonstra alguma passividade e pouca alegria em jogar à bola. Não estou nada confiante.

1 comentário:

Erikson Ribeiro disse...

o problema é que o luisao é uma merda