origem

domingo, março 22, 2009

Ganhar à CRAC

Vencemos os lagartos nos penalties (3-2) na final da Taça da Liga depois de um empate (1-1) no fim dos 90’. Conquistámos o primeiro (e infelizmente calculo que seja o único) troféu da época, o que é sempre bom para o nosso palmarés, mesmo que seja a competição com menos tradição no nosso futebol, mas não posso dizer que esteja orgulhoso com a forma como essa vitória aconteceu (já lá vamos).

O Quique surpreendeu ao colocar o Nuno Gomes ao lado do Suazo e estando igualmente o Aimar em campo, mas não se desviou um milímetro do seu mui querido 4-4-2 clássico. Ou seja, em vez de colocar o Aimar atrás dos avançados, colocou-o na esquerda, com o Reyes na direita e o Katsouranis e o Ruben Amorim no meio. Garantiu mais presença na área, é certo, mas o nosso futebol continua muito longe de entusiasmar. No entanto, poderíamos (e deveríamos) ter marcado logo aos 3’, quando na sequência de um contra-ataque o Nuno Gomes isolado permitiu a defesa ao Tiago. Ainda pensei que fosse o prenúncio de uma boa exibição, mas com excepção de um ou outro lance mais fortuito nunca conseguimos criar tanto perigo como nessa jogada. Os lagartos também só tiveram uma boa oportunidade na 1ª parte, com o David Luiz a salvar sobre a linha um remate do inevitável Liedson. O jogo estava a ser muito disputado, mas a qualidade do futebol era mediana.

Na 2ª parte, e para não variar nos jogos mais recentes, entrámos muito mal e sofremos o golo logo aos 48’. O Reyes não acompanhou o Caneira num ataque pela esquerda, este centrou à vontade, o Liedson atirou ao poste e na recarga o Pereirinha não falhou, apesar de a bola ainda ter tocado no poste. Temia-se o pior e os minutos seguintes confirmaram-no. A nossa equipa tem grandes problemas quando sofre um golo e houve uma desconcentração geral no período a seguir. Os lagartos pressionaram, criaram algumas oportunidades, embora não muito flagrantes, mas felizmente não conseguiram marcar. Por seu turno, nós só conseguíamos criar perigo de bola parada. Atirámos assim uma bola à barra pelo Miguel Vítor, mas uma jogada de ataque com pés e cabeça nem vê-la. O Di María entrou para o lugar do Nuno Gomes (continuando o inenarrável Suazo em campo) e esteve no lance muito polémico que deu origem ao penalty a nosso favor. Devo dizer duas coisas: no 2º anel do estádio, e estando de frente para a jogada, estranhei logo que o Sr. Lucílio Baptista tivesse assinalado penalty, porque me pareceu que a bola tinha batido no peito; na TSF, o repórter de campo disse que não tinha dúvidas nenhumas que a bola tinha batido no braço do Pedro Silva (e algumas horas depois quando revi o lance na televisão, o repórter de campo da SIC disse em directo EXACTAMENTE a mesma coisa). Dito isto, é ÓBVIO que não é penalty nenhum. Foi uma decisão incompreensível do Sr. Lucílio Baptista, que, dado o seu historial em jogos do Benfica, só pode ter sido um enorme equívoco. Aferir daqui outras intenções é de quem tem memória MUITO curta e não se lembra do que este senhor já nos fez no passado. O Reyes marcou muito bem o penalty e empatámos a partida. Na sequência do lance, o Pedro Silva levou o segundo amarelo e deu uma peitada ao árbitro. Sempre quero ver se tem a benevolência deste ou não. Estando a jogar contra 10 no último quarto-de-hora, devo dizer que infelizmente não se notou nada. Não se percebe como é que o Benfica, com os jogadores que tem, não consegue tornar evidente no campo a superioridade numérica. Eu faço ideia se fosse ao contrário... Como o jogo se aproximava do fim, aguardava-se a entrada do Cardozo para os penalties, o que veio a acontecer, mas para espanto de todos, quando era o Suazo a pedir a substituição, quem saiu foi o Reyes (que tinha marcado bem o penalty...). Resultado: no lance a seguir, o Suazo lesionou-se e jogámos os últimos minutos em igualdade numérica. Incompreensível esta decisão do Quique... Nos penalties fomos mais felizes e contámos com um super-Quim que defendeu três!

Individualmente gostei do Miguel Vítor e pouco mais. O Quim não esteve muito seguro durante a partida, mas compensou e de que maneira nos penalties. O David Luiz viu os lagartos utilizarem quase em exclusivo o seu flanco para atacar e muitas vezes não tinha a ajuda necessária do Aimar. O Reyes passou muito ao lado do jogo e só se fez notar nas bolas paradas. Talvez por ter vindo de lesão, o Ruben Amorim não esteve tão bem como em encontros anteriores. O Katouranis fez um jogo regular e foi dos melhorzinhos, mas aquele penalty foi marcado de forma muito desconcentrada. O Nuno Gomes não pode falhar golos daqueles, mas farta-se de lutar em campo. O Suazo foi um zero absoluto. Provavelmente por ter vindo de lesão e não estar nas melhores condições físicas, mas se é assim mais vale não jogar! Agora, fazer figura de corpo presente, tirando uma ou outra arrancada mas sem dar seguimento ao lance, é que não é nada.

