origem

sábado, outubro 13, 2007

Diferenças

Só dois parágrafos pequenos sobre a vitória da selecção no Azerbaijão por 2-0. Quem tem orgasmos recorrentes sobre a titularidade do Quaresma na selecção, espero que tenha gostado deste jogo. A diferença entre ele e o Simão, é que o Simão é um jogador de futebol, enquanto o Quaresma é um artista de circo. Por vezes é um malabarista, mas a maior parte do tempo é simplesmente um palhaço. Jogar simples é chinês para ele, ser objectivo igualmente. Mas o que é isso comparado com as trivelas inúteis e as fintas inconsequentes...?

Outra diferença é ver a selecção com o Ricardo Carvalho. Se ele estivesse estado nos jogos anteriores, aposto que não os tínhamos empatado.

3 comentários:

Anónimo disse...

Não posso estar mais de acordo com as suas palavras...realmente há muito tempo que venho a dizer que o Quaresma peca por individualismo e o Ronaldo a mesma coisa, fizeram um jogo medíocre, acho que se passa alguma coisa porque parece que jogam melhor nos clubes ou pelo menos dão mais de si nos clubes. Quer dizer, tínhamos um homem de área , que joga bem de cabeça...e o centro do 2º golo, tinha que vir do Miguel...de resto os nossos alas parece que estavam a jogar como se lá estivesse o Nuno Gomes...deve ser do hábito. O Ricardo Carvalho é sem dúvida o melhor central português e se o Bruno Alves mantiver a pedalada no Porto , parece estar encontrada a dupla de centrais pro Euro 2008.
E que dizer do Paulo Ferreira a lateral esquerdo??? Outro achado que eu particularmente não entendo...Miguel Veloso em grande forma, espero que agarre a oportunidade, é o melhor medio defensivo português quanto a mim.

BENFICA FC disse...

Duas excelentes observações.
Já agora, o nosso di Maria, ou aprende depressa, ou se converte definitivamente ao futebol inconsequente.
http://benfica-fc.com/slbenfica

Remate cruzado disse...

escrevi agora sobre isso. mais ou menos o mesmo que tu dizes.