Tive a experiência do que é ganhar um título com intervenção externa, tal como o CRAC tem vindo a fazer nos últimos 30 anos, e sinceramente AINDA BEM que não sou um adepto deles. Eu não sou hipócrita, sem escrúpulos e defensor de que os fins justificam os meios e, por isso, isto assim não tem o mesmo sabor. No entanto, tem que ser referido que as nossas contas com o Sr. Lucílio Baptista NÃO estão DE FORMA ALGUMA saldadas. A Taça da Liga é uma competição menor e este jogo dele na época passada (imagens aqui), que ajudou a que ficássemos fora da Champions, só para dar o exemplo mais recente, ainda me está muito entalado na garganta. Vamos é ver se esta partida não vai ter como consequência ficarmos fora da Liga do Campeões, por causa de arbitragens na senda das que temos tido no campeonato (e que já nos custaram diversos pontos)... É que já se percebeu que, para os lagartos o Apito Dourado não tem importância nenhuma. O grande escândalo do futebol português dos últimos 30 anos foi este jogo. Tristes...

7 comentários:

Anónimo disse...

Depois do circo de ontem eu estou parvo que os adeptos da dita "equipa que apela á verdade desportiva" (só se for aquela que os prejudique..lol) falam..

1 - Naquele estádio acontece sempre a mesma coisa e sempre com a mesma equipa.

2 - O árbitro não tinha nada que ajuizar aquele lance, o fiscal estava em melhor posição e declarou não haver grande penalidade, mas Lucilio Baptista assinalou penaltie...estranho..um árbitro daquela idade....

3 - Desde o inicio que muitas pessoas tinham mandado a "boca" que a taça da liga estava pintada de vermelho...e olhe que quem o disse tem toda a razão, o slb foi benificiado na fase de grupos contra o guimarães, contra o belenenses.....e já agora..era o Belenenses que deveria ter jogado nas meias-finais contra o slb e não o guimarães, pois o belenenses tinha os mesmos pontos e na circunstancia que estava eram eles a passar...mas á liga deu mais jeito que fosse o guimarães a jogar contra o slb..(hummmm porque terá sido?..) é que nem há ali amizade nem nada...ui...pois não..(modo irónico ligado.)

e mais uma situação para justificar o ponto 3..o futebol clube do porto disse que não se iria interessar por esta taça porque ela segundo eles já tinha dono desde o inicio..até disseram que não iam jogar nas meias-finais frente ao scp..por acaso até jogaram mas com a equipa B, com miudos no banco e nem se deram ao trabalho de ir da invicta á capital de avião mas sim de comboio..tal era a "importância" para eles esta competição.

São demasiadas coicidências e como este clube (o slb) é o capitalista dos capitalistas, é o clube das massas tem que se abafar o caso, para mim isto foi premeditado, porque eu já começo a achar que há quem tenha fama e quem tenha proveito, afinal há um bode expiatório no desporto português e os outros aproveitam-se disso para realizar os seus jogos "fruteiros..", para mim não há qualquer dúvida.
um abraço.

Rui Branco disse...

Se o Lucílio não marcasse penalty, ganhávamos por 3-1... Com golos legais!

Anónimo disse...

o grande escandalo do futebol portugues dos ultimnos 30 anos foi este jogo tristes brilhante muito bem dito sao mesmo lagartos ke vao cheirar as bufas do pintinho ke é isso ke tem feito nos ultimos 30 anos a taça é nossa mai nada

Gaivota disse...

"tal como o Crac tem vindo a fazer nos últimos 30 anos".
Não foi nos últimos 30 anos, foi nos últimos 60. Se é para dizer merda, pelo menos enche a boca com ela e diz um número em condições.

Anónimo disse...

po c..........anonimo nao se pode mudar um jogo do campeonato de lugar mas se pode mudar a final da taça po teu estadio do excremento ke o benfica foi la vencer com um golao de carlos manuel? eu e ke devia de ir pa tv defender o benfica palhaços tristes

Rui disse...

é sim senhor,,ééé o rui costaa o mario witle, qué qué o pequenino só temos o simão e o o os outros todos que temo lá mas isto há uma coisa que nós temos maiores que nosso clubes e portugal temos uma coisa que é que temos que não há nosso mundi os otos que o marmario venham cá pra foder a casa a nós, não, temos temos ganhar pra ganhar e pra num ter mais que 3 pontos ou 5 pontos do Porto e temodéétu que o pinto loureiro é so tá aí e é que eu ouço, não ê ? queee fazem o nosso clubi o nosso portugali seja o maiore do nossos benfiquistas.

E bamo ó benfica ee temos a vitoria. ganhamos pur 3-1 ó ó bêra -mar.

gloriosablogosfera.blogspot.com disse...

Saudações Benfiquistas